Filha de Lisa Marie Presley dá à luz

Por - 23/01/23 às 20:15

Riley Keough PresleyRiley Keough Presley / Instagram /@rileykeough

A atriz Riley Keough, filha de Lisa Marie Presley, não conseguiu subir no palco para se despedir da mãe no funeral que aconteceu em Graceland. Em seu lugar, seu marido Ben Smith-Petersen leu a carta escrita pela atriz para a mãe, na cerimônia de despedida. Riley sentou-se na primeira filha e não resistiu à tristeza enquanto assistia às homenagens musicais de Axl Roses, Billy Corgan e Alanis Morissette .

Leia+: Priscilla Presley previu ‘futuro sombrio’ para a filha

Ben tomou a palavra depois que Priscilla Presley, mãe de Lisa Marie, terminou seu poema. E ele acabou dando uma notícia incrível enquanto lia a mensagem: Ele e Riley se tornaram pais de uma menina recentemente. Keough deu à luz em total sigilo.

“Obrigada por me mostrar que o amor é a única coisa que importa nesta vida. Espero poder amar minha filha do jeito que você me amou, do jeito que você amou meu irmão e minhas irmãs”, disse Riley no texto que não conseguiu ler.

“Obrigada por me dar força, meu coração, minha empatia, minha coragem, meu senso de humor, minhas maneiras, meu temperamento, minha selvageria, minha tenacidade. Eu sou um produto do seu coração, minhas irmãs são um produto do seu coração, meu irmão é um produto do seu coração”.

Não se tem maiores informações sobre o nascimento da bebê e a forma como ela veio ao mundo.

Leia+: Irmão brasileiro de Lisa Marie Presley quebra o silêncio

Segundo a coluna “Page Six”, do jornal “The New York Post”, um representante da atriz confirmou o nascimento da única neta de Lisa Marie, mas não deu nome e nem comentou se a filha de Elvis Presley conseguiu conhecer a neta.

Segundo o site TMZ, a autópsia de Lisa Marie Presley já foi concluída, porém a causa da morte ainda não foi divulgada, porque as autoridades ainda esperam os resultados dos exames toxicológicos para justificar com precisão o motivo de seu falecimento.

A autópsia da filha única de Elvis Presley, que morreu aos 54 anos dia 12 de janeiro, após sofrer dois ataques cardíacos, foi realizada no sábado, 14 de janeiro, mas o Instituto Médico Legal de Los Angeles ainda não tem uma resposta definitiva da causa oficial da morte devido a resultados toxicológicos pendentes, que revelarão se a cantora tinha ou não alguma droga em seu sistema quando morreu.

Lisa Marie teve uma parada cardíaca em sua casa em Calabasas depois de reclamar de fortes dores de estômago e sofreu outro ataque cardíaco quando chegou ao hospital. Ela morreu depois que a família assinou uma ordem de não reanimação, porque ela havia sido declarada com morte cerebral.

Lisa Marie estava morando com seu ex-marido Danny Keough, 58, quando desmaiou na quinta-feira. Ele tentou reanimá-la até a chegada dos paramédicos. Ele é pai de sua filha, a atriz Riley Keough, 33, e do filho Benjamin Keough, 27, que se suicidou em julho de 2020.

Lisa Marie se casou com Danny quando adolescente em um centro de reabilitação de drogas e eles se divorciaram em 1994, dias antes dela fugir com Michael Jackson.

Leia+: Funeral de Lisa Marie Presley será aberto ao público em Graceland

Enquanto parentes e amigos esperam despedir-se de Lisa Marie Presley no próximo fim de semana, novas informações sobre sua morte estão surgindo. De acordo com o site “RadarOnline” a mãe da falecida cantora, Priscilla Presley, previu um futuro sombrio para a filha e há anos vinha tentando ajudá-la a deixar as drogas.

A publicação revela que em 2019, ela implorou para a igreja da Cientologia, da qual Lisa Marie fez parte no passado, que a aceitassem em seu programa de reabilitação. Não se sabe se eles a aceitaram, como o fizeram anos antes, quando a única filha de Elvis Presley passou alguns meses internada para superar seus vícios.

“Priscilla sabia que Lisa estava no caminho de [abusos] de seu pai e tentou afastá-la das drogas, mas não conseguiu”, afirma a fonte.

