Notícias às 16:50

Karol Conká sugere que ódio apontado a ela deveria ser canalizado a Bolsonaro

Reprodução Instagram

Depois de participar do "BBB21" e ter o maior índice de rejeição do reality, Karol Conká conversou com a Folha de São Paulo e falou saber que muitos gostam e outros a detestam. E sugeriu que esse “ódio” fosse canalizado a protestos contra o governo de Bolsonaro, por conta da pandemia do novo coronavírus, que vivemos no Brasil, onde já ocorreram milhares de mortes.

“Isso merece o gasto de energia para ir às redes ou às ruas e protestar. Nossa raiva tinha que ser canalizada para isso. Então, estou de mão dada aí com todo mundo que é fora morte, fora Bolsonaro. Estou na torcida para que o milagre aconteça”, falou a cantora.

Conká falou de lidar com o cancelamento do público e do descaso quando ela tentava pedir desculpas.

“Isso mostra o quanto as pessoas amam odiar. É como se eu tivesse cometido uma atrocidade.”

Música nova

Após a divulgação de “Dilúvio”, Karol Conká prepara o lançamento de mais uma música e, em suas redes sociais, avisou os seguidores e fãs que em breve poderão conhecer novo clipe de nova música já gravada.