Após acusar Yasmin Brunet de racismo, Gleici Damasceno aumenta briga

Por - 27/01/24

Gleici Damasceno e Yasmin Brunet

Gleici Damasceno deu sua opinião sobre a treta de Yasmin Brunet e Davi dentro do “BBB 24”, mas logo foi repreendida pela equipe da modelo. A vencedora do “BBB 18” havia mencionado que o racismo pode ter sido uma das causas da briga no reality. 

Diante da situação, os procuradores da filha de Luiza Brunet decidiram notificar a ex-BBB, de acordo com a colunista Fábia Oliveira. No documento, eles afirmam que “a alegação foi feita sem qualquer fundamento teórico” e incitou o ódio direcionado a Yasmin. 

“Acusar a notificante de racismo sem provas substanciais pode resultar em sérias consequências para todas as partes envolvidas”, avisaram. Os advogados da modelo ainda apontaram que a acusação da ex-BBB pode configurar crime de calúnia.

O pedido extrajudicial é que Gleici “se abstenha de realizar qualquer publicação e/ou declaração que acuse falsamente a notificante do crime de racismo e/ou injúria racial; e que publique uma breve retratação na rede social X [Twitter], esclarecendo que sua intenção não foi acusar a notificante de ser racista”. Ela tem dois dias para acatar as recomendações, antes que a Justiça seja acionada, segundo a jornalista.

A campeã do “BBB 18” mostrou que recebeu o comunicado e disse que irá se pronunciar. “Já já vou postar meu posicionamento aqui também”, publicou na manhã deste sábado, 27 de janeiro. 

Ela ainda apareceu no Instagram e disse que tinha um recado importante para dar. “Senti necessidade de vir aqui falar com vocês, dar um pronunciamento a vocês. É o seguinte, estou arrumada pra ir à academia porque não fui a semana inteira e agora preciso, porque gostosas também sofrem na academia”, disse em tom de deboche. A brincadeira recebeu o apoio de Fred Nicácio, Gil do Vigor e Ana Clara.

Comentário polêmico

Na última sexta-feira, 26 de janeiro, Gleici deixou subentendido, que o comportamento de Yasmin e Wanessa contra Davi tem a ver com o racismo estrutural dentro da sociedade. 

“No imaginário de muitas pessoas brancas, espera-se que a pessoa negra seja passiva, esse comportamento mais passivo é tido como o “normal”. Qualquer comportamento empoderado ou que fuja do esperado é muitas vezes interpretado como arrogância e incomoda. Eu amo assistir pessoas negras sem medo de falar e com uma boa autoestima e que exploda quem se incomoda”, escreveu no X.

Ela ainda publicou uma frase em que diz com todas as letras que considera as famosas racistas, mas apagou poucos minutos depois. “Essas meninas estão sendo racistas, pronto falei”, dizia o post.

Em seguida, admitiu o erro. “As pessoas pegam uma frase aleatória do Twitter onde nem tem nome de ninguém, combinam com uma foto ainda mais aleatória e influenciam a opinião de milhares de pessoas. Vou tomar mais cuidado, pois, embora essa seja apenas minha opinião e muitos concordem, apenas quem esteve lá sabe o quanto é difícil e confuso. Eu apaguei o Twitter que fiz em menos de 10min e nem citei o nome de ninguém, mas mesmo assim foi feito no impulso”, corrigiu Gleici. 

“Eu nem torço pra ninguém nesse BBB, mas não concordo com as coisas que estão falando e fazendo com o Davi, claro que isso gatilha pessoas negras”, finalizou.

Tags: ,,,,