A Fazenda: Mãe de Juliano Ceglia revela segredos do peão

Por - 12/10/20 às 07:00

Reprodução/Instagram

Seja sincero: se você não é ligado em esportes, se questionou quando Juliano Ceglia foi anunciado no elenco como o “bike repórter”, né? E talvez não tenha sequer lembrado que ele fez as vezes de ator em Passione, novela exibida na Globo entre maio de 2010 e janeiro de 2011. Na trama, ele era um ciclista, amigo do protagonista vivido por Cauã Reymond.   

Fique por dentro do que rola em A Fazenda

Mas é agora, no reality da Record TV, que o jornalista esportivo de 42 anos, muito conhecido e consagrado no meio, se popularizou. Como ele foi parar lá? OFuxico te conta. Isso e muito mais, vamos nessa! 

Juliano Ceglia em cena de Passione, na TV Globo

Capa de revista

Foi graças a uma reportagem logo no início da pandemia, em março, que Juliano Ceglia recebeu o convite para o reality. Morador de um condomínio em São Paulo, ele, sempre muito ligado aos esportes, praticava exercícios na varanda e convocada os vizinhos a acompanhares, o que logo chamou a atenção. 

“Ele saiu na capa da Vejinha São Paulo e na mesma semana, ligaram chamando para o programa”, conta a mãe do peão, Eliana, à reportagem de OFuxico.

Ela confessou que não gostou muito da ideia. 

“Nunca assisti a esses programas, achava que era muita exibição, às vezes pro lado positivo e negativo.

Tudo começou quando o peão esteve na capa da Veja

Herança materna

Juliano pratica exercícios desde sempre. Hábito que aprendeu com Dona Eliana. 

“Eu fazia muita ginástica, diariamente. E ele ia comigo.

Juliano Ceglia sempre foi amante de práticas de exercícios

Infância

A mãe conta que Juliano era um menino tranquilo e muito bonzinho. Ao menos quando ela chegava em casa, após um dia de trabalho. 

“Ele ficava com minha mãe e a babá. Eu trabalhava muito e só o vi a noite”. 

“Comecei a fazer muita ginástica, muito step e ele me acompanhava, via tudo o que eu fazia, querendo fazer também. Logo eu o coloquei na natação. E, na adolescência, enquanto os amigos começaram a fumar, ele não acompanhava porque tinha que nadar no dia seguinte. Juliano passou a se dedicar muito ao esporte”. 

Sempre ao lado da mãe, Juliano a acompanhava na empresa de eventos que ela era proprietária. E assim ele expandia seus conhecimentos, interagindo com pessoas do mundo todo. 

“Fui responsável por uma das primeiras convenções em navio aqui no Brasil, um evento para 2.500 pessoas. Fomos até a Argentina, tinha desfile com o capitão e ele participava. Posso dizer que Juliano começou a trabalhar em eventos aos 09 anos”, contou. 

“Depois comecei a fazer eventos automobilísticos com todas as montadoras. Ele reunia os amigos e fazia o som, tinha uns 17 anos”. 

Peão na época da infância, com a mãe

Amigo fiel

Em 2007, Juliano conheceu Michel Duarte. O jornalista esportivo era bike-repórter e Michel, na época, pesava 111 quilos. Quando Juliano se tornou fazendeiro e sugeriu uma mudança nos hábitos alimentares da sede, ele recordou de sua trajetória. 

“Ele me incentivou a perder 30 quilos. Ele é assim. Faz exercícios a vida inteira. Se extravasa num dia, no outro compensa e me ensinou a ter esse estilo de vida”, disse. 

“Ele me deu uma mountain bike com suspensão e falou: ‘quero te ver com uma qualidade de vida’. Através dele eu tive motivação e hoje estou com 84 quilos”, contou. 

Michel disse que achou estranho o fato de, nos últimos meses, Juliano ter mudado um pouco a rotina. 

“Estava tudo mais intenso apesar da pandemia. Ele estava correndo mais, disse que estava num projeto aí…” 

Passados uns dias, diante da desconfiança do amigo, Juliano contou que ia para A Fazenda. 

“Conversamos bastante sobre como seria ficar três meses sendo provocado, enclausurado. Ele amadureceu muito desde que nos conhecemos. Tem uma família muito dedicada que faz diferença”.

Juliano Ceglia com o grande amigo, Michel Duarte

“Ele não é um banana”

Defendendo o filho com unhas e dentes, D. Eliana vibra ao comentar a reação dele quando foi atacado por Raíssa Barbosa. A vice-miss bumbum, revoltada por ter sido votada, na segunda semana, jogou creme hidratante no rosto de Juliano. 

“Ele agiu certo com a Raissa, não é um banana. Ele se defende e mostra o ponto de vista dele. Essa menina é um veneno! Ao mesmo tempo que está bem, se transforma, tenho até medo. Tanto que os homens não chegam perto”, detona D. Eliana.

Ela, contudo, tem medo do filho não segurar a onda por muito tempo. 

“Espero que ele não se queime e consiga segurar. Deve ser muito difícil. Ali tem pessoas muito interessantes e outras muito estranhas. Acho a miss uma graça! Educada, comportada. Tem meninas muito bonitas e outras, pelo amor de Deus! Os homens não aguentam, são todas iguais, só bunda”. 

“Juliano fica na dele, quer aproveitar. Ele sempre fugiu de divergência, é muito da paz. Não está acostumado com baixaria. É muito honesto com ele mesmo”, concluiu.   

O amigo Michel destacou um momento que considera especial no jogo e mostra bastante da personalidade do peão. 

“Juliano foi tão corajoso que, na primeira oportunidade que ganhou a prova de fogo, disse que não tinha medo de ir pra roça. Preferiu ficar com R$ 10 mil a ter imunidade. Ele tem dois filhos pra criar”. 

Fama

Para Michel, o amigo nunca se importou com fama. 

“Juliano tem sido coerente com o comportamento que tem aqui fora. Sempre esteve envolvido com a TV, mas nunca foi deslumbrado com a fama, nunca procurou ser famoso. Queria estar no meio, tendo de fato uma relação com o esporte. Inclusive quando ele foi fazer Passione, topou porque tinha a ver com o esporte.” 

Juliano Ceglia trabalhando como bike repórter

Jojo Todynho

D. Eliana não curte o comportamento de Jojo e acha que o filho fez bem ao indicá-la para a roça. 

“A Jojo é muito baixa e quando quer, vai até o fundo. Mas ele não fica quieto e também vai até o fim, tanto que ela calou a boca quando ele argumentou. Ele é teimoso”, disse a mãe. 

“Ao colocar a Jojo na roça, ele teve a atitude que muitos na casa não tiveram, que foi coragem de colocar jojo na roça. 

Michel acredita que a popularidade de outros peões nas redes sociais não significa desvantagem para o a jogo. 

“Ele sempre foi muito offline, eu que o trouxe pro mundo online, a primeira conta do Instagram eu que fiz. Ele começou a ver que é um novo meio de comunicação. Ele sabe que estava em desvantagem e nem por isso deixou seus princípios de lado, não indicando a Raissa, que mudou e se esforçou”. 

Amores

Após um casamento de 11 anos com Maria Carolina, mãe de seus dois filhos, Leonardo e Théo, Juliano está separado desde novembro do ano passado. Durante o confinamento, ele já falou que, ao sair do programa, pretende pedir a ex em casamento. Mas não se trata de Maria Carolina e sim da digital influencer designer de joias Tati Bonilha. Segundo Dona Emilia, “um namorico”. Foi Tati quem pediu um tempo ao saber que o amado iria para o reality. 

“Ele teve sim um namorico com uma moça que eu mal conheço. Juliano nunca foi galinha. Quando ele gosta, é uma só. Não está cada hora com uma. Acho até que ele chegou a gostar dessa moça, mas não sei nada dela, só que é mais velha e tem dois filhos”, disse. 

Maria Carolina, por sua vez, mora em Itu com os filhos. Uma curiosidade: Leonardo, o mais velho, nasceu no dia do aniversário dela. Théo, o caçula, um dia antes do pai.   

“Mesmo separados, eles são amigos. A minha nora diz que o casamento não deu certo, mas pai como ele, não poderia desejar melhor, não existe”. 

Peão pretende pedir ex em casamento

Paizão

Os filhos são motivo da maior alegria de Juliano. 

“Ele é aquele pai que acorda cedo pra andar de bicicleta, ir a praia, conversa de tudo com os meninos. Eu oro no Rio, eles, em São Paulo. Então, antes de entrar no programa, ele trouxe meus netos pra ficarem um pouco comigo.” 

Peão é considerado um paizão

Jornalista como o pai

Pascoal Ceglia Neto era amigo pessoal de Roberto Civita, dono da editora Abril. Jornalista, passou para o filho o amor pela profissão. Ele morreu aos 47 anos, de câncer. 

“Já estávamos separados. Ele fumava muito”, recorda D. Eliana.

Foi no sítio do pai, na Raposo Tavares, perto da Granja Viana, em São Paulo, que Juliano ia todo final de semana para andar de bicicleta. A ideia de ser bike-repórter partiu dele. 

“Andávamos muito de bicicleta, sempre. Morávamos em Moema e íamos pedalando para o Ibirapuera” 

“Ele se formou cedo na faculdade de Jornalismo. Começou na Band, foi para o SBT, entrou na Globo, ficou quase 10 anos no SporTV, fazendo o Eu Atleta. MAs é também ator e  modelo". 

Peão com o pai

Papo de campeão

Quando ainda comandava o programa Eu Atleta, no SporTV, Juliano conheceu Marcelo Dourado. E foi com o ex-BBB que ele pegou dicas sobre reality show. 

“Ele foi duas vezes na academia que tinha no Recreio, na Zona Oeste do Rio, e fez matéria sobre movimentos e exercícios saudáveis. Depois voltei no programa dele, na Globosat e a gente sempre trocou muitas ideias sobre esporte. Ele é um cara que socializa e chama as pessoas pra si”, destaca o campeão do BBB 10. 

Embora não acompanhe A Fazenda, Dourado tem ouvido falar bem do amigo. 

“Ele me avisou que faria parte, eu não estava acompanhando, achei legal. Ele perguntou algumas coisas, eu tentei ajudar. Não estou acompanhando o programa, porque estou desenvolvendo um projeto, mas vi algumas coisas na internet, ele está sempre aparecendo e falam bem do empenho dele. Fico feliz”.

A Fazenda: Xuxa invade a sede e reações dos peões é hilária
A Fazenda: Mariano dá chega pra lá em Jake

---

Tags: ,,


×