Música e Shows às 23:30

The Weeknd faz história em parada musical com single famoso

The Weeknd sorrindo com o fundo rosa e preto

Reprodução/Instagram

Olha, se alguém falasse para Abel Tesfaye, ainda um jovem canadense esperando o sucesso com suas músicas, que ele ficaria mais de um ano subindo e descendo na “Billboard Hot 100”, provavelmente ele não acreditaria poder fazer isso. Mas fez!

Esnobado pelo “Grammy Awards” deste ano, The Weeknd, nome artístico de Abel, lançou “Blinding Lights” ainda em 2019, quando divulgava a chegada do álbum “After Hours”, e segue fazendo história. Atualmente, o single está na 17ª posição da principal parada de canções dos Estados Unidos e completou 78 semanas dentro da lista, ou seja, um ano e meio.

Com isso, a música está a uma semana de assumir o segundo lugar de faixa com mais tempo na Hot 100 na história da Billboard. Até o momento, o ranking é formado por “Blinding Lights” em, terceiro, “Sail”, do Awolnation, em segundo, e “Radiocative”, da banda Imagine Dragons, com 87 semanas na lista.

Com “Blinding Lights”, The Weeknd tem também os recordes de música com mais semanas no Top 5 da Billboard Hot 100 – 43 no total – e mais semanas no Top 10 da mesma parada, com 57 semanas ao todo.

Indo mais além, o cantor é agora o primeiro músico da década a ter três topos na “Billboard Hot 100” com um mesmo álbum graças a “Heartless”, “Blinding Lights” e “Save Your Tears”, em parceria com Ariana Grande. Anteriormente, o recorde era de Drake com o disco “Scorpion”.

Veja +: The Weeknd alcança o estrelato mundial e mostra potência no Super Bowl

Ajuda monetária

The Weeknd anunciou uma doação generosa à Etiópia. O cantor se comprometeu a doar US$ 1 milhão (R$ 5,6 milhões) para os esforços de socorro, em meio à violência contínua naquele país.

Filho de pais imigrantes etíopes, o artista recorreu às redes sociais para expressar sua dor:

“Meu coração se parte pelo meu povo da Etiópia, pois civis inocentes, desde crianças pequenas a idosos, estão sendo assassinados sem sentido e aldeias inteiras estão sendo deslocadas por medo e destruição”, lamentou.

Ele informou que sua doação poderá fornecer 2 milhões de refeições aos necessitados, através do Programa de Alimentação das Nações Unidas, ao mesmo tempo que encorajou ‘aqueles que podem’, a doar também.

O conflito no país da África Oriental causou a morte de milhares e o deslocamento de mais de 2 milhões de pessoas.

A ONU também informou que mais de 4 milhões de pessoas precisam de ajuda para ‘salvar vidas’ este ano e que o início do conflito coincidiu com a temporada de colheitas, o que significa que empregos e rendas foram perdidos, os mercados foram interrompidos, os preços dos alimentos aumentaram, e o acesso a dinheiro e combustível tornou-se muito difícil.

Veja +: The Weeknd gasta horrores para se apresentar no Super Bowl

Post de The Weknd anunciando doação

A imagem está no Instagram @theweeknd