Anitta escreveu testamento após suspeita de câncer no pulmão

Por - 20/08/23

AnittaFoto: Reprodução/Instagram @qgdaanitta

No auge de sua carreira internacional, Anitta chocou os fãs ao revelar que já teve suspeita de câncer no passado. A cantora ainda disse que chegou a escrever seu testamento, com medo da doença.

“Há exatamente um ano, resolvi várias questões, principalmente de saúde, com a constelação familiar. Eu estava muito doente, com suspeita de câncer, tumor no pulmão, bexiga comprometida. Fiz tratamentos, diálise. Ninguém conseguia descobrir o que era”, disse em entrevista ao jornal O Globo. 

A artista disse que teve muito medo e chegou a tomar uma medida drástica com o testamento de seus bens. “Achei que ia morrer, já estava escrevendo o testamento e decidindo o que fazer com as músicas. Fiquei cinco meses sem trabalhar, toda vez que tentava voltar, passava mal, precisava de oxigênio”, contou.

Ela optou por não falar publicamente sobre o assunto na época, deixando somente as pessoas mais próximas cientes. “Minha família se reunia todos os dias às 18h para rezar por mim, nesse nível. Eu me curei quando comecei a me tratar mental e energeticamente. Isso tudo aconteceu no ano em que fiz 30. Foi o meu retorno de Saturno”, acredita a cantora.

Há um mês, o assunto acabou surgindo durante uma entrevista à rádio KTU, dos Estados Unidos. Ela contou que insistiu com o médico para tirar férias em vez de fazer exames. “Se for o último mês da minha vida eu não quero ficar presa num hospital. Tirei férias e fui para o Japão e encontrei um curandeiro. Isso é uma coisa espiritual, pois quando voltei fui fazer os exames, não tinha câncer. É uma história louca de coisas que acontecem na minha vida”, falou. 

NAMORO INTERNACIONAL

Na mesma entrevista, a cantora rebateu os comentários que recebe sobre ter “vencido na vida” por namorar o ator italiano Simone Susinna. “Eu me fiz sozinha, conquistei tudo o que tenho sem a ajuda de nenhum homem. E não quero que as pessoas me vejam como uma referência porque consegui um namorado ou um marido legal”, explicou. 

Ela criticou a forma como as plataformas funcionam e reforçou que as mulheres devem ser autossuficientes. “Até porque amanhã posso desistir dele e querer ficar sozinha. Mas é fato: o próprio algoritmo engaja mais quando você está em um relacionamento”, lamentou a artista.

“Não podemos cair nessa armadilha de nos valorizarmos por termos encontrado um par. É uma questão social. Por que quando um homem está solteiro entendemos que é uma opção e quando uma mulher está solteira entendemos que ela foi largada? Penso o contrário. Uma mulher solteira tem que ser mais valorizada, pois soube dizer não ao que não era o suficiente para ela”, continuou.

Anitta também disse que a distância acaba sendo boa para o casal, que se divide entre o Brasil e a Europa. “Adoro a distância. Acho ótimo, maravilhoso. Ninguém briga… Manter a distância é bom até com os amigos e familiares. Se eu morasse com a minha mãe, a gente ia estar se odiando. Só com meu pai falo todos os dias”, disse ela, que está passando um período no Brasil para divulgar o novo álbum “Funk Generation: A Favela Love Story”.

---