Pink quase morreu aos 16 anos: ‘Estava fora dos trilhos’

Por - 23/10/23 às 14:30

retrato de pink em entrevista ao 60 minutesFoto: Reprodução/Youtube/Canal 60 Minutes

Pink é uma das cantoras pop mais influentes de todos os tempos, inclusive tendo levado diversos fãs à loucura no Rock in Rio 2019 quando foi uma das atrações do maior festival de música do Brasil, mas a canora já passou por dias intensos em sua vida, sobretudo na juventude.

Em entrevista ao programa “60 Minutes”, a artista e 44 anos de idade revelou que, em 1995, quando tinha apenas 16 anos, quase morreu após sofrer uma overdose, logo no início de carreira. Ela passou a usar entorpecentes para lidar com as brigas de seus pais em casa.

“Me meti nas drogas. Eu estava vendendo drogas e depois fui expulsa de casa. Abandonei o ensino médio. Eu estava fora dos trilhos. No Dia de Ação de Graças de 1995, eu estava em uma rave e tive uma overdose. Eu estava tomando – ah, cara – êxtase, pó de anjo, cristal, todos os tipos de coisas, e então, eu apaguei. Foi demais para mim”, explicou.

A apresentadora da atração, Cecilia Veja, perguntou se ela “quase”, e a resposta foi “sim”. Pink ainda revelou que o DJ da festa foi quem a resgatou: “O DJ me disse: ‘Vou lhe dar um destaque especial nas noites de sexta-feira se você nunca mais usar drogas.’ Era o Dia de Ação de Graças de 1995 e acordei na manhã seguinte e nunca mais usei nada”.

Detonando rivalidades

Desde que o mundo é mundo, a gente vê que muita coisa rende por aí: falsas tretas, namoros midiáticos… e, infelizmente, rivalidades femininas. Se antes eram muito mais declaradas e montadas por uma mídia cruel, hoje em dia elas são mais sorrateiras. Algumas são criadas pelos próprios fãs. A mais nova é Taylor Swift e Beyoncé por conta de suas turnês enormes e o fundo disto seria uma disputa para saber quem lucra mais.

Neste ano, para fazer um paralelo, tivemos uma disputa saudável entre “Barbie” e “Oppenheimer”, o fenômeno ‘Barbenheimer’. Não ofendeu ninguém, não machucou ninguém, apenas atiçou as engrenagens de Hollywood. Na música, Selena Gomez e Miley Cyrus lançaram seus respectivos singles no mesmo dia e isto não impediu elas de tirarem isso de letra, sem fomentar disputas. Mas, desta vez algumas falas estão passando o limites e quem se pronunciou foi Pink.

A voz de “Trustfall” está viajando pelo mundo com a “Summer Carnival” e entrou entre as 10 mais lucrativas de 2023. Ela foi questionada pela Pollstar sobre o que acha dessa rivalidade entre os lucros da “Renassaince World Tour” e da “The Eras World Tour”. Ela declarou que é contra esse tipo de rivalidade e exaltou o trabalho de ambas:

“Eu recebo muitas perguntas sobre competição e não acho que nenhuma de nós, mulheres, se sinta assim, porque acho que todas nós já estamos aqui há tempo suficiente para perceber que podemos vencer ao mesmo tempo. E é muito bom estar entre esse grupo de mulheres. E como uma pessoa que vende 2 milhões de ingressos pode reclamar de alguma coisa?”.

Tags:

Raphael Araujo Barboza é formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. OFuxico foi o primeiro lugar em que começou a trabalhar. Diariamente faz um pouco de tudo, mas tem como assuntos favoritos Super-Heróis e demais assuntos da Cultura Pop (séries, filmes, músicas) e tudo que envolva a Comunidade LGBTQIA+.


×