Família é Tudo: Vem saber tudo sobre a nova trama das 19h

Por - 22/12/23 - Última Atualização: 1 fevereiro 2024

Primeira imagem do elenco de 'Família é Tudo'

Substituta de “Fuzuê”, a próxima novela das sete da TV Globo, “Família é Tudo”, iniciou as gravações em São Paulo. Com estreia prevista para março de 2024, a emissora divulgou a primeira imagem e a sinopse da trama.

Receba as notícias de OFuxico no seu celular

Estão confirmados no elenco Renato Góes, Grace Gianoukas, Ana Carbatti, Alexandra Richter, Jayme Periard, Cristina Pereira, Lucy Ramos, Jayme Matarazzo, Cris Vianna, Rafa Kalimann, Daphne Bozaski, Daniel Rangel, Thaila Ayala, Ana Hikari, Henrique Barreira, Gabriel Godoy, Conrado Caputo, Fernando Pavão, Mila Carmo, Nina Frosi, Alanzinho, Caio Vegatti, Aisha Moura, Caio Giovani, Paulo Tiefenthaler, Antonio Christóforo e Sophia Rosa.

As gravações da trama foram iniciadas em São Paulo, em locais como o Museu do Ipiranga e a avenida Brigadeiro Faria Lima.

Juliana Paiva é afastada das gravações de ‘Família é Tudo’

O diretor Daniel Ortiz, que conta com a direção de Fred Mayrink, deu um spoiler sobre a obra. “A novela das sete é um gênero consagrado, construído com a comédia, a aventura e o romance. E o nosso grande desafio é estabelecer este caminho emocional com um público recheado de muitas gerações! Família é tudo! Com tudo que uma família tem! Essa é uma novela para o Brasil se reconhecer, com alegria e emoção!”

“Família é Tudo” é uma novela criada por Ortiz e escrita em parceria com Flavia Bessone, Nilton Braga, Daisy Chaves e Claudio Lisboa. Com direção artística de Fred Mayrink e direção de Felipe Louzada, Mariana Richard, Augusto Lana e Naína de Paula, produção de Mariana Pinheiro e Claudio Dager e direção de gênero de José Luiz Villamarim. 

Sophia Rosa vai brilhar na nova novela da TV Globo

A trama

Entrelaçada por laços de sangue, parentesco, amizade ou convivência – muitas vezes imperfeitas -, mas uma coisa é certa: Família é tudo. É assim, em plena capital paulista, que a comédia romântica ‘Família é Tudo’, nova novela das sete, vai orbitar pelas alegrias, aventuras e conflitos que marcam as relações familiares. 

A avó, Frida Mancini (Arlete Salles), sonha reunir seus cinco netos – Vênus (Nathalia Dill), Júpiter (Thiago Martins), Andrômeda (Ramille), Electra (Juliana Paiva) e Plutão (Isacque Lopes) –, que estão há anos sem se ver. Mais que isso, ela deseja – e fará qualquer coisa – para ter sua família unida novamente. 

Renascer: Sophie Charlotte e Pedro Neschiling gravam novela na praia

Por ironia ou não do destino, é seu desaparecimento que promove a união do clã. Mas será que apenas o desejo de uma matriarca é capaz de superar as diferenças de personalidade, o tempo e a distância física que separaram a família? 

Para a obstinada Frida, dona da gravadora Mancini Music, sim. Confiante na reunião da família, a avó organiza um cruzeiro para celebrar seu aniversário e o de sua irmã gêmea, Catarina (Arlete Salles). Porém, em meio a rusgas e armações, os netos não comparecem e ela embarca apenas com a irmã e o sobrinho Hans (Raphael Logam). Mas um acidente em pleno alto mar resulta em um misterioso sumiço.  

Terra e Paixão: Dez cenas inesquecíveis da novela

Ao ser dada como morta, Frida surpreende a todos com seu testamento. Com diferentes motivações e liderados por Vênus, os irmãos Mancini vão encarar uma missão que transformará suas vidas: além de morar juntos, a despeito das diferenças entre si, terão que trabalhar para reconstruir o lugar que marcou o início da gravadora da família, criada por sua avó. 

A meta é clara: ao final de um ano, se o desempenho dos irmãos não for satisfatório eles não ganham nada e a herança a que teriam direito será entregue ao sobrinho ambicioso que, junto com a mãe, Catarina, nunca mediu esforços para atrapalhar a relação entre avó e netos.  

Terra e Paixão: Angelina parte para cima de Irene e faz ameaça

“É uma história sobre família e para famílias. São cinco meios-irmãos, filhos do mesmo pai que, enquanto estava vivo, conseguia mantê-los unidos, eles se viam aos finais de semana e eram muito próximos, se amavam. Quando esse pai morre, os irmãos deixam de se ver. As mães se detestam e não querem que eles convivam uns com os outros. Então a partir do falecimento do pai, cada um desses irmãos tem um caminho diferente, se distanciando. O sumiço da avó gera a oportunidade de um reencontro e levanta a questão da importância da família”, apresentou o autor Daniel Ortiz.

Tags: ,