Isabel Teixeira sobre a virada de Maria Bruaca: “Acho esta história tão linda”

Por - 22/08/22 às 19:35

Isabel Teixeira Maria Bruaca no barcoDivulgação/TV Globo

O remake da novela “Pantanal”, no ar na TV Globo, tem conquistado a audiência do público. Com elenco de peso como Marcos Palmeira, Dira Paes, Selma Egrei, Alanis Guillen, Jesuíta Barbosa, a trama tem conseguido manter os olhos dos telespectadores sempre atentos a tudo o que ocorre. Mas tem uma personagem que faz o coração de todo mundo pulsar mais forte: Maria Bruaca, vivida por Isabel Teixeira.

E você conhece a vasta trajetória de Isabel Teixeira? Atriz formada pela EAD, foi assistente de Regina Braga no espetáculo “Totatiando”, com Zélia Duncan (2011), dirigiu “Desarticulações”, com Regina Braga e texto de Sylvia Molloy (2013); “Tudo Esclarecido”, show de Zélia Duncan (2013); “Animais na Pista”, de Michelle Ferreira (2014); “Agora Eu Vou Ficar Bonita”, com Regina Braga e Celso Sim, roteiro de Regina Braga e Drauzio Varella (2014); “Fim de Jogo”, de Samuel Beckett, com Renato Borghi (2016); “Lovlovlov, Peça Única em Cinco Choques”, (2016); e “A Mulher que Digita”, de Carla Kinzo (2017).

Leia+: Pantanal: Bruaca começa entender que foi vítima de agressão e assédio por Tenório

Como atriz, Isabel atuou em “Puzzle (a, b, c e d)”, sob a direção de Felipe Hirsch (2014); e “E Se Elas Fossem Para Moscou?”, cumprindo temporada ao redor do mundo até 2020. Foi contratada como integrante da Cia. Vértice de Teatro, pelo Teatro Odeon de Paris e pelo Le Centquatre-Paris para atuar no espetáculo Ítaca, de Christiane Jatahy, que estreou em Paris em abril de 2018. Ganhou o prêmio Shell de Melhor Atriz por “Rainha(s)” (2009). Em 2019, escreveu e dirigiu a peça “People vs People”, que estreou no mesmo ano, em Curitiba. Fez parte do elenco da série “Desalma”, de Ana Paula Maia, direção de Carlos Manga Junior, e da novela “Amor de Mãe”, de Manuela Dias, direção de José Villamarin.

A reportagem de OFuxico conversou com Isabel a respeito da personagem Maria Bruaca. Muito simpática, a atriz comentou sobre o sucesso do folhetim e do carinho que tem recebido do público.

“É um fenômeno porque eu acho que as pessoas estavam querendo saber o que a Maria Bruaca veio dizer. A virada que essa personagem vai dando, da redescoberta de si própria. Essa potência da transformação, da mudança. Tem jeito! Sabe? A vida pode ser cruel com esse jeito que tem. Tem sofrimento, mas tem descoberta com si próprio. Acho que o público estava ávido por isso. Meu propósito sempre foi o de tentar tocar o coração nem que fosse de uma pessoa na plateia, sabe? Mas aí de toda a plateia e de todo um País é…para mim…eu agradeço. É junto que a gente faz. Não estou fazendo sozinha. A novela virou um fenômeno, justamente, por conta da resposta do público. A Bruaca virou um símbolo da minha carreira. Muito bonito isso e me dá mais vontade de explorar esse lado do fazer que minha carreira vem me apresentando. Eu vim do teatro e tive papéis emblemáticos que eu guardo com muito amor. Agora, a Maria Bruaca vai ficar guardada comigo para sempre”, contou Isabel.

Leia+: Pantanal: Zaquieu cede quarto para Bruaca e Alcides

Tenorio Maria Bruaca e Guta Pantanal
Tenório (Murilo Benício), Maria Bruaca (Isabel Teixeira) e Guta (Julia Dalavia) – Foto Divulgação/TV Globo

MARIA BRUACA E SUA VIRADA

Isabel é filha de Renato Teixeira, grande músico brasileiro, e, que durante toda sua vida viveu cercada de artistas renomados. Um deles é o ator e cantor Almir Sater, com quem ela tem o prazer de contracenar em “Pantanal”. Em uma das cenas do folhetim, Maria Bruaca estava na Chalana com Eugênio (Almir Sater) e começou a cantar com ele. Isabel falou de sua visão a respeito da transformação de Bruaca em Chalaneira.

