Felipe Neto tem vitória na Justiça contra presidente da Câmara, Arthur Lira

Por - 20/05/24 às 17:38

Felipe Neto e Arthur LiraFelipe Neto e Arthur Lira - Reprodução/Instagram e Divulgação

O Ministério Público Federal no Distrito Federal arquivou do pedido de abertura de procedimento investigatório feito por Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, contra o influenciador Felipe Neto. As informações são da coluna de Ancelmo Gois, do jornal O Globo

Na ocasião, Felipe Neto chamou Lira de “excrementíssimo” ao comentar sobre um projeto de lei.

Felipe Neto mostra lista de processos milionários que já venceu

“É preciso que a gente fale mais, se comunique mais, fale mais com o povo, convide mais o povo para participar. É preciso, fundamentalmente, que a gente altere a percepção em relação ao que é um Projeto de Lei como o 2.630, que foi infelizmente triturado pelo excrementíssimo Arthur Lira”, escreveu Felipe.

Arthur Lira alegou que havia a ocorrência de crime contra a sua honra ao proferir a palavra, mas o procurador analisou que não houve crime.

Whindersson Nunes e Felipe Neto brigam na web: ‘Covardia’

“As palavras duras dirigidas ao deputado, conquanto configurem conduta moralmente reprovável, amoldam-se a ato de mero impulso, um desabafo do investigado, não havendo o real desejo de injuriar ou lesividade suficiente”, disse.

O caso, por sua vez, ainda será finalizado e será analisado pela 10ª Vara Federal do Distrito Federal.

Felipe Neto vai processar quem o associou a golpe ou publicidade

“A PGR, órgão máximo do Ministério Público, pediu o arquivamento do processo criminal de Arthur Lira contra mim. O procurador deixou claro que não houve crime. Enfrentaremos toda tentativa de silenciamento”, comemorou Felipe Neto.

O influenciador ainda rebateu uma crítica que dizia que ele não poderia processar ninguém.

Receba as Notícias de OFuxico em seu celular

“‘Se arquivou o processo do Arthur Lira, o Felipe Neto não pode processar mais ninguém também’. Não, anja, porque fazer uma brincadeira chamando uma grande figura pública de ‘excrementíssimo’ não é crime, já associar alguém com pedofilia, corrupção de menores e outras coisas, SIM”.

Tags:

Formado desde 2010, já passou pelas editorias de esporte e entretenimento em outros veículos do país e atualmente está no OFuxico. Produz matérias, reportagens, coberturas de eventos, apresenta lives e ainda faz vídeos curtos para as redes sociais