Miss Universo 2023: Brasileira não chega ao Top 20. Saiba quem venceu!

Por - 19/11/23 às 10:34

Miss da Nicarágua foi escolhida a Miss Universo 2023Miss da Nicarágua foi escolhida a Miss Universo 2023 - Grosby Group

A mulher mais bonita do universo é da Nicarágua. Na noite de sábado, 18 de novembro, Sheynnis Palacios, de 23 anos, foi coroada Miss Universo 2023,, no evento que aconteceu em San Salvador. capital de El Salvador.

Anntonia Porsild, da Tailândia, ficou em segundo lugar e australiana Moraya Wilson ficou em terceiro lugar.

Sheynnis Palacios recebeu a coroa e a faixa de sua antecessora, a americana R’Bonney Gabriel. Esta é a primeira vez que a Nicarágua vence o concurso. Palacios superou 83 concorrentes, que durante a semana participaram das competições preliminares.

Miss da Nicarágua foi escolhida a Miss Universo 2023
Miss da Nicarágua foi escolhida a Miss Universo 2023 – Grosby Group

A representante da Nicarágua destacou em sua resposta final ao júri a importância da igualdade salarial para que as mulheres possam “trabalhar em qualquer área”. “Não há limite para as mulheres”, disse.

Brasileira desclassificada

Maria Brechane, a representante do Brasil no Miss Universo 2023, infelizmente não conseguiu chegar ao Top 20.

A gaúcha parabenizou a nova Miss Universo nas redes sociais, e também fez um desabafo sobre a derrota e tudo o que passou para chegar até o concurso. 

“A gente precisa ser forte. E eu estou sendo forte por vocês”, disse a beldade.

E continuou: “Obrigada por tudo. Obrigada ao Miss Universo pela oportunidade incrível de representar o meu país. Quando eu digo que desde pequenininha eu sempre sonhei com isso, é porque cada momento aqui, quando eu via na TV, parecia ser especial. E viver isso é o dobro. Viver isso é três, é quatro mil vezes melhor. E muito obrigada a cada um de vocês. De alguma maneira, eu sinto que consegui”.

Concurso inclusivo

A 72ª edição do concurso Miss Universo, pela primeira vez incluiu concorrentes casadas, “plus size” e duas mulheres trans.

A colombiana María Camila Avella, de 28 anos, se tornou a primeira mãe na história do evento a ficar entre as cinco finalistas. A guatemalteca Michelle Cohn foi outra mãe que participou no concurso, em uma tentativa da organização tornar o evento mais inclusivo.

O Top 20 incluiu a representante de Portugal, a trans Marina Machete. Apesar de não ter avançado na competição, a representante da Holanda, Rikkie Valerie Kolle, foi outra mulher trans participante. 

A concorrente do Nepal, Jane Garret, foi a primeira candidata ‘plus size’ no Miss Universo.

A organização do evento anunciou que a próxima edição do Miss Universo será no México.

Tags: ,

Formado desde 2010, já passou pelas editorias de esporte e entretenimento em outros veículos do país e atualmente está no OFuxico. Produz matérias, reportagens, coberturas de eventos, apresenta lives e ainda faz vídeos curtos para as redes sociais


×