Belo não paga parcela de acordo a Denílson e a saga continua

Por - 29/11/23

Belo e Denílson

Caso encerrado? Mais ou menos. O cantor Belo estaria em débito com Denílson ao não pagar uma parcela do acordo que fez o ex-jogador. A parcela venceu no dia 18 de novembro, e o valor foi colocado em sigilo de Justiça.

A parcela em questão seria de cerca de R$ 500 mil, referente ao pagamento de honorários de advogados, que também entra no acordo entre as partes.

A defesa de Denilson fez, na segunda-feira (27), essa nova petição no processo, onde o caso não seria encerrado até Belo pagar essa parcela. As informações são do UOL.

O acordo entre Belo e Denílson finalmente saiu em julho deste ano. A dívida entre eles já durava cerca de 22 anos, era de R$ 7 milhões e começou quando o ex-jogador gerenciava a banda de pagode Soweto, que tinha o cantor como líder. A parceria foi rompida quando Belo deixou a banda para seguir carreira solo, tendo uma quebra de contrato.

Na época, Denílson foi à Justiça e processou o pagodeiro, que foi condenado em 2004 a pagar uma indenização.

O anúncio foi feito pelo ex-jogador, e atual comentarista na Band, por meio das redes sociais.

“O cantor Belo e eu conversamos e, de forma amigável, chegamos a um acordo. É de suma importância ressaltar a todos que nossas divergências nunca foram pessoais, ao contrário, elas eram – e portanto não são mais – no campo jurídico”, começou.

“Como homens, adultos e profissionais que somos, era importante colocar fim a esse imbróglio que nos afastava há mais de 20 anos. Hoje, com alegria, damos por encerrado esse assunto. Muito obrigado a todos os envolvidos. Agora é olhar pra frente… ACABOU!!!”, finalizou.

Tags:

Formado desde 2010, já passou pelas editorias de esporte e entretenimento em outros veículos do país e atualmente está no OFuxico. Produz matérias, reportagens, coberturas de eventos, apresenta lives e ainda faz vídeos curtos para as redes sociais