Aniversário de morte de Michael Jackson 1

Por - 22/06/10 às 16:01

Reprodução

No dia 25 de junho de 2009, às 12h26, horário de Los Angeles, o serviço de emergência da cidade recebeu o chamado aflito de Alberto Alverez, um dos seguranças de uma mansão de Bel Air. Ele disse que havia um senhor no local que estava inconsciente e que as tentativas para reanimá-lo, há vários minutos, não surtiam efeito. Alverez pediu, então, que uma ambulância fosse enviada com urgência à residência.

Quando os paramédicos chegaram à mansão, identificaram o paciente como sendo o astro pop Michael Jackson.
Segundo relataram à polícia, Michael já estava morto quando o atenderam, mas o médico pessoal do cantor, Dr. Conrad Murray, não permitiu que declarassem a morte dele naquele momento, alegando que ainda haviam chances de reanimação no hospital.

O corpo chegou ao centro medico da Universidade da Califórnia, pouco tempo depois, e os médicos que o receberam atestaram que já não havia nenhum sinal de vida, declarando a morte do paciente.


×