Jojo Todynho compara caso de Ana Hickmann: ‘Letramento Racial’

Por - 14/11/23 às 13:55

Jojo Todynho compara casos de Ana Hickmann e Patrícia Ramos (Reprodução/Instagram/Record/Globo/Fotomontagem)

Polêmica? Ela não foge! Jojo Todynho deu uma declaração que deixou as opiniões divididas sobre os dois casos de agressão que foram veiculadas nas últimas semanas: Patrícia Ramos, vítima do ex-marido, e Ana Hickmann, vítima do, até então, marido Alexandre Corrêa. A cantora comentou a diferença de repercussão dos casos e de como isso está relacionado diretamente com o fator racial.

Ao perceber as críticas e ler algumas, ela se pronunciou. Primeiro ela disse que se ofende ao ser chamada de “chata” e que quando pegar a carteirinha da OAB, ela estará pior ainda. Ela ainda reafirmou os privilégios de uma mulher branca em todos os casos midiáticos:

“Deixa eu mandar um recado aqui pra quem não me acompanha e vem aqui falar… Me sinto ofendida quando me chamam de chata, não sou chata, eu sou insuportável. Quando tiver formada, com a minha carteirinha da OAB, estarei pior ainda… Vocês podem não aceitar, mas a realidade é que as mulheres brancas têm seus privilégios e as pretas não. Isso não é vitimismo porque não tenho tempo pra ser vítima.”

Depois, Jojo ainda disse que não o assunto não tem a ver com questões de uma ser mais famosa ou não, até porque Patrícia Ramos esteve no “Encontro” falando sobre. Ela ainda reforçou que fala de um lugar de vivência de uma pessoa preta, reiterando que pode falar o que pensa, baseada na livre expressão:

“Mas vou mandar o papo reto, vocês querendo ou não. ‘Ah, mas a Ana é muito mais conhecida e a Patrícia não. Não tem nada a ver isso… Patrícia é muito bem conhecida e foi no ‘Encontro’ falar sobre isso… Só pode falar das vivências pretas se você já sentiu na pele, se você não é preta e não está entendendo o que estou falando, vai fazer um letramento racial, amor. Sou livre pra me expressar e falar o que eu quiser. ‘Ah Jojo, você é prepotente…’. E você é um alecrim dourado… santa.”

O Caso

Tudo começou com uma comparação. Jojo acabou comparando os casos, baseada nas repercussões de cada um. Ela disse que, de um lado, reverberou muito maior a questão de Ana Hickmann com a agressão de Alexandre Corrêa, do que a carta aberta de Patrícia Ramos contra o seu ex-marido, Diogo Vitório.

“Engraçado, que a questão da Ana reverberou de uma forma surreal e da Patrícia não. Para nós mulheres negras, as coisas são muito mais difíceis”.

No caso de Ramos, ela publicou uma carta aberta, com seus advogados afirmando que foi registrado um B.O contra Diogo Vitório com diversos crimes, entre eles stalking e agressão doméstica:

“(…) Foi registrada uma notícia crime em desfavor de seu ex-cônjuge, pelos crimes de estelionato sentimental, violência doméstica nas formas física, moral, psicológica e patrimonial, estelionato com falsidade ideológica, furto mediante fraude e perseguição (stalking)”.

Comunicado
Reprodução

A comunicadora foi ao programa “Encontro”, onde mostrou provas e também contou que as situações abusivas começaram no namoro, mas que ela acreditava que ele iria mudar com o tempo.

“Desde o namoro, eu já vivia um relacionamento extremamente abusivo. Eu já sabia que estava nessa situação, mas eu acreditava muito nessa mudança. Fui deixando o tempo passar e casei acreditando nessas promessas de mudanças”.

Já o de Ana, aconteceu no último final de semana, quando foi registrado um Boletim de Ocorrência e veiculada a informação de que ela sofreu uma agressão por parte de seu cônjuge. O caso segue em investigação e Ana já recebeu muito carinho de amigos e apresentadores da Record TV, além de dizer no “Hoje Em Dia” que não falará sobre o assunto por enquanto, apenas quando ela se sentir pronta.

Em nota e comunicado à imprensa, o caso foi confirmado. Ana foi até a Santa Casa de Itu para os primeiro socorros e prestou queixa na delegacia local. A investigação continua.

“Após um desentendimento entre Alexandre Correa e Ana Hickmann no último sábado, 11 de novembro, a Polícia Militar foi acionada e a apresentadora foi conduzida até o Distrito Policial para esclarecimento dos fatos.”

---

Em formação no Jornalismo pela UMESP. Escreve sobre cultura pop, filmes, games, música, eventos e reality shows. Me encontre por aí nas redes: @eumuriloorocha


×