Mariana Rios sobre A Grande Conquista: ‘Parei minha vida para viver o reality’

Por - 19/07/23 às 17:04

Mariana RiosMariana Rios - Foto: Whagner Duarte

Mariana Rios tem tudo para ser a nova “menina dos olhos” da Record TV, quando o assunto é apresentação. Com muita espontaneidade, alegria e leveza, a apresentadora comandou a primeira temporada de A Grande Conquista, que chega à final de sua primeira temporada nesta quinta-feira (20).

E o OFuxico conseguiu conversar com a comandante da atração que, depois de já apresentar A Ilha, na Record TV, em 2022, agarrou a nova oportunidade com entrega total e revelou que só tem a agradecer à direção da emissora pela oportunidade que lhe foi dada.

“Eu acho que essa foi uma grande oportunidade que eu tive dentro de uma área que eu sempre gostei muito, que eu sempre quis explorar, que é essa área de ser apresentadora. Foi um voto de confiança enorme da Record para comigo. E assim, uma verdadeira oportunidade mesmo que eles me deram. Eu só tenho a agradecer”, disse.

Mariana Rios
Mariana Rios – Foto: Whagner Duarte

Avaliando toda a temporada que apresentou, Mariana Rios se diz muito satisfeita com o que apresentou, acredita que teve um crescimento, comparando com A Ilha, e revela que finaliza a temporada com um sentimento de “missão cumprida”.

“Eu avalio a coisa como um todo. Acho que o mais importante pra mim hoje é estar feliz dentro daquilo que eu me proponho a fazer, a realizar, sabe? Eu até falo muito sobre uma frase: ‘Os aplausos andam de mãos dadas com as vaias’. Eu sempre falo isso. O mais importante é você estar bem dentro do seu propósito, dentro daquilo que você deseja fazer, que você sonha, que disponibiliza seu tempo, sua energia. E eu sinto que dentro de todas essas oportunidades que eu tive ao longo da minha vida, eu estudei, eu tento me preparar ao máximo pra subir degrau por degrau. E o aprendizado durante A Grande Conquista foi enorme”.

Ela ainda acredita que sempre que se sente uma pessoa em diferente de quando apresentou A Ilha, em 2022.

“Hoje, eu me sinto outra pessoa totalmente diferente de quando eu apresentei A Ilha. Acho que o dia-a-dia, a rotina de gravação, você estudar, você estar aberta a aprender, isso faz com que você cresça. É muito difícil você se abrir pra algum tipo de energia e isso não acontecer. As coisas não se abrirem também pra você, sabe? Então, eu encerro esse programa essa semana com um sentimento enorme de gratidão, de missão cumprida, entendendo também que eu tento fazer o que eu tenho de melhor pra oferecer, sabe? E torço pra que amanhã eu consiga fazer melhor do que eu fiz hoje”, acrescentou.

Para comandar um reality show diário, como provas, dinâmicas, participações ao vivo, é preciso disposição e foco, algo que Mariana Rios garantiu que teve ao longo de todo esse tempo em que A Grande Conquista esteve no ar, tendo tempo apenas para comemorar seu aniversário.

“Foi um período de dedicação total, 100%. Eu parei a minha vida pra poder viver o reality. Eu troquei a noite pelo dia, então o meu corpo, meu organismo precisava se adaptar aos novos horários, demora um tempo. É um processo, né? Então, assim, eu realmente não consegui ter uma vida fora do programa. Não fiz exercícios físicos, vida social, nada. Foi uma imersão e as poucas folgas que eu tive, eu tirei pra descansar, pra ler alguma coisa, porque é um mergulho tão intenso que é um cansaço não só físico, mas é um cansaço mental. A única coisa que eu consegui fazer foi minha festa de aniversário”, contou.

Mariana Rios
Mariana Rios – Foto: Whagner Duarte

Porém, a apresentadora não reclama e se sente muito feliz de ver o trabalho realizado e agradece também à equipe, que, segundo ela, torna tudo mais fácil.

“É muito gratificante você ver o resultado daquilo. Eu consigo ver o meu crescimento e também eu sou muito grata pela equipe toda que eu tenho e isso faz com que os dias e o trabalho fiquem mais gostosos de serem realizados. Eu acho que nada, de nada adianta o resultado final se, durante o processo, você não se sentiu feliz. Acho que o que importa é o processo, não o resultado final”, afirmou.