“A questão do canto para Maria Bruaca, na minha visão, faz parte deste restauro do qual a personagem começa a passar a partir do momento que ela sai daquela casa onde não tinha mais lugar para ela. Para mim, a Chalana foi o lugar de transformação para ela. A Maria Chalaneira se redescobre Maria ali na Chalana. E esse restauro se faz em uma casa em movimento, que navega pela água de rio, quer coisa mais feminina do que água rio? E o canto ali vem pela voz que foi abafada, julgada, cortada e engolida pelo Tenório (Murilo Benício). Então, a ideia de trazer o canto para a Chalana foi do Almir, porque tem a ver com o Eugênio e, para mim, teve um coerência profunda para esta fase de restauro. Maria Chalaneira foi uma fase do papel. Vi que algumas pessoas chegaram a shippar a Maria Chalaneira com o Eugênio, mas eu acho que ali era para ela estar sozinha mesmo. Ela tinha que se redescobrir, num lugar onde a solidão é muito bem vinda! Ah, eu acho essa história tão linda”, afirmou Isabel.

Maria Bruaca deve terminar a trama com seu grande amor, Alcides, vivido por Juliano Cazarré.

Isabel Teixeira MARIA Bruaca e Alcides Juliano Cazarre Pantanal
Maria Bruaca e Alcides (Juliano Cazarré) – Foto (Divulgação/TV Globo)

BASTIDORES DE PANTANAL

Nos bastidores, Isabel matou a curiosidade dos fãs ao falar dos laços de amizades que foram criados entre os atores da trama.

“Essa novela começa com uma viagem. Na verdade tivemos duas viagens ao Pantanal e estávamos muito unidos. Não só elenco como equipe. Eu vou levar muitas pessoas para a vida. Tive trocas importantes. Vamos estar sempre muito ligados. Marcos Palmeira, Dira Paes, eles são muito responsáveis por esse cotidiano de alegria e de interação que todo mundo desse elenco teve a sorte de viver. Como protagonistas que são, sabe? José Leôncio e Filó…A casa deles faz parte deste centro da história. Os dois atores têm alegria de trabalhar e muita maestria. Acho que fomos muito felizes nesse encontro. Eu vou sempre lembrar de todos com muito carinho. Para sempre mesmo. A minha convivência com Murilo Benício, Paula Barbosa, Juliano Cazarré, enfim.. a Maria Bruaca transitou para tantos núcleos. Chalana, a tapera…Convivi mais com a Alanis Guillen, com o Jesuíta..é muito bom. Se eu falo de amizades, eu tenho que falar de todo mundo!”

Alanis Guillen e Isabel Teixeira
Maria Bruaca na tapera de Juma (Alanis Guillen) – Foto (Divulgação/TV Globo)

ISABEL TEIXEIRA EM REMAKE DE TIETA?

Recentemente, fãs começaram a se mobilizar na internet para que Isabel pudesse interpretar Tieta, em um remake. Questionada se viu os tietes comentando na web, Isabel contou: “Eu vi a movimentação. Acho tão engraçado. O público é um grande autor. Achei tão interessante! A Tieta do Sarandi, a Maria Bruaca voltando! Maravilhoso de uma criatividade coletiva. Agora eu mesma, Isabel, Bel, estou muito envolvida na reta final de gravação. É uma parte puxada. Esse cotidiano..eu não sou do Rio de Janeiro e estou aqui, focada.”

PLANOS FUTUROS

Assim que a novela terminar, Isabel tem um plano: “Quando eu acabo uma peça, um trabalho, eu me recolho um pouquinho. Eu preciso deixar que as coisas reverberem um pouquinho. Eu nunca consegui ir pulando de um trabalho para outro. Isso pode durar pouco ou muito. Eu tenho que voltar para casa, meu ateliê, onde eu me encontro comigo mesma”, disse.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Jornalista desde 2000, iniciou a carreira como redatora do site OFuxico em 2002. Anos mais tarde, trabalhou como editora no site Famosidades (MSN), tendo passagem ainda como repórter na Quem, jornal Agora S. Paulo (Folha de S. Paulo), R7 e retornou em 2015 como editora do site OFuxico.


×