Whoopi Goldberg é cancelada por comentários sobre holocausto e pensa em pedir demissão da ABC

Por - 07/02/22 às 12:00

Whoopi GoldbergFoto: Divulgação

A atriz e apresentadora Whoopi Goldberg foi suspensa por duas semanas do programa “The View”, que apresenta no canal de televisão ABC, após dizer que o genocídio nazista de seis milhões de judeus não foi “uma questão de raça”.

Embora ela tivesse pedido desculpas após a forte reação à declaração, a presidente da ABC News, Kim Godwin, afirmou que não era suficiente e a suspendeu, além de pedir que a artista tirasse um tempo “para refletir e perceber o impacto de seus comentários”.

A reação da apresentadora gerou fortes reações e dividiu opiniões sobre se a atriz, politicamente liberal, deveria ser cancelada ou aconselhada.  Muitos democratas apoiaram Goldberg, alguns republicanos proeminentes a condenaram enquanto outros republicamos correram em sua defesa. “Não cancelar Whoopi”, tuitou o senador republicano Ted Cruz, do Texas, que acusa a mídia de tentar silenciar a direita.

Alguns espectadores ameaçaram boicotar o programa pelo que a atriz disse e, outros, pela atitude da ABC contra uma mulher negra por comentários que não eram maliciosos.

Whoopi Goldberg não estaria nada satisfeita com a decisão da ABC de suspendê-la do “The View” e estaria ameaçando deixar o talk show definitivamente: “Ela sente que os executivos da ABC lidaram mal com isso”, informou uma fonte ao New York Post.

Veja+: Whoopi Goldberg já esteve a beira da morte

PROIBIÇÃO EM ESCOLA GEROU O DEBATE

A vencedora do Oscar de atriz coadjuvante por “Ghost” (1990) afirmou em uma edição do “The View” que o Holocausto envolveu “dois grupos de pessoas brancas”.

Protagonista de filmes que denunciaram o racismo contra os negros como “A Cor Púrpura”, Whoopi Goldberg deu a declaração durante uma discussão sobre a proibição em uma escola de Tennessee da graphic novel “Maus”, sobre a vida no campo de concentração nazista de Auschwitz.

Na obra, o autor Art Spiegelman entrevista seus pais, judeus poloneses sobreviventes do Holocausto, para retratar o tempo deles como prisioneiros do mais famoso campo de concentração do nazismo.

O livro, até hoje a única HQ a vencer o Prêmio Pulitzer, retrata judeus como ratos e nazistas como gatos. Ele é considerado uma representação poderosa e precisa do assassinato nazista de milhões de judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

INDIGNAÇÃO TOMOU CONTA DA WEB

Diante da repercussão de suas palavras equivocadas, a artista tentou remediar a situação: “No programa de hoje disse que o Holocausto ‘não é uma questão de raça e sim da desumanidade do homem com o homem’. Deveria ter dito que são os dois”, escreveu Goldberg no último dia 31 de janeiro.

“O povo judeu de todo o mundo sempre contou com meu apoio e isso nunca vai mudar. Lamento o dano que causei”, acrescentou a atriz de 66 anos após ser duramente criticada pela sua declaração.

https://twitter.com/WhoopiGoldberg/status/1488320164517101574

O Museu do Holocausto dos Estados Unidos escreveu em uma rede social, sem citar Whoopi, que “o racismo foi fundamental para a ideologia nazista”. “Os judeus não se definiam pela religião e sim pela raça. As crenças racistas nazistas alimentaram o genocídio e o assassinato em massa”.

Jonathan Greenblatt, diretor da Liga Antidifamação, também se pronunciou: “Não, Whoopi Goldberg, o holocausto foi a aniquilação sistemática do povo judeu por parte dos nazistas, que os consideravam uma raça inferior”, escreveu. “Foram desumanizados e usaram essa propaganda racista para justificar o assassinato de seis milhões de judeus. A distorção do Holocausto é perigosa”, acrescentou.

Veja+: Whoopi Goldberg pede que Disney construa Wakanda em homenagem a Chadwick Boseman

WHOOPI SE TRANCOU EM SUA CASA, EM NEW JERSEY

Vivendo desde 2007 em uma confortável casa em West Orange, bairro nobre de New Jersey, Whoopi só precisa atravessar o Rio Hudson, e ir até o complexo de estúdios do canal ABC, na rua 66, em Nova York, para coapresentar o programa de entrevistas e debates ‘The View’.

Mas essa rotina está suspensa desde o último dia 02 de fevereiro, quando foi suspensa ao teer comentários equivocados sobre o holocausto.

Para evitar o assédio de repórteres e fãs, Whoopi Goldberg se trancou em sua mansão de estilo georgiano, construída em 1927. O imóvel possui 23 ambientes, sendo 8 quartos e 7 banheiros. Vale o equivalente a R$ 20 milhões. Em uma entrevista, ela explicou por que escolheu viver fora de Manhattan.

“Me mudei para New Jersey pela privacidade. Em Nova York eu não podia sentar numa mesa na calçada. Toda vez que eu tentava, apareciam umas 50 pessoas para falar comigo.”

No ‘The View’, a artista de 66 anos, recebe salário anual de 8 milhões de dólares, cerca de R$ 40 milhões. Sua fortuna é estimada em 60 milhões de dólares, aproximadamente R$ 300 milhões.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Tags:

É jornalista formada pela Universidade Gama Filho e pós-graduada em Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa pela Estácio de Sá. Ela é nosso braço firme no Rio de Janeiro e integra a equipe de OFuxico desde 2003. @flaviacirino


×