Stênio Garcia pede fim de briga com Silvio de Abreu: “A gente quer paz”

Por - 22/05/22

Stênio Garcia responde alfinetada de Silvio de Abreu e pede por fim da briga

Eita! Mesmo após 24 anos, a treta de Stênio Garcia e Sílvio de Abreu continua. Depois de ter perdido o contrato fixo com a TV Globo, que não foi renovado em 2020, o ator alegou que teria sofrido um boicote e o novelista estaria por trás do ocorrido. No entanto, em entrevista ao portal Notícias da TV, Silvio negou a acusação e ainda afirmou que a demissão de Garcia ocorreu por conta de uma suposta plástica que o ator havia realizado no rosto.

“Havia uma rejeição por parte dos autores e diretores, não contra o indiscutível talento dele, mas por alguma intervenção estética que ele havia feito no rosto, prejudicando as feições. Quando a sua aparência voltou ao normal, eu o escalei em Deus Salve o Rei (2018), e ele fez um brilhante trabalho“, disse o dramaturgo.

Leia+: Stênio Garcia crava: ‘Silvio de Abreu exigiu minha cabeça’

“Eu comecei a ler nos jornais e até em programas de TV que a dispensa teria sido uma vingança de minha parte pelo fato de, no século passado, ele ter sido um canalha com a grande atriz e minha amiga Cleyde [Yáconis]. Realmente a atitude dele horrível, mas eu não tinha e nem tenho nada com isso“, acrescentou Silvio.

Já neste sábado, 21 de maio, o portal divulgou um bate-papo com Stênio, que negou o procedimento realizado na face e ainda pediu um fim à troca de farpas com o novelista, que agora é o responsável pela gestação de dramaturgia da HBO Max na América Latina. 

Leia+: Boninho sai em defesa de Silvio de Abreu

“Houve um erro de comunicação. A única coisa que fiz foi na minha boca, coloquei algumas porcelanas nos dentes, mas fora isso eu não fiz nada. Mas Silvio, sucesso na HBO. Pena que você não me chamou pra gente conversar e, quando eu tentei falar, não conseguiu me atender. A gente quer paz, que ele seja muito feliz na HBO. Se tudo não passou de equívocos, já foi, vamos seguir todos em frente. Passar uma borracha”, declarou o ator.

ACUSAÇÃO

Stênio Garcia foi a personalidade do quadro Por Onde Anda? do Domingo Espetacular deste domingo (20), na Record TV. O ator concedeu entrevista na chácara onde mora com a esposa Marilene Saade, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Primeiro, ele começou falando sobre os tipos de personagem que viveu nesses mais de 70 anos de carreira:

“Sou baixinho. Não tenho o padrão do homem de cinema, que geralmente é identificado o ator americano: olhos azuis claro, loiro…eu não sou. Não tenho um tipo de galã. Tenho um tipo brasileiro. Fui caracterizado como tipo brasileiro dentro das histórias”, revelou.

Já a mulher Marilene, com quem está casado há 22 anos, traçou o perfil do marido em poucas palavras:

“É a alma mais bonita que eu já encontrei nesse planeta. É o ser de mais luz. É a pessoa mais fácil de conviver. É a pessoa que eu mais amo e não consigo imaginar a vida sem ele”, disse.

O ator contou como foi passar pelo episódio em que ela e a esposa tiveram algumas fotos íntimas vazadas na internet, há 5 anos.

“A gente teve que enfrentar. Não tanto pela gente, mas pela família, filhas minhas os pais da Marilene”, falou.

DEMISSÃO

A reportagem abordou o episódio da demissão de Stênio da Globo, em março deste ano, onde era contratado desde 1973:

“Num primeiro instante, a gente não acreditava muito. Falei: ‘Péra lá, tem coisa errada ai!’ É que o ator no Brasil ele é considerado velho depois de um determinado tempo. Então, será que é isso? Você fica achando logo que a culpa é de você, da sua figura. Eu apenas tive um tempo para constatar. Mas num primeiro instante eu não acreditava muito”, lembrou.

“Por causa da angústia a pressão subiu. Foram várias internações”, disse Marilene.

Para o casal, Silvio de Abreu é o grande responsável pela demissão do ator. Segundo a mulher de Stênio, o autor e diretor o perseguia na emissora.

“Quem está com a caneta na Globo é o Sylvio de Abreu. E ele riscou o nome do meu marido. E a gente soube por autores, não vou falar nomes, que tentaram, por diversas vezes escalar o Stênio, e o Silvio de Abreu: ‘Olha, se começar a insistir eu tiro a sua novela’”, declarou.

Segundo a matéria do Domingo Espetacular, essa perseguição se deve ao fato de que Stênio foi casado com a atriz Cleyde Yaconis e que não tiveram um fim de relacionamento harmonioso. Silvio, que era amigo de Cleyde, tomou as dores para ele:

“Eu separei da Cleyde de uma maneira muito cruel, sob o ponto de vista dele. Depois eu conversei e acabei ficando amigo dela.  Quando ele tomou uma posição de direção artística… ele era um diretor, autor que não sabia escrever para mim, não queria escrever ou não gostava. De repente ele me achava baixinho, feio sei lá…isso é uma brincadeira que eu faço. Mas a verdade é que não entrei muito. Cheguei a fazer alguns trabalhos com ele. Sempre me dediquei. Quis fazer bem”, contou o ator.

O programa também colheu depoimentos de atores que elogiaram a carreira de Stênio. Cassia Linhares, Eri Johnson, Rafael Sardão, Dudu Azevedo e Beth Goulart falaram do ator.

No final, Stênio disse que não pretende parar de trabalhar e mandou uma ‘mensagem indireta’ aos diretores de elenco da Record TV:

“Vou correr atrás. Só sinto prazer quando estou representando um personagem que conta história que outros escreveram. Hoje tem televisões maravilhosas aqui no Brasil que você pode trabalhar. Por exemplo: eu acho a televisão de vocês fantástica. E ela tem feito coisas muito boas. Quem sabe um dia ainda vou trabalhar lá?”

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!