Filha de Lisa Marie Presley impede a avó de entrar em Graceland

Por - 16/03/23

Riley Keough, Priscilla Presley

A briga entre Riley Keough, filha da falecida Lisa Marie Presley, com sua avó Priscilla Presley se intensificou nos últimos dias depois que a mulher de 77 anos iniciou um processo contra a neta por causa do testamento de US$ 35 milhões, que deixa Riley como sua única herdeira e administradora de Graceland, a casa de Elvis Presley.

Leia+: Filha de Lisa Marie Presley, Riley Keough, está brigada com a avó, Priscilla Presley

Uma fonte da revista “Radar Online” revelou que Riley mandou trocar as fechaduras da propriedade, e agora somente ela e Angie Marchese, vice-presidente de arquivos e exposições da propriedade de Elvis em Graceland, em Memphis, têm as chaves da mansão e das portas e arquivos do andar de cima.

Priscilla, que foi casada com Elvis Presley de 1967 até se divorciar do cantor em 1973, era originalmente uma administradora, mas foi removida alguns anos antes de Lisa Marie e substituída por Riley Keough.

Juntamente com duas apólices de seguro de vida totalizando US$ 35 milhões, o testamento de Lisa Marie também contém os direitos da mansão Graceland de Elvis e uma participação de 15% na Elvis Presley Enterprises.

Priscilla agora está contestando uma emenda feito no testamento em 2016 e o ex-marido de Lisa Marie, Michael Lockwood, está do lado dela, o que pode complicar para Riley no tribunal.

Leia+: Lisa Marie Presley viveu dias de muito estresse antes de morrer

Sabe-se que Lisa Marie e Priscilla mal se falavam antes da morte da cantora.

MEDIADORA

Antes da morte de Lisa Marie Presley, seu vínculo com a mãe Priscilla Presley estava perdido. Segundo a revista US Weekly era a filha de Lisa, a atriz Riley Keough que servia de intermediária entre sua mãe e sua avó. E tudo indica que as brigas eram constantes e estavam relacionadas com a herança deixada pelo rei do rock Elvis Presley e principalmente com Graceland.

Uma fonte próxima à família revelou à publicação: “Riley sabia que havia briga com a mãe e a avó e sempre tentou ser uma ponte entre elas. Ela ainda está fazendo isso mesmo após a morte de sua mãe, mas ainda honrando os desejos de sua mãe”, justifica o informante.

Lisa Marie – filha única de Priscilla, 77, e seu ex-marido Elvis Presley – morreu aos 54 anos em janeiro.

Leia+: Autoridades esperam resultado de exames toxicológicos de Lisa Marie Presley

A fonte acrescenta: “Riley sabia que ela seria a curadora [encarregada judicialmente de administrar os bens] de sua mãe, então isso não foi um choque. Ela está se comunicando com o pai e as irmãs.”

Priscilla, no entanto, contestou o testamento, e afirmou que a emenda acrescentada ao documento em 2016 apresenta, segundo ela, uma ‘assinatura inválida’.

Mas após uma briga entre Lisa Marie, seu ex-empresário Barry Siegel e sua mãe, ela nomeou o filho, já falecido, Benjamin Keough e Riley, co-curadores, e agora a atriz é a única administradora do espólio de Lisa Marie.

Riley, por sua vez, não abordou publicamente a batalha imobiliária, mas recentemente voltou aos holofotes para promover sua nova série “Daisy Jones & The Six”, que estreou no início deste mês no Prime Video.

“Voltar ao normal tem sido uma luta para Riley, que tem uma filha com o marido Ben Smith-Petersen. Riley não é estranha à perda, mas a morte de sua mãe a atingiu muito forte”, disse a fonte da revista.

Riley e a mãe Lisa Marie Presley, dias antes dela morrer. Instagram @rileykeough

SEM PAPO

A mãe de Lisa Marie Presley, Priscilla Presley, e a neta Riley Keough, filha mais velha da falecida cantora, deixaram de se falar em consequência das alterações apresentadas em seu testamento, segundo confirmou o site TMZ. O documento foi aberto poucas semanas após a morte de Lisa Marie e uma emenda realizada em 2016 tirava de Priscilla o direito de administrar Graceland entre outras propriedades e deixando-a de fora de qualquer benefício, o que deixou Priscilla furiosa e por isso ela resolveu intervir.

Diante do processo aberto por Priscilla assegurando que não reconhece a assinatura da filha no documento, as duas se desentenderam.

Nesta última modificação, o texto dita que Riley e Benjamin seriam os únicos herdeiros de sua herança, porém este último tirou a própria vida em julho de 2020 e agora Riley passou a ser a única administradora dos bens.

“Riley está de luto pela perda de sua mãe e está com o coração partido por ter que lidar com uma disputa de confiança com um membro da família”, disse uma fonte ao programa “Entertainment Tonight”.

Sua avó, por outro lado, “insiste que ela tem um caso válido e que vai prevalecer na Justiça“.

“Priscilla não aceita a emenda no testamento e acionou seus advogados. Ela continua defendendo sua parte no tribunal”, justifica o informante, que acrescentou que devido a esse conflito de interesses, neta e avó só se falam através de suas respectivas equipes legais.

TESTAMENTO

A mãe da falecida cantora, Priscilla Presley, não ficou satisfeita com seu testamento. Isso porque ela descobriu que Lisa havia acrescentado no documento uma emenda com data de 2016, mesmo ano em que esteve internada em reabilitação, nomeando seus filhos mais velhos Riley e Benjamin Keough como os co-curadores, deixando Priscilla de fora da emenda.

A ex-esposa de Elvis Presley entrou com um processo na corte de Los Angeles dia 26 de janeiro onde contestou a “autenticidade e validade” do testamento de Lisa Marie Presley, expressando ‘preocupação’ com uma “suposta emenda de 2016”, e ainda questionou se a assinatura da filha no documento é genuína.

Leia+: Lisa Marie Presley se tornou avó semanas antes de morrer

Com a morte de Benjamin em 2020, Riley aparece então como a única administradora dos bens [que Lisa Marie herdou com a morte do pai Elvis Presley, já que os pais eram divorciados na época da morte do rei do rock], tirando do documento Priscilla e seu empresário Barry Siegels, que eram co-curadores desde 1993.

A última vez que Priscilla soube da atualização do documento foi quando Lisa Marie “executou um fundo revogável em vida, que ela alterou e reformulou completamente em 27 de janeiro de 2010”.

Segundo o jornal “The New York Post” a mulher de 77 anos também observou que “tanto o original de 1993, quanto a reformulação de 2010, parecem ter sido cuidadosamente elaborados por advogados de planejamento imobiliário competentes”.

Priscilla escreveu em documentos obtidos pelo programa “Entertainment Tonight” que “há muitas questões em torno da autenticidade e validade da suposta emenda de 2016”, como o erro ortográfico do seu nome e que a emenda “nunca foi entregue” a ela durante a vida de Lisa Marie Presley, “conforme exigido pelos termos expressos do fideicomisso”.

“A assinatura de Lisa Marie também parece inconsistente com sua assinatura usual e habitual”, disse a mulher no documento.

Priscila quer que a emenda seja declarada inválida por um juiz. Na época da morte de Lisa Marie, ela e Barry estavam envolvidos em uma batalha judicial sobre a administração de sua fortuna.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.