No Limite – Amazônia: Proteção e reviravolta na eliminação. Saiba quem saiu!

Por - 28/07/23 às 08:11

No Limite Amazônia - Paulo Vilhena e DedéPaulo Vilhena e Dedé, participantes da equipe Urucum, tiveram papel importante no episódio - Foto: TV Globo

Emoção atrás de emoção, recheada de adrenalina e tensão no quarto episódio do reality de sobrevivência, exibido na noite de quinta-feira, 27 de julho. Desta vez, em um portal duplo, dois participantes – um de cada equipe – foram eliminados.

Pela equipe Urucum, Paulo Vilhena foi o escolhido. Já na Jenipapo, Dedé. Mas ambos tiveram a oportunidade de voltar ao jogo para mais uma rodada e aí que o jogo realmente virou.

Em um programa marcado por grandes reviravoltas, o ator salvou Fulý da eliminação e ao ter a chance de voltar à disputa, acabou desistindo do reality.

Alegando sentir saudades da família e reiterando o desejo de acompanhar a gestação da mulher, que espera a primeira filha do casal, o ator rejeitou o benefício de continuar na atração, e preferiu voltar para casa. Com a desistência, a última competidora eliminada, Simoni, acabou retornando ao reality.

COMO FORAM AS VOTAÇÕES

As duas tribos tiveram que indicar membros para deixar o game. O paratleta de ciclismo Dedé Macedo foi o mais votado na Jenipapo, enquanto Paulo Vilhena acabou sendo o escolhido na Urucum. Mas a indicação do ator só aconteceu porque ele resolver ceder o Amuleto de Imunidade à Fulý, que havia recebido a maioria dos votos. 

Antes mesmo do Portal da Eliminação, o ator já havia arquitetado sua saída. 

Ele percebeu a movimentação da equipe para votar em Fulý e o artista, então, ao chegar ao local de votação o chamou para um papo reto: “Pode votar em mim. Eu vou te salvar”, disse Vilhena.

Fulý recebeu cinco votos: Raiana, Carol Nakamura, PaulinhaPaulo Vilhena e GreiceFulý, por sua vez, atendeu ao pedido e votou em Paulinho.

Quando Fernando Fernandes perguntou se alguém teria algo a declarar em relação a privilégio, o ator entregou seu amuleto de imunidade, afirmando que gostaria de passar o benefício para o colega de equipe. Desta maneira, o único voto que contabilizou para o Portal foi o de Fulý em Paulinho, tirando o ator do reality.

Vilhena deixou um conselho para o colega de equipe, apontado pelo grupo como “acomodado”: “Fulý, arruma a casa, pega água, corta lenha e vai pescar. Cuida dessas meninas”, disse ele.

Na equipe Jenipapo, Dedé foi indicado por Guilherme, Marcus, Euclides e Amanda. O paratleta, por sua vez, votou em Marcus. O recém-chegado Claudio Heinrich votou em Euclides e Amanda recebeu o Voto de Vingança de Simoni, eliminada no episódio anterior.

NOVA CHANCE E REVIRAVOLTA

Dedé e Paulo, dupla supostamente eliminada, foi informada que não sairia do programa. Eles seriam direcionados para o “Ocurïde”, uma zona de espera.

Questionados pelo apresentador se desejavam seguir para a fase, Dedé confirmou, mas o ator dispensou a oportunidade, desistindo da disputa. 

Não aceitei porque a minha decisão foi tomada de acordo com a minha intuição e coração. Não desisti, eu não aceitei a oferta de uma oportunidade”.

Segundo Vilhena, a saudade de casa e da esposa, que está grávida da filha do casal, foi determinante: “Como já tinha muito claro e definido na minha mente que a minha prioridade era voltar para a minha mulher e filha, não foi difícil dizer não”, disse. 

O ator também explicou ao apresentador o que foi decisivo: “Esse é o sonho do Fulý. Está há 12 anos tentando participar desse programa. Ele é mais novo e a vida dele depende muito mais desse jogo do que a minha. A minha está lá fora. O que eu quero deixar é uma história bonita e o meu amor por vocês. Saio daqui uma pessoa com os meus valores reforçados. Quero que Fulý tire uma lição, não só pensando nos desafios mas também na convivência”, disse Paulo Vilhena. “Estou bem do jogo. O que me importa agora é ficar perto da minha família”, completou.

Com a decisão do artista, Simoni, última participante a sair, voltou ao programa para ficar com Dedé no Ocuride.

COMO FORAM AS PROVAS DE IMUNIDADE E PRIVILÉGIO

Os competidores participaram de uma dinâmica de resistência individual em buscada imunidade. Na prova, eles tinham que subir em uma escada no rio e se equilibrarem pelo maior período possível.

Com a indicação de Fernando, a atividade ficava ainda mais intensa:  “Ao meu comando, o desafio fica cada vez mais difícil: vocês terão que subir para o próximo tronco”, explicou. 

Após 1h30 de dinâmica, Carol Nakamura foi a vencedora da equipe Urucum, conquistando o colar da imunidade. Guilherme foi o ganhador da Jenipapo e, além da imunidade, ainda recebeu os privilégios de comer fora e tomar banho. O participante ainda pôde escolher dois convidados e optou por Euclides e Marcus.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Tags: ,,,,

É jornalista formada pela Universidade Gama Filho e pós-graduada em Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa pela Estácio de Sá. Ela é nosso braço firme no Rio de Janeiro e integra a equipe de OFuxico desde 2003. @flaviacirino


×