Polêmica às 15:30

Em briga com filhos, Cid Moreira crava: ‘Minha opinião é que prevalece’

Cid Moreira com cara de bravo

Reprodução/Instagram

A guerra está armada entre Cid Moreira e os filhos, Roger e Rodrigo Moreira! Depois de saber que o cabeleireiro e o empresário moveram uma ação judicial, solicitando o bloqueio dos bens do apresentador e a prisão de sua esposa, Fátima Sampaio, alegando cárcere privado, o eterno âncora do “Jornal Nacional” resolveu se manifestar.

Em sua conta oficial do Instagram, na tarde desta quarta-feira, 21 de julho, o casal comentou sobre a treta, de forma sutil.

Veja+: Filho adotivo de Cid Moreira sofre por ser deserdado pelo pai

“A nossa vida parece um conto de fadas, mas vocês estão vendo que é igual à de todo mundo! Tem seus perrengues para resolver. São 21 anos de muitas histórias, onde o amor e a verdade prevalecem!”, escreveu ela, na legenda da postagem.

A jornalista iniciou o diálogo com Cid, em tom irônico, no vídeo de quase três minutos de duração.

“Ih amore mio, o negócio tá feio para mim, né?!”, disparou ela.

“Não sei por quê! Você foi minha escolhida”, tranquilizou ele, ao fazer carinho na amada.  

“As pessoas não entendem… Estamos juntos há quase 21 anos juntos”, frisou ela.

O tempo todo, Cid defendeu a esposa de forma carinhosa.

Quem cuida de mim é você! A minha opinião é que prevalece. Eu não aceitaria viver com uma mulher, se eu não tivesse essa autoridade.

Rindo, Fátima soltou:

“Opa! Isso vai dar DR (discutir a relação). Nós vamos ter que conversar com a psicóloga. Tudo bem que você está com a cabeça boa, e é você quem manda. Mas somos parceiros.”

“Eu sou o presidente (risos). Acima de tudo, estamos ligados pelo amor”, destacou ele.

Debochando das críticas, ela exibiu mesa farta com pratos culinários, rebatendo a informação de que o marido comesse alimento estragado.

“Comida fresquinha, né? Tudo feito na hora! Disseram que eu estou fazendo cárcere privado com você, que estou de dando alimento ruim… Nossa… Claro que estou triste. Quem em sã consciência não ficaria?”, desabafou.  

Veja+: Vem relembrar a celebração dos 93 anos de Cid Moreira

Ela fez menção indireta dos filhos do narrador da Bíblia Sagrada.

“A história dos meninos é tão longa… Cada um têm seus dramas, vocês têm suas histórias para resolver. Não é mesmo? Eu não sei mais o que dizer!”, pontuou.

Abraçada à esposa, Cid Moreira concluiu:

“Não diga nada. Eu estou no comando! Vou deixar bem claro que continuo gravando, com a consciência tranquila.”

Estamos acionando os advogados, completou Fátima Sampaio.

FILHO BIOLÓGICO ROMPE SILÊNCIO

Há três dias, o jornalista Cid Moreira, de 93 anos, se envolveu em uma polêmica familiar. Tudo começou quando Roger Moreira, adotado por ele na adolescência, concedeu uma entrevista ao programa “Balanço Geral SP”. Em conversa com a jornalista Fabíola Reipert, o cabeleireiro abriu o coração sobre ter sido deserdado pelo pai famoso.

No dia seguinte, a esposa do narrador da Bíblia Sagrada, Fátima Sampaio, gravou um vídeo defendendo o marido e fazendo algumas colocações. Não satisfeito, Roger voltou à atração da Record TV e participou ao vivo rebatendo algumas afirmações da mulher de Cid.

Porém, nesta quinta-feira, 15 de julho, um novo personagem surgiu na briga do clã. Trata-se de Rodrigo Moreira, filho biológico do eterno apresentador do “Jornal Nacional” que cortou relação com ele há anos. O empresário conversou com Fabíola Reipert.

“Essa confusão que aconteceu com Roger, aconteceu comigo a vida inteira”, iniciou.

Morando no interior paulista, ele destacou uma situação que o marcou na infância.

“Minha mãe me contou um fato, não me recordo, pois eu era pequeno, e estava aprendendo a andar. Eu agarrei numa toalha [de mesa], me desequilibrei e caiu tudo no chão: prato, copo… Ele se levantou e me agrediu. Bateu em mim quando eu tinha um ano e sete meses. Ela não suportou, abalou demais a cabeça dela e rompeu relações com ele”, afirmou. 

Outra situação ocorrida também quando criança, o traumatizou intensamente. 

“Aos seis anos encontrei com ele rapidamente, em um shopping center de São Paulo. Sem afeto, sem abraço. Nada disso. Só conheci a figura dele. O tempo passou, minha mãe tentou uma nova aproximação aos nove, quando eu fui para o Rio de Janeiro. Ficamos hospedados em um hotel e ele foi nos visitar. Ficou combinado de no dia seguinte, eu ir na casa dele. Ele foi trabalhar, depois a mulher dele saiu. Eu fiquei sozinho no apartamento por horas. Nisso, existia um cachorro chamado Hebe, e não era um cachorro amigo”, relatou. 

E completou:

“Eu tenho um trauma enorme com essa situação do cachorro. Tomo medicação, tinha nove anos, fiquei sozinho. Ele não quer seu meu pai, me machuca esse assunto. Não me sinto bem”, revelou.

Rodrigo confirmou que move uma ação judicial contra Cid Moreira, por abandono de paternidade.

“Dinheiro é consequência do processo. Como ele vai pagar amor? Isso não existe, não tem preço. Eu perdi o processo e deixei quieto. Não quis mais mexer nessa ferida… Me incomoda relembrar tudo isso. É uma parte da minha vida que eu gostaria de enterrar, mas não tem como. Sequelas ficarão para sempre”, desabafou.

Em se tratando do pai, Rodrigo frisou que tem um sonho, no entanto, considera impossível.

“Eu queria um abraço, que ele saísse comigo. Saber o que ele gosta de fazer, de seus gostos, uma convivência de pai para filho. Impossível. Eu já desisti. Tento me controlar, porque dói muito”, concluiu.