Imprimir

Notícias

08/04/2021 | 17h20m - Publicado por: Raphael Araujo | Foto: Adão/AgNews

Bruna Linzmeyer é clicada de mãos dadas com a namorada

Atriz e amada caminharam juntinhas pelas ruas da Zona Sul do Rio

Bruna Linzmeyer é clicada de mãos dadas com a namorada - Adão/AgNews

Bruna Linzmeyer é uma artista bastante conhecida entre o público brasileiro, tendo sido vista novamente como Cibele em A Força do Querer.

Já na vida fora das telinhas, a atriz é assumidamente da comunidade LGBTQIA, e atualmente conta com uma namorada ao seu lado.

Nesta quinta-feira (08), Bruna e a amada foram clicadas caminhando pela Zona Sul do Rio de Janeiro, ambas de máscara por conta da pandemia de covid-19.

Bruna Linzmeyer com a namorada no Rio

Quanto ao figurino, uma estava toda de branco e com calças estampada, enquanto a outra tinha um look tricolor misturando vermelho, verde e azul.

Bruna Linzmeyer e namorada caminhando de mãos dadas pela Zona Sul do Rio de Janeiro

Dia Mundial da Conscientização do Autismo: A inserção do tema na dramaturgia
Bruna Linzmeyer posa com a namorada

Bruna Linzmeyer: 'Por eu ser branca, é mais fácil assumir'

Bruna Linzmeyer conversou sobre homofobia em uma live com o jornalista André Fischer e falou do medo que sentia antes de expor que era bissexual

Durante o bate-papo, a atriz contou que ficou bastante receosa em falar sobre sua sexualidade e acabar perdendo trabalhos por conta disso, o que, segundo ela, acontece com muitos outros colegas de profissão. 

"Sabia de muitas atrizes de 10, 20 anos atrás, que nunca mais fizeram nada de relevante depois que se assumiram. A gente sabe hoje de pessoas que ainda têm medo", declarou. 

Para Bruna, ela também considera mais fácil se assumir por ser branca, bonita e de olhos claros, o que faz com que sinta menos preconceito do que se fosse uma negra ou uma mulher fora do padrão falando do assunto, que sofre bem mais julgamentos da sociedade. 

"Por eu ser branca, de olhos azuis e considerada bonita, é mais fácil eu dizer que sou sapatão. O preconceito é menor", disse ela. 

Hoje em dia, a artista é uma porta-voz do movimento LGBTQIA+ e se reconhece como uma das pioneiras a falar abertamente sobre orientação sexual, inspirando muita gente. 

"Tornei isso possível para outras meninas, assim como algumas mulheres, que vieram antes de mim, tornaram possível para mim", afirmou.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico