‘Curtindo férias de inverno’, garante Sérgio Hondjakoff após boato de cárcere privado

Por - 05/08/21 às 14:40

Foto: Reprodução

Depois de ter sido apontado pelo Ministério Público como uma das 46 pessoas encontradas em situação de cárcere privado e maus tratos, na ação realizada pelo órgão na quarta-feira, 04 de agosto, Sérgio Hodjakoff negou.

O ator de 37 anos gravou um vídeo no qual aparece um pouco abatido, mas sorriu e demonstrou otimismo ao garantir que não é verdade que ele estivesse no local.

“Fala galera! Estou gravando esse vídeo para desmentir mais um boato a meu respeito que eu estava internado em uma clínica, em cárcere privado. Mentira. Estou aqui na minha mãe, em Resende”, disse ele, citando o município do interior do Rio de Janeiro.

O ator, que ficou conhecido na TV como o Cabeção, de “Malhação”, reforçou que não passou de boato.

“Estou curtindo essas férias de inverno, olha aqui o meu cárcere privado! Estou curtindo a minha avó, a minha tia, que está velhinha, a minha família materna”, afirmou.

“Estou com muita saudade de vocês e estou desmentindo esse boato de que eu bestaria numa clínica de reabilitação, num centro de tratamento. Estou na minha mãe, em Resende, curtindo aqui e espero ver vocês em breve, assim que essa pandemia acabar, nas telinhas, nos telões”, finalizou.

MINISTÉRIO PÚBLICO APONTA SITUAÇÃO DE SEQUESTRO

Na operação do MP, dois funcionários foram presos. A reportagem de OFuxico, em contato com a delegacia de Pindamonhangaba, teve a informação de que, de fato, havia um famoso na clínica.

“Entre os internos tinha um artista, mas não podemos revelar nome. A delegada não atende telefone, só fala pessoalmente”, informou a escrevente de polícia.

Segundo o Ministério Público, Serginho e outras 45 pessoas estariam em situação de sequestro, mantidas fechadas em quartos, sem acesso às chaves. Ao órgão, os pacientes informaram ainda que tinham ligações com os familiares controladas e monitoradas pelos donos do local.

A polícia informou que encontrou no espaço medicamentos que exigem prescrição médica, mas que os funcionários não tinham receita; e que os internos contaram que tiveram de pagar uma taxa à clínica para serem vacinados contra a Covid-19 mesmo a imunização sendo garantida pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Assistentes sociais atenderam aos internos e alguns deles foram encaminhados para outras clínicas de reabilitação ou clínicas psiquiátricas. Os pacientes que tinham mais de 90 dias de internação foram liberados para seus familiares. Por conta disso, o ator estaria, de fato, com familiares em Resende, no interior do Rio de Janeiro.

Segundo a polícia, além das duas pessoas já presas, os donos da clínica vão responder por sequestro.

SUCESSO NA TV

Sérgio participou da edição entre 2000 e 2006 de Malhação no papel de Artur Malta, o Cabeção. Atualmente, ele estava morando em Resende, no Rio de Janeiro. Ele é pai de uma menina de pouco mais de um ano. Nas redes sociais, sua última postagem foi feita há dez semanas pelo Instagram, quando publicou uma mensagem em homenagem ao ator Cauã Reymond.

Veja +: Depois de ‘Malhação’, Serginho Hondjakoff teve dificuldades para arrumar outro emprego

Tags:

É jornalista formada pela Universidade Gama Filho e pós-graduada em Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa pela Estácio de Sá. Ela é nosso braço firme no Rio de Janeiro e integra a equipe de OFuxico desde 2003. @flaviacirino


×