Emanuelle Araújo desabafa em mensagem aos fãs: ‘Sobrevivi’

Por - 17/05/20 às 13:45

Reprodução/Instagram

Este tempo de quarentena tem sido momento de muita reflexão para muitos. Assim também encara o período a atriz Emanuelle Araújo, que resolveu desabafar na web.

Em um longo post no Instagram, ela comovou os fãs ao começar falando da perda de seu pai.

“O ano de 2019 foi um ano duro para mim. No início dele perdi meu pai depois de uma guerra dura contra uma doença. Ele foi em paz”, contou.

Não foi fácil para ela encarar a morte de perto. “Sobrevivi tentando me curar. Mergulhei a cabeça no trabalho. Lidei com a minha dor sem ter muito tempo para chorar aproveitando para fazer uma faxina de todo o padrão que não fazia mais sentido na minha vida. Doeu. Segui. Sobrevivi”, afirmou.

 

Emanuelle Araújo e Toni Garrido arrasam em show pré-Carnaval
Emanuelle Araújo lembra morte do pai: ‘Seguindo forte’
Emanuelle Araújo lança single e confessa: ‘Desejo antigo’

 

Não bastasse tanta dor, ela ainda sofreu outro golpe quando 2019 chegava ao fim, conforme revelou aos seus seguidores.

“No final do ano, quando começava a respirar, perdi meu grande amigo. Meu Mestre que me ajudou a não desanimar na batalha da dor do ano todo. Ele foi em paz. Eu sobrevivi tentando me curar”, confidenciou.

A atriz ainda explicou a imagem que ilustrou seu post: “Essa é uma foto do dia 01 de 2020. Virei o ano otimista. Esperançosa quanto a um ano melhor”.

 

Mais um ano difícil

 

Contudo, algo dentro dela dizia que 2020 também seria um ano difícil.

“Hoje presenciamos a batalha coletiva. Isto tudo me deixa muito triste, de um jeito profundo, mas continuo com a minha espada do amor em punho e esse post é na verdade para dizer que o ‘Normal’ já era”, avisou.

A atriz e cantora disse que é preciso mudarmos de atitude. “Pare de desejar o normal. Se você não está se inquietando e se movendo para o novo, tente! Da forma que for”, falou.

Ela ainda filosofou sobre os dias atuais. “Não se trata só do que está sendo duro para você. Está sendo duro pro Mundo. Mundo Todo. De uma só vez”, lembrou.

Emanuelle seguiu sua análise: “Já pensou na força disso? É hora de olharmos pro coletivo. Se reinventar. E aceitar o seu ‘Eu Novo’ que pode ser muito melhor para o “Nós Todos””, pontuou.

E finalizou dizendo por que resolveu compartilhar com o mundo o que se passava em sua cabeça: “Precisei desabafar no meu sábado. As notícias são duras. Mas eu continuo tendo fé”, concluiu.


×