Filme de Escândalo Íntimo: Tudo sobre lançamento de Luísa Sonza

Por - 27/05/24 às 15:55

luisa sonza em frente a cadeiras com look simplesFoto: Reprodução/Instagram @luisasonza

Terceiro disco da carreira de Luísa Sonza, “Escândalo Íntimo” traz um trabalho artístico mais maduro e conceitual. Com 24 faixas, tendo apenas 18 liberadas em seu lançamento em 29 de agoto de 2023, a obra traz feats nacionais e internacionais com artistas renomados, como Demi Lovato, Marina Sena, Baco Exu do Blues e Duda Beat.

Luísa Sonza arrasa em estreia de turnê. Veja quem estava na plateia vip!

As demais faixas serão disponibilizadas nesta terça-feira, 28 de maio, ao público. Já as faixas lançadas foram suficientes para, em menos de 24h após o lançamento, “Escândalo Íntimo” bateu o recorde no Spotify Brasil e alcançou 15.6 milhões de streams, atingindo a marca de disco com melhor estreia de todos os tempos na plataforma.

“Penhasco2”, faixa com Demi Lovato, alcançou a primeira posição entre as músicas mais escutadas do Spotify no Brasil, tornando as duas as primeiras artistas na história a debutar uma música com 2 milhões de streams na plataforma no país.

Luísa Sonza também emplacou todas as músicas de “Escândalo Íntimo” no TOP 50 da plataforma de música, com 6 delas no TOP 10. Além disso, 3 músicas entraram no Top 200 Global, com “Penhasco2” na posição 41, “Campo de Morango” na posição 140 e “A Dona Aranha” em 181.

Receba as notícias de OFuxico no seu celular!

Em Portugal, “Penhasco2” estreou na posição 10 e “Escândalo íntimo” se tornou o maior debut de um álbum pop brasileiro. Na Apple Music, a artista ocupou o Top 18 inteiro da plataforma e “Escândalo íntimo” foi o álbum mais ouvido. Na Deezer, todas as faixas estrearam no Top 50, com “Penhasco2” na primeira posição.

Filme de Escândalo Íntimo

Agora relembramos como se iniciou a era “Escândalo Íntimo” de Luísa Sonza, vamos falar sobre o filme do álbum, lançado na noite desse domingo, 26 e maio. Desde que o disco veio ao mundo, a loira afirmou que lançaria um curta-metragem compilando todos os visualizers preparados para o disco.

Enquanto isso, ela liberava alguns dos mais elaborados como clipe das músicas mais bem-sucedida, como aconteceu com “Chico”, “penhasco2” e “A Dona Aranha”. Porém, há muito tempo não se falava mais no filme de “Escândalo Íntimo”, até que na semana passada ela anunciou a novidade.

Danna Paola, atriz da série ‘Elite’, divide o palco com Luísa Sonza. Fotos!

“Passamos meses editando e desenhando o roteiro desse filme. Em meio a tudo isso, muita coisa aconteceu, mas finalmente chegamos ao resultado que eu tanto queria entregar para vocês. Esse filme conecta todos os visuais que lancei até então, é um grande paradoxo na minha mente, sonhos e pesadelos que passam pela minha cabeça”, explicou Luísa Sonza sobre a demora em lançar o conteúdo.

Para a produção do filme de “Escândalo Íntimo”, foram utilizadas diversas técnicas de pós-produção e efeitos especiais, incluindo efeitos práticos, VFX e Inteligência Artificial, com uma equipe de mais de 150 pessoas envolvidas na produção. Sobre IA, ao anunciar o projeto no Instagram, aparecia o aviso de uso da ferramenta na plataforma.

Detalhes do curta-metragem

Porém, algo a se ressaltar é que os clipes já lançados não aparecem de forma completa. O curta-metragem utiliza cena dos vídeos lançados pela artista enquanto a mesma narra um texto expondo o que sentia, pensava e sonhava, com a respectivas músicas ausentes.

Luísa Sonza adota gata sobrevivente de tragédia no RS

“As faixas do álbum acabaram se tornando trilhas sonoras para os filmes da minha cabeça, até realmente se transformarem em um único filme unindo trechos dos clipes já lançados e imagens inéditas”, disse Sonza sobre o projeto, de acordo com o portal Terra.

Com direção de Diego Fraga e texto de Guilherme Ashcar, adaptado pela cantora, o filme de “Escândalo Íntimo” acompanha Luísa despindo-se de sua armadura protetora (literalmente) e explorando seu inconsciente, levando-a de volta ao passado, no interior do Rio Grande do Sul.

As cenas foram filmadas em uma fazenda em Santana de Parnaíba, São Paulo, que até mesmo ganhou perfil próprio na época da divulgação de “Escândalo Íntimo” como álbum e prenúncio de seu filme.
“Queríamos contar essa história de forma ultra pessoal, colocando de base os sonhos da Luísa. Pegamos certos momentos que ela compartilhou e ajustamos na linha do tempo para contar essa história de amor”, explicou o diretor.

Whindersson Nunes sai em defesa de Luísa Sonza após crítica de hater

“No começo do filme, temos ela sozinha, em um lugar novo, até que conhece alguém e se entrega. Quando percebe que dá errado, tenta sair do relacionamento de todas as formas até renascer”, completou Fraga.

Luísa e equipe planejaram o projeto por muito tempo

Segundo a revista Eolor, Flávio Verne, que integra a direção criativa do projeto, contou que a ideia inicial é que o filme de “Escândalo Íntimo” pudesse passar de uma forma geral sobre o que é o álbum e sobre o que a Luísa queria abordar mais profundamente, trazendo aspectos da psique, traumas, sonhos dentro de sonhos e como se curar mergulhando dentro da própria mente.

“Começamos a falar sobre o filme do EI ainda no primeiro semestre do ano passado. Durante o processo pesquisei muito sobre surrealismo e como ilustramos fatos que acontecem na nossa vida e deixam marcas que acabam virando fantasias na nossa mente”, descreveu ele, que também é coreógrafo da artista.

Luísa Sonza ajuda ONGs que apoiam vítimas da tragédia no Rio Grande do Sul

“Acho que a experiência num todo foi muito rica porque a Luísa sempre trazia material pra gente trabalhar e pesquisar cada vez mais que íamos nos aprofundando no processo do que de fato seria o filme. Ao longo desse quase um ano muitas coisas foram mudando e amadurecendo, o que foi ótimo pra evolução do projeto”, completou Flávio Verne, por fim.

Raphael Araujo Barboza é formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. OFuxico foi o primeiro lugar em que começou a trabalhar. Diariamente faz um pouco de tudo, mas tem como assuntos favoritos Super-Heróis e demais assuntos da Cultura Pop (séries, filmes, músicas) e tudo que envolva a Comunidade LGBTQIA+.


×