Imprimir

Notícias

20/03/2021 | 07h00m - Publicado por: Soninha Vieira, colaboração para OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Taís Araújo sobre união com Lázaro Ramos: ‘Aprendemos a deixar a vaidade e o orgulho de lado’

Em entrevista ao OFuxico, atriz ainda fala da volta de Amor de Mãe, na TV Globo

Taís Araújo sobre união com Lázaro Ramos: ‘Aprendemos a deixar a vaidade e o orgulho de lado’ - Reprodução/Instagram

Taís Araújo é pura alegria em ver a segunda fase de Amor de Mãe, da TV Globo, no ar. Em conversa exclusiva com a reportagem de OFuxico, a atriz abriu o coração ao falar da trama e ainda fez um relato a respeito de sua quarentena, ao lado do marido, Lázaro Ramos, e dos filhos.

Sobre Amor de Mãe, Taís afirmou:

"Não sabia que teria continuidade da novela. A emoção era o fato de estar voltando a trabalhar dentro de uma normalidade, de voltar as nossas vidas, vamos voltar ao nosso trabalho, aos nossos encontros e naquele momento estamos tendo uma dica que a gente poderia, em pouco tempo, se reorganizar novamente de uma maneira melhor e mais justa para todo mundo, para gente voltar a uma vida. Mas isso não aconteceu. A situação é muito pior do que no início, em março do ano passado mas é muito emocionante rever os meus amigos." 

Pandemia

A atriz, que é casada com Lázaro Ramos há 16 anos, com quem tem dois filhos, João Vicente, de 9 e Maria Antonia, de 6, afirma que com curva ascendente da pandemia, e as medidas de isolamento ganharem maior rigidez, tem afetado muito o emocional da família.  

 "Está muito difícil. Eu estava sem ver meus pais desde antes do Natal. Fui revê-los domingo passado, que fui tomar café da manhã com eles. Não levei meus filhos porque eles voltaram à escola e eu não quero expor meus pais. É um sofrimento, sabe? Está muito sofrido para mim e para os meus pais. Vejo nos olhos deles, porque está nos olhos deles... A minha mãe que tinha convivência diária com as crianças, porque ela me ajudava com os meus filhos, sem ver os netos, então o sofrimento está no corpo da minha mãe e nos olhos dela. Eu só rezo para que exista um plano de imunização da população urgente, sabe? Porque assim não dá mais", lamentou. 

Casamento

Taís Araújo e Lázaro Ramos nos bastidores de Amor e Sorte

Questionada qual o segredo de sintonia boa no casamento ela diz. "Poxa, se tivesse uma fórmula, uma receita eu venderia (risos) e ficaria milionária.. "


"A gente tem muito respeito e admiração mútua, a gente aprende diariamente um com o outro. Aprendemos a deixar a vaidade e o orgulho de lado, e percebemos que juntos somos muito melhores em tudo,  melhores pais dos nossos filhos. Quando a gente trabalha juntos, a dupla potencializa. É entender quando funcionamos juntos. E a gente dá muito valor ao que construímos."


"E individualmente também é aprender a aplaudir o outro, aprender a estar com outro, a acolher, não é um mar de rosas, não é sempre maravilhoso. Somos um casal absolutamente normal, o que difere dos outros é que a gente tem uma vida pública e isso é uma outra coisa a ser administrada, mas valorizar as qualidades é bonito e acredito que focamos muito nisso", completou.

De mulher para mulher

Taís Araújo é exemplo de dedicação e amor ao trabalho

Perguntada sobre qual o seu desejo de conquista para todas as mulheres, ela não titubeou: "O desejo é cuidar equidade entre gêneros, mas também existe um outro olhar um pouco mais preciso, que a gente chama de Interseccionalidade, que  é que quando a gente olha uma mulher, porque a gente não pode olhar como uma massa única. Cada uma tem sua individualidade suas origens, a etnia tudo isso diz sobre uma mulher. E isso faz com que a gente seja separado em diversos grupos e quando a gente faz isso a gente vê que não existe uma massa única de mulheres, cada uma na sua individualidade ou cada grupo dentro da sua individualidade tem questões muito diferentes e abismos entre em esses grupos. Mas falando no olhar como uma massa única o que não é. O que é a gente é diferente dos homens? O mercado de trabalho não é da mesma maneira, os salários, não são iguais, a gente ganha 30% menos que os homens, olhando no geral se a gente for botar entre homem branco  e mulher negra esse número aumenta muito. A questão do assédio não naturaliza nenhum tipo de assédio, nem sexual e nem moral. São muitas batalhas que a gente tem que vencer ainda, mas acho que estamos em um caminho longo, mas ele é bonito ele é de algumas conquistas já feitas e de nenhum passo para trás."

Adriana Esteves faz Ana Maria Braga chorar com declaração no Mais Você
Vem, Vitória! Taís Araújo anuncia retorno de Amor de Mãe





Notícias Relacionadas

01/04/2021 | 14h20m - Giovanna Prisco

Amor de Mãe: Thelma e Lurdes trocam tapas

01/04/2021 | 13h00m - Giovanna Prisco

Amor de Mãe: Lurdes dá notícia preocupante para Thelma

01/04/2021 | 12h12m - Giovanna Prisco

BBB21: Rodolffo dá cantada em Juliette durante festa



Instagram

Instagram

OFuxico