Simaria revela mudança após morte de Cristiano Araújo e assume medo de doença

Por - 28/03/23 às 08:40

SimariaSimaria confessa que mudou após a morte de Cristiano Araújo - Foto? Reprodução/ Instagram @simaria

Sabe aquele turbilhão de coisas, que chegam todas juntas colocando a gente à prova? Simaria sabe e muito bem! No ao passado, a cantora sertaneja se separou do espanhol Vicente Escrig, pai de seus dois filhos, Giovanna, de 10, e Pawel, de 07, e viu chegar ao fim a dupla que fazia com a irmã, Simone, após dez anos de parceria.

Leia +: Simara revela dano psicológico por ser famosa

Tudo isso em meio a um sério problema de saúde, que ainda a assusta. A artista de 40 anos já foi diagnosticada com tuberculose ganglionar por duas vezes e teme que a doença possa voltar.

Ela credita sua queda na imunidade à intensa agenda de shows da época da dupla:  “Era insano. Hoje, quando eu olho, eu falo: ‘como eu conseguia fazer e a minha própria irmã e todos os outros artistas que ainda continuam nessa loucura de 30 e tantos shows por mês? Como eles conseguem fazer isso? Isso acaba com o corpo, com a alma, com tudo”, disse ela à revista Quem.

A artista detalhou: “Quando tive a tuberculose, em 2018, me mudei para São Paulo, porque a minha saúde necessitava de um hospital bom, eu estava numa situação muito, muito difícil. Eu tive duas tuberculoses no gânglio. E a tuberculose no gânglio pode virar sistêmica”, detalhou ela.

“Se minha imunidade abaixa, se eu fico sem comer, se eu durmo no horário errado, tudo isso implica para que minha imunidade caia e ela possa voltar. Por isso reduzi a quantidade de shows e tive todo o cuidado. Mas tudo isso foi repensado quando tive a doença pela segunda vez, em 2018″, recordou.

SAÚDE MENTAL E ABALO EMOCIONAL

À revista, Simaria destacou que a saudade dos filhos era outro fator que a tirava do eixo e abalava seu emocional. Ela ainda citou a trágica morte de Cristiano Araújo, vítima fatal de um acidente de carro, em 2015.

Leia +: Simaria leva filhos ao estádio de futebol pela primeira vez

“Quantas vezes entrei no avião chorando de saudade dos meus filhos. Desde a morte do Cristiano Araújo que eu já me perdi ali completamente. Ele foi um dos meus maiores, sabe? Passei meses chorando, porque eu adorava o Cris, o pai dele sempre foi meu amigo. Eu passei chorava e dizia: ‘o que eu estou fazendo dentro desse ônibus?’ Eram 30 shows. 25, 26, 30 shows. O que eu estou fazendo aqui? Eu chorava e chorava”, contou a cantora.

Ela revelou à quem que, para ver os filhos, fazia o que fosse necessário, sem medir esforços. “Sabe como eu via as crianças? Eu fazia bate e volta. Pegava o avião e ia ver meus filhos. Falava: ‘estou com saudade dos meus filhos, vou ver meus filhos’. Nem que fosse por duas horas, eu ia ver os dois. Já cheguei a alugar jato e pagar R$ 80 mil em cima da hora para só para estar na apresentação da escola da minha filha. Tem muita coisa que já passei. As pessoas não têm noção do tanto que eu já sofri nessa vida”, desabafou.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

É jornalista formada pela Universidade Gama Filho e pós-graduada em Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa pela Estácio de Sá. Ela é nosso braço firme no Rio de Janeiro e integra a equipe de OFuxico desde 2003. @flaviacirino


×