Kevin Bacon vira um desastre ao tentar depilar a esposa

Por - 15/01/21 às 10:00 - Última Atualização: 6 abril 2021

Reprodução/Instagram

A atriz Kyra Sedgwick, esposa de Kevin Bacon, revelou em entrevista com Jimmy Kimmel Live que agora na pandemia com os salões de beleza e spas novamente fechados nos Estados Unidos, ela teve de pedir a ajuda do marido para fazer sua linha do biquíni em casa com cera.

Kyra contou como foi sua experiência, e explicou que como o ator costuma ser 'incrivelmente útil'e 'muito bom em muitas coisas', ela tinha certeza que sua depilação seria algo fácil para ele.

No entanto, a atriz descobriu da maneira mais dolorosa que Bacon não tem habilidade nenhuma para ser um depilador:

"Em determinado momento, ficou claro para mim e para nós dois que eu precisava de depilar a linha do biquíni. Acho que parte de mim estava tipo: Quão difícil poderia ser… Eu vi essas garotas incríveis fazerem isso todos esses anos. Sempre gostei muito delas e de sua atenção aos detalhes, mas não achei que seria tão difícil. Kev é incrivelmente habilidoso, ele é muito bom em muitas coisas, é estranho. Ele é um bom cozinheiro, ele sabe como consertar as coisas … Nós dois imaginamos o quão difícil poderia ser? Entrei na Internet e comprei o melhor kit de cera, olhamos as instruções e… Houve momentos em que eu pensei, 'Achei que você sabia fazer isso! Meu Deus, o que você está fazendo?' Ele ficou tipo, 'Eu não disse que sabia fazer isso. Você disse que eu sabia fazer isso!'", disse.

A atriz de 55 anos ficou com muita dor graças à técnica de depilação não convencional de seu marido, que segundo ela, era passar a cera e puxar do lado contrário ao que cresce os pelos:

“Não estou dizendo que foi um desastre, mas o fato de não termos que ir ao pronto-socorro foi um milagre.", divertiu-se.

"Você tem que usar um pequeno pedaço de pano. Era muito grande, então você está arrancando muito cabelo de uma vez, e é agonizante. Foi agonizante, e também se você não estiver puxando na direção certa, não vai sair. E quando você não conseguir, é quando você precisa ligar para o 911 [serviço de emergência dos Estados Unidos]".


×