BBB: Ganhar vale a pena? Sisters faturavam mais em ensaios nus ao deixarem o game

Por - 05/01/24

Ex-BBB Juliana Alves, Sabrina Sato e Grazi Massafera

Houve um tempo em que participar do “Big Brother Brasil” significava mais do que ganhar o prêmio em dinheiro. Numa época em que não havia força de redes sociais, o objetivo da maioria das mulheres, para alçar a fama e conquistar a independência financeira, era posar sua. O reality era uma porta de entrada certa para tal!

Qual foi a Playboy menos vendida com uma ex-BBB na capa?

Mesmo sem embolsar o valor oferecido ao vencedor, sisters conseguiram fazer uma grana extra se mostrando como vieram ao mundo em páginas de revistas masculinas, o que era muito comum ao longo de diversas temporadas.

Negociados caso a caso, com cada ex-sister, os valores não chegavam aos de super estrelas (Adriane Galisteu recebeu o cachê recorde de R$ 2 milhões em 2011, por exemplo), mas eram uma boa grana.

Ex-BBB Josiane Oliveira e Anamara na capa da revista Playboy
Divugação

O fim da era das peladas chegou em 2017, quando a revista Playboy deixou de ser publicada A Sexy, que também estampava as sisters, não tinha a mesma força e seguiu mais um tempo em cena. Mas OFuxico te mostra como era essa fase, em que ninguém jamais imaginou que capitalizar financeiramente com a fama pós-reality significaria conquistar seguidores nas redes sociais e apostar em posts patrocinados.

Com o cachê da revista, Renatinha, do “BBB 12”, conseguiu comprar o próprio apartamento em Belo Horizonte (MG). Já a ex-policcial militar baiana Anamara comprou uma casa para a mãe. A ex-miss Brasil, Josiane Oliveira, capa de setembro de 2003, resolveu reduzir as próteses dos seios antes do ensaio.

O último ensaio da Playboy com ex-BBB foi com Vanessa Mesquita (BBB 14), em julho de 2014, enquanto o último da Sexy foi no mesmo ano com Clara Aguilar, par romântico de Vanessa naquela edição.

Ex-BBB Anamara e Carol Honório na capa da revista Playboy
Divulgação

Leka, BBB1

Na primeira edição, e m 2002, Leka Begliomini expôs para o Brasil uma fragilidade sua: O transtorno de imagem. No confinamento, a atriz sofreu com suas sucessivas crises, chegando a ter bulimia.

Ao deixar a casa, ela decidiu fazer um ensaio nu não só pelo dinheiro, mas também pela ideia de que faria bem a ela ser desejada por estar na capa de uma publicação.  Até que, depois do ensaio pronto, percebeu que estava se sabotando.

“Não é um arrependimento, mas um objetivo frustrado na vida. Era uma boa grana, isso seduzia e eu precisava, mas não foi só o dinheiro que me levou a fazer a Playboy. Acreditava realmente que, quando eu tivesse na capa de uma revista como a Playboy, eu me veria livre dessa coisa que eu tinha com a imagem. Eu pensava que eu ia me sentir magra, gata, todos aqueles valores que, naquele momento, eram muito importantes pra mim”.

Leka na capa da revista Playboy
Divulgação

Manuela Saadeh, BBB 2

Segunda colocada no “BBB2”, Manu posou nua, em setembro de 2002.  Em seu ensaio nu, causou ao posar com aplique nos cabelos em ensaio inspirado em Britney Spears.

Contudo, Manu afirmou ter ficado tímida na hora de fazer as fotos e admitiu que tomou champanhe antes de tirar a roupa para as lentes de J. R. Duran. “A bebida me deixou mais desinibida e alegrinha”, contou, na época.

Sabrina Sato, BBB 3

Ela se tornou a campeã de vendas entre ex-BBBs em maio de 2003 e posou novamente em setembro de 2004. No “Saia Justa”, ela revelou que fez as fotos por “prazer, dinheiro e vaidade”. E reforçou que enxerga seu corpo nu com naturalidade e sem tabus.

“Acho que por poder mesmo, a Playboy era muito poderosa na época. Foi muito difícil aceitar, eu demorei para aceitar, quase que não fiz porque meu pai foi contra, minha mãe foi contra, meu irmão falou que ia largar a faculdade, minha irmã, todo mundo foi contra”, disse Sabrina Sato.

Ia ganhar com a Playboy um dinheiro que ia mudar a minha vida e que meus pais, trabalhando a vida inteira, nunca tinham ganho. Então, querendo ou não, era o início de um poder para mim. Era o início da minha carreira, do que eu precisava”.

Sabrina destacou um detalhe importante: o público sabia que elas ganhariam mais posando nua do que vencendo o game.

“Posei nua para a Playboy quando sai do BBB. Na verdade, na minha época, mulheres não ganhavam o BBB. Era eu, a Grazi, várias mulheres na sequência. As pessoas já não votavam para a gente ganhar, pois, sabiam que íamos fazer a Playboy depois, aí diziam: ‘Ah, ela vai ganhar o dobro do prêmio depois’. E, realmente, a gente ganhava o dobro do prêmio com a Playboy. Só que, para mim, sempre foi tão natural ficar nua”, justificou a japa.

