Astrid Fontenelle tem alta após cirurgia: ’10 dias de repouso’

Por - 15/07/23

Astrid FontenelleAstrid Fontenelle - Reprodução/Instagram

Astrid Fontenelle passou por uma cirurgia recentemente. A apresentadora contou em suas redes sociais que precisou passar por uma operação para retirar pedras na vesícula. No relato, ela contou que não estava sentindo nada, mas seu médico preferiu previní-la de qualquer complicação mais para frente.

“Bye bye hospital! Três dias muito bem cuidada e sem as muitas pedras na vesícula. Eu não sentia nada, mas meu amado médico Dr Ary, me sugeriu que retirasse. Já pensou ter uma crise longe de São Paulo?! Melhor não, né? Por isso resolvi tirar”, disse.

Astrid ainda falou sobre a recuperação e agradeceu o carinho. “Agora serão 10 dias de repouso real! Quietinha, pés pra cima com meia de compressão. Obrigada a todos que se preocuparam e me acarinharam. Deu certo!”.

CONFUSÃO

No final do mês de junho, deu um verdadeiro bafafá a conversa entre Astrid Fontenelle e Gabriela Prioli. As apresentadoras do “Saia Justa”, do GNT, se estranharam muito, por um motivo inusitado: festa de São João e suas tradições.

De um lado, Astrid acha que a celebração deve ser tradicional e com muita praticidade. Já Gabriela pensa de maneira mais teórica. O clima esquentou entre as duas.

Astrid disse: “Vou pra São João pra dançar um forró, comer o amendoim cozido, cheguei lá, era uma festa de axé. Não, não dá. Eu acho que não dá pelo Brasil, não pelo meu gosto. É uma festa de São João.”

Prioli retrucou: “Não dá pra você. Parte de um juízo subjetivo seu. O que você estava esperando era chegar lá e encontrar outra coisa. Acho que o que vale a pena pensar primeiro, é o que é o São João tradicional? Então, qual é o marco temporal que a gente vai estabelecer pra dizer o que é São João?”.

O clima pesou, pois ambas rebateram as opiniões e seguiram falando alto.

“A gente talvez tenha um marco temporal pelos livros de História, mas pra mim tradição não é só o livro de História. Tradição é prática, o que ele se tornou quando chegou aqui no Brasil”, apontou Fontenelle, que foi interrompida pela colega: “Você diz ‘pra mim é’. A morte do meu mundo não é a morte do mundo.”

“Não tenho problema em dizer ‘pra mim é’, porque eu estou dando a minha opinião. E a minha opinião não é a de todo mundo, mas é opinião de muita gente que quer a tradição, e não quer perder essa parte da História, sobretudo nordestina, que é tão forte, tão bonita, que movimenta realmente muita coisa. A prefeitura pode contratar quem ela quiser, mas não pode esquecer da família, do coreto… isso é tradição brasileira”, disse Astrid Fontenelle.

Assista:

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

---

Tags: ,

Formado desde 2010, já passou pelas editorias de esporte e entretenimento em outros veículos do país e atualmente está no OFuxico. Produz matérias, reportagens, coberturas de eventos, apresenta lives e ainda faz vídeos curtos para as redes sociais