A Grande Conquista: Ana Paula diz que foi vítima de ‘jogo sujo’

Por - 22/06/23 às 16:45

Ana Paula Almeida após ser eliminadaAna Paula Almeida após ser eliminada - Reprodução/Record TV

Em uma eliminação relâmpago desta semana, a ex-paquita Ana Paula Almeida deixou a competição em “A Grande Conquista” com apenas 5,96% dos votos do público. Em entrevista, ela desabafou sobre o que teria motivado sua saída do programa e confessou que se decepcionou com Natália, com a indicou para berlinda junto com Janielle.

“Ela usou de informações que a dei como amiga, que eu confidenciei, perguntando de coração. E ela usou isso um dia antes da votação para me botar no fogo, para que as pessoas me tirassem. Acredito com receio, porque estava eu e ela. Ela julgou que poderia ser uma Zona difícil, não sei. Mas foi um jogo sujo, não precisava disso. Já caiu por terra tudo que ela falou. Pra mim, ela argumenta de uma coisa e, por trás, vi ela falando muitas coisas opostas. Agora entendo o porquê”, disse.

Ana Paula ainda afirmou que acha Natália uma pessoa boa, mas não gostaria de conviver com a personagem que ela criou no reality show nunca mais.

Eu não conviveria com ela com esse personagem que ela fez na Mansão. Mas acho que ela, como pessoa, é muito boa. Mas esse personagem que ela escolheu para ser comigo não me agrada. Ser duas caras, pegar uma amiga e jogar na linha de frente para poder se safar…Ficou feio, uma coisa maliciosa.

A eliminada contou que sofreu boicote dos dois grupos da casa e o posicionamento tardio ajudou para que ela não durasse mais no jogo.

“Acho que o boicote dos dois lados acabou me atrapalhando, o tiroteio de me colocarem sempre na linha de frente. Mas também meu posicionamento tardio. Se eu já tivesse me posicionado de fazer jogo único e não querer ser amiga dos dois lados, não iria ter me atrapalhado. Eu sou assim aqui fora, querer ser coração, mãezona, ajudar todo mundo, querer acreditar que as pessoas têm o mesmo coração que eu, e agora eu vi as máscaras caindo. E, aí sim, me decepcionou”, afirmou.

“Mas se eu tivesse, talvez, desacreditado um pouquinho que as pessoas teriam mesmo coração e jogado com a minha malícia, de jogar maldade onde não tinha. Mas eu não queria. Eu queria que o povo visse meu coração, de ser como eu sou. E aí eu não me arrependo. Eu fui quem eu sou. Se eu tivesse feito essa Ana Paula “hot fire” lá na primeira semana e bagunçado a casa toda, acho que teria visto as máscaras mais tempo e o público também, e aí seria um jogo mais interessante”, acrescentou.

Ana Paula Almeida ainda contou que uma outra Zona de Risco poderia deixá-la permanecer no jogo, mas está feliz com sua trajetória, que marcou seu retorno à TV.

“Eu iria bagunçar aquilo lá. Acho que o povo ia querer ver mais um pouco da Ana Paula “fire” lá. Mas eu vim de duas Zonas de Risco muito difíceis, com pessoas muito queridas, de peso, que estão se destacando no jogo. Faz parte. Mas foi o tempo que Deus me quis lá. Sou muito grata, porque foi uma oportunidade muito grande. As pessoas que são dessa era digital não conheciam o que era paquita, não conhecia minha história, então conheceram um pouco de mim. Estou de volta na TV, isso é importante para trabalho, para minha carreira, para os meus sonhos. Estou muito feliz”, afirmou.

Para Ana Paula, Gyselle tem um coração lindo, mas não tem malícia para o jogo e deve ser eliminada na Zona de Risco. Já sua torcida ficará para Thiago Servo.

O reality show é exibido todos os dias. De segunda a sexta, às 22h45; sábado, às 22h30, e no domingo, às 23h. A apresentação é de Mariana Rios, com direção-geral de Chica Barros e direção de núcleo de Rodrigo Carelli.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Tags: ,

Formado desde 2010, já passou pelas editorias de esporte e entretenimento em outros veículos do país e atualmente está no OFuxico. Produz matérias, reportagens, coberturas de eventos, apresenta lives e ainda faz vídeos curtos para as redes sociais


×