Luciano Szafir relembra luta contra Covid: ‘Morfina não dava conta’

Por - 06/09/23 às 18:00

Luciano Szafir e Dani AlbuquerqueDivulgação/RedeTV!

Luciano Szafir celebra a vida a cada dia. Com a saúde restaurada, o ator ainda relembra da luta pela vida que passou ao testar positivo para Covid-19 em cinco ocasiões.

“Meu coração teve um problema sério durante o sono. E existe uma injeção, um remédio, que desliga seu coração para ligar de novo. Se ele começar a acelerar muito, vai chegar uma hora que vai dar problema, então tem que baixar. Quando você toma a medicação a sensação é de estar pulando no vazio, só que nem sempre você volta [a viver]. Na hora que começou o ‘pi’ [barulho do monitor cardíaco], falei: ‘Agora vai apagar a luz e acabou. Caramba! Não estou pronto para ir embora, tem muita coisa que quero fazer.’ Aí você começa a ver desde o nascimento, lembrei do nascimento dos meus filhos, lembrei dos meus pais, que conheci a Luhanna e de uma série de coisas boas, como se estivesse me despedindo… Você sente o sangue ficar gelado, senti parar de correr o sangue no meu braço”, conta Szafir no programa “Sensacional”, da RedeTV!, que irá ao ar na noite desta quarta-feira, 6 de setembro.

Ainda na atração, o artista que passou a usar a bolsa de colostomia após ter o intestino perfurado, em 2021, enquanto tratava embolia pulmonar, devido a uma reinfecção do Covid, relata: “Uma dor absurda que morfina não dava conta. Tive que tomar quetamina [anestésico] para cavalo. (…) Quando abri o olho da entubação: ‘O que é isso aqui?’ Eu era totalmente ignorante a respeito, não conhecia ninguém que usasse bolsa de colostomia, nem amigos ou parentes, porque as pessoas tendem a esconder.”

Recuperado, Luciano Szafir compartilha seus planos para o futuro e comenta que está voltando a praticar esportes, revelando que deseja voltar a competir nos tatames pela modalidade que é faixa preta. “Fui para a aula de spinning. O médico não está querendo, mas quero lutar meu último campeonato de jiu-jitsu e disputar o mundial, mas isso é para o ano que vem”, afirma.

Jornalista desde 2000, iniciou a carreira como redatora do site OFuxico em 2002. Anos mais tarde, trabalhou como editora no site Famosidades (MSN), tendo passagem ainda como repórter na Quem, jornal Agora S. Paulo (Folha de S. Paulo), R7 e retornou em 2015 como editora do site OFuxico.


×