“Priscila implorou aos líderes da igreja para aceitar sua filha em seu programa de tratamento de drogas. Lisa Marie estava usando drogas novamente e ninguém conseguia se comunicar com ela… Priscilla viu como as coisas estavam ruins e fez o que sempre faz para salvar sua filha: ela recorreu à Cientologia para colocá-la de volta nos trilhos”, assegura o informante.

Leia+: Irmão brasileiro de Lisa Marie Presley lamenta sua morte

Nos documentos de seu processo de divórcio de Michael Lockwood, o pai de suas filhas gêmeas Finley e Harper, a cantora chegou a confessar no tribunal, entre outubro de 2015 e junho de 2016 que estava “usando uma quantidade significativa de drogas e ficando muito tempo na cama”, revelando que usava “cocaína para neutralizar os efeitos” de outros remédios que tomava.

De acordo com RadarOnline, em 2016 Lisa Marie teve que passar vários dias internada no Cedars-Sinai Medical Center em reabilitação.

MÃES EM LUTO

Uma semana antes de morrer, Lisa Marie Presley tinha visitado a sepultura de seus entes queridos em Graceland, seu pai Elvis Presley e o filho Benjamin Keough, junto ao escritor e especialista em morte e luto, David Kessler, autor de livros como “Você pode curar seu coração” e “Sobre a dor e o luto: encontrando o significado do luto através dos cinco estágios da perda”.

Leia+: Lisa Marie Presley estava endividada

Ele a estava ajudando em seu processo de luto desde a morte de seu filho Ben, em julho de 2020.

David usou seu Instagram para prestar uma homenagem a Lisa Marie e revelar que a cantora estava ‘feliz’ e ‘otimista’ em seus dias finais.

“Tive a sorte de ter Lisa Marie como amiga. Sua personalidade ousada e autêntica fez dela uma filha leal e uma mãe dedicada. A perda de seu filho a inspirou a trabalhar para se tornar uma defensora daqueles que estão lutando contra o desgosto da dor.”, começou dizendo, acrescentando que eles se conheceram quando Ben faleceu.

“Ela queria falar comigo, não porque eu fosse um especialista em luto, mas porque era alguém que também teve um filho morto. Tornou-se uma amizade improvável, mas é assim que funciona o luto.”, justificou.

“No fim de semana passado, ela me pediu para ir com ela a Memphis para a comemoração do aniversário de 88 anos de seu pai. Ela tinha inúmeros convites para o fim de semana, mas para ela havia apenas três importantes: estar na festa de aniversário de seu pai, passar um tempo no túmulo de seu filho e pai, e depois encontrar uma mãe recentemente enlutada.”, contou.

Leia+: Nicolas Cage relembra Lisa Marie Presley após sua morte

“Observei como Lisa Marie conversou com ternura com essa mãe de coração partido sobre o que esperar do luto. Isso é o que mais a interessava atualmente, ajudar os outros em luto. Ela teve seus desafios, mas sempre os enfrentou. Ela estava no meu programa de educador de luto e muitos que a conheceram e conversaram com ela não faziam ideia de quem ela era. Para eles, ela era uma mãe, cujo filho havia morrido e queria transformar sua dor em propósito. Ela co-liderou grupos de luto comigo nos últimos dois anos em sua casa para outros pais enlutados. Estávamos planejando fazer um podcast sobre luto juntos. Sua família, amor pela música, manter o legado de seu pai e ajudar os outros se tornaram suas prioridades.”, revelou Kessler.

“O fim de semana passado foi muito divertido e ela estava otimista. Graceland era seu lugar feliz e todos os funcionários que a conheciam compartilhavam que ela estava com uma aparência muito melhor. Ela parecia mais em paz e estava muito orgulhosa do filme de Elvis.”, afirmou.

“Sábado à noite nos sentamos nos túmulos de seu pai e de seu filho. Conversamos sobre o desgosto com o qual ela cresceu e a devastação mais recente da morte de seu filho. Ela me mostrou onde seria enterrada algum dia. Eu disse que daqui a muito tempo… e ela disse que ‘sim, tenho muito o que fazer’.”, foi sua última conversa.

“Descanse em paz com seu pai e filho, Lisa Marie. Foto tirada na semana passada em Graceland. #lisamariepresley #lmp #elvismovie #graceland”.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

---

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.


×