Relembre performances musicais que marcaram a carreira de Bruce Willis

Por - 19/02/23 às 12:17

Reprodução/Instagram

Recentemente o astro de Hollywood Bruce Willis foi diagnosticado com Demência Frontotemporal (DFT). O diagnóstico foi revelado por sua esposa nas redes sociais em uma carta aberta emocionante e revelou que ele está em um estágio avançado.

O que poucos sabem é que Bruce, de 67 anos, além de estrelar grandes sucessos como “A Gata e o Rato” e “O Sexto Sentido”, um dos maiores filmes de 1990, a saga “Duro de Matar”, entre outros, tem um longa, chamado “Assassin”, que será lançado em março e marcará seu retorno para as telonas. Vale lembrar que ele anunciou sua aposentadoria ano passado.

Leia+ Em momento emocionante, Bruce Willis reagiu a gravidez da filha

Ele investiu em sua carreira musical em 1987 com o primeiro álbum de estúdio dele: “The Returno of Bruno”, com “Respect Yourself” alcançando o top 4 da UK Official Charts. Além disto, Bruce cantou ao lado de grandes ícones como: Tina Turner, Chrissie Hynde e B.B King.

https://www.youtube.com/watch?v=UTIjgkp0Xws&embeds_euri=https%3A%2F%2Fwww.radiorock.com.br%2F&source_ve_path=MjM4NTE&feature=emb_title

Com B.B. King: memorável!

Em seu encontro com a grande diva Tina Turner, os dois performaram e ‘incendiaram’ o palco:

Quem saberia que ele é quem comanda os vocais desta:

Aqui, mandando bem nos vocais e na gaita:

A DOENÇA

Bruce Willis anunciou a sua aposentadoria há quase um ano, em março de 2022, por conta de um distúrbio que afeta a fala, a Afasia. O ator de 67 teve uma piora anunciada na quinta-feira, 16 de fevereiro, sendo diagnosticado com uma demência frontotemporal (DFT), em comunicado oficial divulgado pela família:

Leia+ Bruce Willis reage a gravidez da filha mais velha

“Desde que anunciamos o diagnóstico de afasia de Bruce na primavera de 2022, sua condição progrediu”, disse a família Willis em um comunicado. “Infelizmente, os desafios de comunicação são apenas um sintoma da doença que Bruce está enfrentando. Embora isso seja doloroso, é um alívio finalmente ter um diagnóstico claro”

Leia+ Bruce Willis modificou testamento, após diagnóstico de Afasia

SOBRE A DOENÇA

De acordo com a Alzheimer’s Research UK, a DFT é um grupo de distúrbio causado por um acumulo de proteínas de diversas naturezas, entre elas a “TAU”, que destroem os neurônios nos lobos frontais, localizado atrás da testa, ou em lobos temporais, que ficam atrás das orelhas. A doença afeta mais especificamente grupos entre 45 e 64 anos.

SINTOMAS

Segundo Gustavo Alves, Professor e Doutor em Biotecnologia, os sintomas mais comuns da Demência Frontotemporal são: Comportamentos sociais inadequados, alterações em falas e linguagens, falta de autocontrole nas emoções gerando desinibição e espontaneidade. Apatia também é um dos sintomas, ou até mesmo estados de hiperatividades. O comprometimento da memória, diferente do Alzheimer, acontece em fases mais avançadas.

DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

Juabin Huang, PHD no Departamento de Neurologia da Universidade de Mississippi, diz que o diagnóstico da doença é similar de outras demências e requer uma avaliação clínica minuciosa, levando em conta todos os sintomas citas e as déficits cognitivas, além de levantar históricos familiares e mais testes neuropsicológicos. Para a DFT, não tem nenhum tipo de tratamento, sendo mais um suporte para a vida, tratando apenas sintomas pontuais. O médico pontua que o ambiente deve sempre ser iluminado, alegre e familiar, além de medidas para garantir a segurança do paciente, sempre supervisionado por alguém. A progressão da doença é variável, e caso afetem apenas a fala e a linguagem, a progressão é mais lenta.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Em formação no Jornalismo pela UMESP. Escreve sobre cultura pop, filmes, games, música, eventos e reality shows. Me encontre por aí nas redes: @eumuriloorocha


×