Renascer, BBB e Mulheres de Areia elevam a audiência e superam produções anteriores

Por - 30/01/24 às 14:13

Renascer (José Inocêncio e Maria Santa no altar); BBB 24 (Tadeu Schmidt no Quarto Gnomo) e Mulheres de Areia (Marcos e Ruth abraçados)Renascer, BBB 24 e Mulheres de Areia seguem alavancando a audiência - Foto: TV Globo

A releitura de “Renascer”, novela que está no ar desde o último dia 22 de janeiro, está “dando bom”! A novela escrita por Bruno Luperi, baseada no texto original de seu avô, Benedito Ruy Barbosa, tem registrado excelentes índices de audiência.

Entre os dias 22 e 27 de janeiro, no Rio de Janeiro, por exemplo, o folhetim marcou 29 pontos de média. Esta foi a maior audiência de uma primeira semana de novela das 21h, feito que não acontecia desde a reprise de “Império”, que teve 28.

Já em São Paulo, por sua vez, a trama protagonizada por Humberto Carrão e Duda Santos na primeira fase, marcou 26 pontos. Um dos pontos altos da semana de estreia foi justamente o encontro dos dois personagens. Esse é o índice mais alto desde “Pantanal”, que registrou 24.

A novela “Mulheres de Areia”, que tem foco na história de amor de Ruth (Gloria Pires) e Marcos (Guilherme Fontes) cravou recorde de audiência semanal, com 13,9.

Assim como e “Paraíso tropical”, que também registrou recorde semanal, atingindo 13,2 pontos de audiência.

Como estão os índices de audiência do ‘BBB 24’?

Sempre registrando excelentes números, o “Big Brother Brasil”, mais uma vez, segue voando alto! Entre os dias 08 e 28 de janeiro, por exemplo, o reality show registrou 23 pontos no Rio de Janeiro.

Esse número, entretanto, destaca três acima da temporada anterior do programa apresentado por Tadeu Schmidt.

Por ouro lado, em São Paulo, por exemplo, o game alcançou 20 pontos de audiência, ou seja, dois a mais.

---

Tags: ,,,,,

É jornalista formada pela Universidade Gama Filho e pós-graduada em Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa pela Estácio de Sá. Ela é nosso braço firme no Rio de Janeiro e integra a equipe de OFuxico desde 2003. @flaviacirino


×