Taylor Swift dispara contra Kim Kardashian e Kanye West: ‘Lixo’

Por - 07/12/23 às 08:52

Kanye West, Kim Kardashian, Taylor SwiftKanye West, Kim Kardashian, Taylor Swift / Reprodução / Instagram

Taylor Swift foi oficialmente eleita a “Personalidade do Ano de 2023” da revista TIME. Na quarta-feira, 6 de dezembro, a revista anunciou que Swift ganhou a homenagem após uma “avaliação dos editores sobre o indivíduo que mais moldou as manchetes nos 12 meses anteriores, para melhor ou para pior”, e isso aconteceu justamente em meio à sua bem sucedida turnê mundial, “The Eras Tour”, com ingressos esgotados ao redor do mundo.

A cantora deu uma entrevista sincera à edição especial, onde fez várias revelações, tanto em relação à sua vida pessoal, como sua vida profissional, e também algumas acusações.

Pela primeira vez, Taylor Swift soltou o verbo contra Kim Kardashian e Kanye West, sobre um desentendimento que tiveram em 2016 por conta de uma música de Ye, com letra vulgar sobre Swift, quando o rapper alegou que ela tinha autorizado a letra e a canção. A artista de 33 anos acusou Kim por ‘derrubá-la psicologicamente’ e forçá-la a se esconder durante sua longa rivalidade, chamando a reality star e West de ‘lixo’.

Discutindo as consequências e o impacto brutal que isso causou em seu bem-estar, Taylor disse à TIME: “Você tem uma moldura totalmente fabricada, em uma ligação gravada ilegalmente, que Kim Kardashian editou e depois divulgou para dizer a todos que eu era uma mentirosa… Isso me levou psicologicamente a um lugar onde nunca estive antes. Me mudei para um país estrangeiro. Fiquei um ano sem sair de uma casa alugada. Eu tinha medo de receber telefonemas”, revelou a artista, sobre o tempo que passou longe dos holofotes, e que coincidiu com o começo de seu namoro com o ator britânico Joe Alwyn.

Durante esse período, ela praticamente desapareceu dos olhos do público, algo que ela diz ter sido resultado das consequências de Kardashian e West: “Afastei a maioria das pessoas da minha vida porque eu não confiava mais em ninguém. Eu caí muito, muito forte”, relembrou.

“Achei que aquele momento de reação iria me definir negativamente pelo resto da minha vida”, explicou ela, sem contar que, anos depois, estaria em um lugar muito melhor e mais alto que o próprio Ye.

Elaborando sobre como a vida sob os holofotes pode ser delicada, Taylor acrescentou: “Nada é permanente. Portanto, tenho muito cuidado em ser grata a cada segundo por fazer isso neste nível, porque isso já foi tirado de mim antes. Há uma coisa que aprendi: minha resposta a qualquer coisa que aconteça, boa ou ruim, é continuar fazendo coisas. Continuar fazendo arte”, disse, dando outro golpe certeiro em Kardashian e West e qualquer outra pessoa que ela acredita ter tentado reprimir seu sucesso:

“Mas também aprendi que não faz sentido tentar ativamente, entre aspas, derrotar seus inimigos… porque o lixo sai sozinho todas as vezes.”

Kanye West tentou humilhar Taylor Swift várias vezes

A primeira briga entre Kanye West e Taylor Swift ocorreu em 2009, durante a cerimônia do MTV Video Music Awards. Kanye subiu ao palco para interromper o discurso de agradecimento de Taylor Swift, que havia acabado de ganhar o prêmio de Melhor Vídeo Feminino. Ele disse que Beyoncé deveria ter ganho o prêmio, o que causou um grande constrangimento para Taylor Swift.

A segunda briga entre eles ocorreu em 2016. Kanye West lançou a música “Famous”, na qual ele canta a frase “Eu fiz Taylor Swift famosa”. A cantora afirmou que não havia sido consultada sobre a letra da música, onde ele também diz que ‘poderia fazer sexo com ela’, e que ele havia mentido sobre ter recebido sua aprovação. Na época Kim se meteu mostrando um áudio gravado ilegalmente de uma conversa entre Ye e Taylor, para fazer a cantora passar por mentirosa. A conversa, segundo Swift, foi editada.

Tags:

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.


×