Notícias às 12:17

Regina Casé fala da saudade de Paulo Gustavo: ‘Só tem aumentado’

Reprodução/Instagram

Regina Casé começou a quinta-feira (3) reflexiva. Depois de quase um mês da  morte de Paulo Gustavo, que morreu no último 4 de maio por complicações da Covid-19, a atriz falou da saudade que sente do ator e compartilhou um clique do humorista ao lado do filho da artista, Roque, ainda pequeno.

"Diz que com o tempo melhora… Mas só tem aumentado… Toda hora eu quero te ligar para perguntar um troço… Contar uma coisa… Hoje parece que acordei com mais saudade ainda… Ah… como eu queria meu amigo amado assim, aqui em casa, juntinho de mim, num chameguinho com Roque… Tantas lembranças… Quanta falta você faz, Paulo Gustavo… A saudade está muito braba, né?", declarou.

Regina foi consolada pelos amigos e seguidores. "Que falta, que buraco!", postou o jornalista Bruno Astuto. "Nossa, nem me fale…", escreveu Paty Casé, irmã de Regina. "O tempo só aumenta a saudade! Na verdade ela não passará nunca!", apontou o estilista Carlos Tufvesson. "Eu que não o conheci já sinto uma falta danada, sinto uma saudade que dói. Fico imaginando vocês que eram proximos", opinou uma seguidora da atriz.

Regina Casé desabafa em vídeo, sobre Paulo Gustavo: 'O melhor da gente foi arrancado'

Uma das amigas de Paulo Gustavo, a atriz Regina Casé, publicou um vídeo na íntegra, onde desabafa sobre a tristeza que sente com a morte do ator, que foi vítima das complicações causadas pelo novo coronavírus.

Na legenda, ela diz sobre o não acreditar que Paulo se foi.

Uma semana se passou e até hoje não dá para acreditar… Parece que não é verdade, né? Muita gente pediu para eu postar esse vídeo na íntegra.”

O vídeo começa com a atriz emocionada, tentando falar sobre seu amigo.

"Hoje eu vim falar sobre a partida do meu amor, do meu amigo Paulo Gustavo. Das coisas maravilhosas que ele fez. Mas não consigo. Não é só tristeza, mas a violência contra tudo que a gente tem de melhor, que o Brasil tem de melhor. É muito simbólico ele partir neste momento.”

O simbolismo que vai além da atuação

“O Paulo Gustavo simboliza o que? Simboliza trabalho honesto, cinemas abarrotados, bondade, generosidade. Quando faltou oxigênio no Amazonas, ele mandou R$500 mil em cilindros pra lá. Ele não divulga essas coisas."

Regina Casé expressou a dor de perder a felicidade que Paulo transmitia em todos os lugares por onde passava.

O melhor da gente foi arrancado. Paulo simboliza o melhor de nós. A tristeza é muito maior que perder um amigo adorado e amado. O Brasil acha que perdeu um comediante, um ator sensacional? Não, o Brasil perdeu muito mais; perdeu a felicidade, a generosidade, a prosperidade de um povo bom. É isso que o Paulo significa."

Regina Casé posta vídeo emocionante falando do amigo Paulo Gustavo

O vídeo está na página do Instagram da atriz, @reginacase

Agradecimento

Casé agradeceu à toda família do ator e suas palavras, mais uma vez emocionam e trazem grandes lições.

“Quero fazer um agradecimento à Déia Lúcia, mãe do Paulo, ao seu Júlio, à Ju, irmã, porque com seu amor vocês ensinaram a tantas famílias a amarem seus filhos, sem preconceito, do jeito que eles são. E olha quanto amor isso gerou! Quero agradecer ao amado Thales, marido do Paulo, uma pessoa que admiro cada dia mais. Thales, você e Paulo, com a família que construíram, com o Romeu e Gael, ensinaram a tanta gente que eles podem ser felizes também. Que todo mundo tem o direito de ser feliz. O bem que vocês fizeram foi enorme.”

Regina casé finalizou, falando de ver que o Brasil ainda vale a pena.

Paulo, a gente vai ralar pra manter ideia de que Brasil é bom, que o Brasil ainda vale a pena. Não sei como a gente vai fazer isso sem você.  Eu não sei se eu consigo sem você. Eu que sempre aposto na alegria, tenho a sensação que perdi todas as fichas para a tristeza.”

Missa de sétimo dia

Recentemente, aconteceu a missa de sétimo dia de Paulo Gustavo, nos pés do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. A celebração reuniu família e amigos do ator.

Regina Casé emocionou a todos quando surgiu no altar segurando a imagem de Nossa Senhora Aparecida. O coral cantou a canção de Ave Maria e emocionou a todos.

Casé ainda fez a oração de Ave Maria e de Salve Rainha.

Ao final da cerimônia, o Cristo foi apagado em homenagem às vítimas da Covid-19. A canção Aleluia (Hallelujah) foi entoada pelo coral. Paulo Gustavo era grande fã de Beyoncé e o coral cantou a música "Pretty Hurts", da cantora.