Imprimir

Notícias

05/05/2021 | 01h10m - Publicado por: Flávia Ávila | Foto: Reprodução/Instagram

Fernando Caruso se despede de Paulo Gustavo: 'Muito solar'

O ator e comediante relembrou ainda a recusa do Governo Federal em adquirir lote de vacinas em 2020

Fernando Caruso se despede de Paulo Gustavo: 'Muito solar' - Reprodução/Instagram

O comediante e ator Fernando Caruso também conversou com o jornalista Heraldo Pereira na noite desta terça-feira (4), para comentar a morte de Paulo Gustavo e prestar homenagem ao artista, vítima de complicações advindas da Covid-19. 

Ao entrar ao vivo na programação da GloboNews, Caruso relembrou com muito carinho do amigo e colega de trabalho, visivelmente abalado.

"Era uma pessoa muito solar, que divertia todos os ambientes. Era impossível você não perceber a presença dele. Nessas ocasiões a gente fica com o conforto de que o trabalho da pessoa está ali para ser consumido, mas é difícil não pensar no que ele ainda poderia fazer para a gente", disse ele.

Fernando também aproveitou o espaço para criticar as medidas tomadas pelo Governo Federal em relação aos cuidados com a crise sanitária ocasionada pela pandemia no Brasil.

"É particurlamente revoltante pensar que isso poderia ser evitado se o Gorverno Federal tivesse comprado as vacinas no ano passado", pontuou.

Segundo matéria do G1, em janeiro deste ano, a Pfizer divulgou uma nota na qual dizia ter oferecido ao governo brasileiro a possibilidade de comprar um lote de 70 milhões de doses de sua vacina contra a Covid-19 em 15 de agosto de 2020, com entrega prevista a partir de dezembro.

O acordo não foi fechado e a farmacêutica teria tentado outras duas vezes, sem sucesso na comunicação e resposta.

"Rezo bastante para o familiares encontrarem conforto, não sei como, não sei onde, e que a mensagem dele, de amor acima de qualquer coisa, continue sendo pregada", falou Fernando Caruso.

"Eu dirigino espetáculo dele, de stand-up, e o conheci em passeios, na noite. Tinha uma noite de atores, em Ipanema [Rio de Janeiro] e a gente se encontrava lá. Já na fila ele era muito engraçado, todo mundo ria, se juntava em volta dele", relembrou, saudosista.

Morte

 

Morreu na noite desta terça-feira (4), o comediante Paulo Gustavo. Aos 42 anos, o humorista lutava bravamente contra as complicações da Covid-19. Paulo Gustavo estava internado desde o dia 13 de março. O hospital enviou o seguinte comunicado:

“Às 21:12h desta terça-feira, 04/05, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da COVID-19 e suas complicações. 

Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento.  

A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos."





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico