Noah Centineo relembra rejeição em testes de trabalho

Por - 26/12/22 às 22:05

Noah Centineo em entrevista com Jimmy FallonNoah Centineo em entrevista com Jimmy Fallon / Reprodução / Instagram/@ncentineo

Embora tenha se destacado na televisão em “Para Todos os Garotos que Já Amei” e Sierra Burgess Is a Loser, Noah Centineo, que atua há 10 anos, afirmou que já fez testes para muitos papéis, e revelou como lida com a rejeição quando não é chamado para o trabalho. Em uma nova entrevista no programa de rádio de Jessica Shaw, “Pop Culture Spotlight” da SiriusXM, o ator de 26 anos fez essa e outras revelações.

Leia+: Noah Centineo! Quem é nosso crush da Netflix?

“Fiz teste para praticamente tudo”, confessa.

“Fiz para Ross Lynch, Austin & Ally. Ross Butler… Teen Wolf, Maze Runner, Dylan O’Brien.”, contou.

Ao ser questionado por Jessica sobre como lidou com a rejeição ao não ser escolhido para esses papéis, Noah disse que é questão de se acostumar.

“Acho que com todos é assim… se você faz isso há muito tempo, você simplesmente se acostuma”, justifica.

“Eu realmente não considero isso uma rejeição. Eu acho que é a maneira errada de pensar sobre isso. Acho que a maneira certa de pensar sobre isso é que estou fazendo um teste para um papel. Estou trazendo tudo o que posso para isso. Se eles não concordam com isso, tudo bem”, explica Noah.

Leia+: Noah Centineo esteve no Brasil

“Você sabe, e algumas pessoas dizem, ‘oh, eu sou ruim. Eu não sou bom.’ E, quer saber, talvez com algumas pessoas talvez seja assim, mas para outras pessoas, você só precisa confiar em si mesmo. Você tem que acreditar em si mesmo. Você sabe, e você tem que dizer, ‘Eu simplesmente não sou adequado para esse papel’. E tudo bem.”, finalizou.

Recentemente em uma entrevista o ator contou detalhes da época sombria que ele viveu por conta de decisões e comportamentos errados.

Após um período difícil em sua vida, Noah Centineo decidiu ficar sóbrio em 2018. Em uma entrevista para a Harper’s Bazaar, o ator abriu o jogo sobre o uso de drogas.

“Não havia muitas drogas que eu não usasse. Eu nunca injetei nada, o que é bom. Eu fumei muitas coisas. Eu estava muito triste. Foi uma época sombria da minha vida“, disse ele.

O astro de Para Todos os Garotos que Já Amei ainda contou que o que ele mais fazia com os amigos era “usar ecstasy, conversar por cinco horas e chegar ao fundo de profundas questões existenciais e filosóficas”.

Leia+: Noah Centineo quase rejeitou papel em filme

Além disso, Noah contou que enfrentou o divórcio dos pais aos 15 anos e quando sua irmã foi para a Flórida com o pai, ele passou meses morando em um quarto de hotel com a mãe.

“Como um garoto de 15 anos vivendo em um lugar pequeno com a mãe, senti a obrigação de preencher uma posição que estava vaga no momento e, com isso, eu reprimi muitas emoções”, contou ele.

Felizmente, Noah aprendeu a lidar com as suas emoções de uma forma bem mais saudável.

“Eu surto muito. Gosto de banhos. Gosto de meditação. Gosto de escrever em diários. Eu falo bastante comigo mesmo se estou bravo com algo que eu fiz. Eu realmente grito comigo, olhando no espelho. Falo tipo: ‘Cara, para, isso é inaceitável. Você é melhor do que isso’. Eu me culpo muito, mas também consigo me tirar de ciladas. E isso é poderoso”, contou.

Para concluir, o ator comentou sobre como lida com a vida de celebridade.

“É mais uma benção do que uma maldição. Me pergunte novamente em cinco anos, quando eu provavelmente não conseguirei mais sair dessa carreira. Se esse for o meu caminho, eu talvez tenha uma resposta diferente para você, mas agora estou tentando aproveitar cada momento disso”, respondeu.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.


×