LIBERDADE

Durante a temporada, é claro que as críticas chegam de algum modo e Mariana Rios sabe disso. Contudo, a apresentadora revelou que sempre teve total apoio da direção em suas decisões para o programa.

“Eu tive sempre abertura para ser eu mesma o programa todo, sabe? E, quando você tem essa opção, que é maravilhosa, que é o melhor dos mundos, você fica muito mais relaxada e a coisa acontece naturalmente. Eu tenho a minha direção, que me dizia o que era preciso para passar as informações, mas ali realmente na forma de conduzir, vai muito pelo meu jeito mesmo. Eu sou imparcial nesse jogo. Todo o tempo eu fui imparcial. Quando eu precisei intervir durante uma briga, durante uma discussão que poderia tomar uma proporção maior, eu fiz e quando eu quis dar risada, eu dei risada e assim vou ser”.

Questionada sobre alguma torcida nesta final, Mariana Rios foi categórica em dizer que fez o “papel que o apresentador tem que fazer” e que, durante a temporada, conseguiu usar seu amor pela psicanálise como um aliado.

“Eu não tenho torcida, falando para você de coração, não tenho uma torcida ali. Eu gosto deles por igual, como eu vejo o programa de fora e eu gosto muito de estudar, a minha vida toda eu gostei dessa área de psicanálise, sabe? Então, eu sempre gostei muito de reality, porque eu entendo que dentro dos realities você conhece muito a pessoa se você observa ela de fora, sabe? Então, quando eu conduzo o programa e fico observando eles também como telespectadora. Eu vejo a fragilidade de cada um, a força também de cada um eu estudo sobre a vida deles antes. Então, ao máximo, tento ser imparcial”.

Mariana Rios
Mariana Rios – Foto: Whagner Duarte

E Mariana acrescentou que tem uma relação muito bonita com o público, mas que sabe que nunca irá agradar a todos “e está tudo bem”.

“Quando a gente fala do público, o público gostar ou não gostar, você nunca na sua vida vai conseguir agradar todo mundo. Se a gente buscar agradar as pessoas você nunca vai conseguir encontrar um caminho de alegria na sua vida, porque o que é do outro, pertence ao outro, você tem que se agradar, tem que estar feliz. Nossa caminhada é individual, só que eu demorei anos da minha vida pra poder ter essa inteligência emocional, sabe? Então, realmente o que o público fala de negativo, que não é construtivo, não me afeta, senão a gente pira. E tudo que eu posso transformar em coisa positiva dentro de algo que me foi oferecido negativamente eu tento fazer, sabe? E assim eu conduzo toda a minha vida e não seria diferente do meu trabalho”, afirmou.

Por fim, a apresentadora contou que seu principal objetivo é, de algum modo, levar alegria para dentro das casas dos telespectadores.

“Quando eu digo que eu não posso ligar (para o que o público fala de negativo), é não trazer isso pra mim, é que você pode adoecer. Todas as noites, eu peço pra Deus me iluminar, pra eu levar alegria pras pessoas, que esse é meu objetivo como artista, como pessoa. Acho que por isso que, quando acontece uma briga, eu tento ali ao máximo, eu deixo um pouco, mas tento tirar um pouco aquilo do foco porque chega uma hora que já não vira mais a alegria, entendeu? Então, esse é o meu objetivo, levar alegria pra quem tá assistindo e estar feliz também com o que eu faço. Para quem gosta, que bom, mas quem gosta… paciência”, finalizou.

Durante toda a temporada, o reality show foi exibido todos os dias. De segunda a sexta, às 22h45; sábado, às 22h30, e no domingo, às 23h. A apresentação de Mariana Rios, com direção-geral de Chica Barros e direção de núcleo de Rodrigo Carelli.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Tags:

Formado desde 2010, já passou pelas editorias de esporte e entretenimento em outros veículos do país e atualmente está no OFuxico. Produz matérias, reportagens, coberturas de eventos, apresenta lives e ainda faz vídeos curtos para as redes sociais


×