Último acusado de roubar partes do carro de Paul Walker é preso

Por - 10/12/14 às 15:13

Getty Images

Um homem foi condenado a seis meses de prisão por furtar um pedaço das ferragens do carro em que Paul Walker estava quando morreu. Anthony Janow, de 26 anos e morador da Califórnia, admitiu ter pego uma parte da painel superior do Porsche Carrera GT em que o ator de Velozes e Furiosos estava no acidente em 30 de novembro de 2013.

Janow foi condenado a uma pena de prisão de seis meses, bem como três anos de liberdade condicional formal pela corte de Los Angeles. Em agosto, ele foi acusado de alguns crimes, entre eles delito de destruir provas e também obstrução de um policial.

Jameson Brooks Witty, co-réu de 19 anos, também foi condenado anteriormente a seis meses de prisão e a três anos de liberdade condicional formal por sua parte no incidente.

Logo após o roubo, Witty postou uma foto no Twitter com uma parte do carro que foi retirada das ferragens do veículo. "Parte do carro de Paul Walker que eu tirei de um caminhão de reboque que estava num semáforo".

Paul e seu amigo Roger Rodas morreram após terem perdido o controle do Porsche Carrera GT em Santa Clarita, Califórnia. O veículo atingiu um poste e uma árvore e, em seguida, foi consumido em chamas.

Filha de Paul Walker homenageia o pai com foto antiga, um ano após sua morte
Vin Diesel faz homenagem ao amigo Paul Walker no aniversário de sua morte
Pai de Paul Walker conta que familiares ainda estão ‘em choque’ com a morte do ator
Missão de Paul Walker continua viva através de ONG
Pai de Paul Walker sente falta do filho ao se aproximar do aniversário de morte do ator


×