Sabrina Sato na capa da revista Playboy
Divulgação

Juliana Alves, BBB3

A atriz demorou seis anos pra dizer “sim” à revista, posando pra capa e recheio da edição de outubro de 2009. Com o cachê, Juliana Alves investiu em seu imóvel próprio.

“Com o dinheiro da revista, estou comprando o apartamento à vista. Valeu muito a pena posar para a Playboy. Se eu soubesse que seria tão tranquilo teria feito antes. Mas o ensaio veio agora no tempo certo”, disse ela, na época do lançamento da publicação.

“Antes nem queria ouvir. Agora parei para pensar e definitivamente foi por causa do cachê. Vaidade zero. Também me sinto mais segura”, completou ela.

Juliana Alves na capa da revista Playboy
Divulgação

Grazi Massafera, BB5

A Playboy de Grazi Massafera, a queridinha da quinta edição do programa, em 2005, se tornou a segunda Playboy mais vendida de uma ex-BBB. Ela recebeu o cachê de R$ 700 mil para mostrar tudo.

O ensaio foi realizado pela fotógrafa Nana Moraes, em duas fazendas no interior de São Paulo e em uma casa no bairro Granja Viana.

“Passei muito frio para fazer as fotos, mas adorei o resultado, valeu a pena”, contou Grazi na época.

Grazi Masafera na capa da revista Playboy
Divulgação

Mariana Felício, BBB 6

Depois de um mar de exigências e muitas tentativas de aumento do cachê – segundo a revista, nada foi atendido – Mariana Felício, vice-campeã da edição, mostrou suas curvas na revista em julho de 2006.

A morena, à época com 21 anos, posou para as lentes do fotógrafo J.R Duran num ensaio realizado em Trancoso, na Bahia. Depois, posou para a revista VIP.

Ex-BBB Mariana Felício na capa da revista VIP
Divulgação

Íris Stefanelli, BBB 7

Ela posou para a revista em setembro de 2007 e teria conseguido aumentar o cachê inicial para de R$ 700 mil, quatro meses depois de afirmar que não posaria nua.

Tempos depois, disse sentir vergonha das fotos, inspiradas no filme “Maria Antonieta”, de Sofia Coppola. Ela explicou que “teve que abandonar seu lado ‘menininha’ para encarnar a rainha.

Iris Stefanelli na capa da revista Playboy
Divulgação

Jaqueline Khury, BBB 8

Ao participar do extinto “Programa do Porchat”, num bate-papo com Maria Claudia, a Cacau, vice-campeã do “BBB 16”, e Aritana Maroni, à época recém-eliminada de “A Fazenda: Nova Chance”, Jaque afirmou não sentir saudades do “Big Brother Brasil”, no qual ficou apenas uma semana.

Relembre as fotos de Jaqueline Khoury na revista Sexy

“Eu me inscrevi para ficar famosa, posar nua. Fiz a capa da ‘Playboy’, da ‘Vip’, da ‘Sexy’…. Não posso reclamar do cachê, deu para começar a vida”, contou, dizendo ter odiado a experiência de ficar confinada. “Achei um saco, no segundo dia já não estava aguentando. Tomava esporro do diretor, um dia falei do ‘Chaves’ e na Globo não podia”.

Jaque Khoury na capa da revista Playboy
Divulgação

Natália Casassola, BBB 8

Foi capa da edição de julho de 2008 e recebeu cerca de R$ 200 mil mais R$ 2 por exemplar vendido para satisfazer a curiosidade alheia

Com cachê menor – mas não com menos entusiasmo dos marmanjos de plantão – ela causou ao ponto de repetir a façanha, tempos depois, com Fani Pacheco, outra sister de 2007, que também já havia posado sozinha.

Fani e Natália na capa da revista Playboy
Divulgação

Juliana Góes, BBB 8

A jornalista santista chegou a dizer que não posaria para a publicação por temer que isso comprometesse sua carreira, mas fez um ensaio inspirado em São Paulo, posando para fotos em locais como a Avenida Paulista, a Estação da Luz e o Viaduto Santa Efigênia.

“A revista achou que eu não fosse segurar a onda. Ouvi coisas engraçadas, como um rapaz que gritou de um ônibus ao me ver nua: “Ô meu amor, me espera do jeito que você está que eu estou chegando”, mas encarei numa boa”, afirmou.

Ex-BBB Juliana Góes na capa da revista Playboy
Divulgação

Josy Oliveira, BBB 9

A cantora estampou a primeira capa da publicação em preto e branco, no Brasil, em maio de 2009. Antes dela, a pernambucana Michelle, eliminada no início da mesma edição, havia sido capa de março.

Ex-BBB Josy na capa da revista Playboy
Divulgação

Maria Melilo, BBB11

Campeã da edição de 2011, a modelo e atriz estampou uma edição especial intitulada “O Mundo de Playboy”, em outubro daquele ano, com cliques feitos por JR Duran em Buenos Aires.

Maria Melilo na capa da revista Playboy
Divulgação

Tags: ,

É jornalista formada pela Universidade Gama Filho e pós-graduada em Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa pela Estácio de Sá. Ela é nosso braço firme no Rio de Janeiro e integra a equipe de OFuxico desde 2003. @flaviacirino