Isabel Fillardis volta a atuar e comemora a diversidade: ‘Era coisa rara’

Por - 22/06/23 às 09:01

Isabel Fillardis sorridente no Festival de VassourasFoto: Renato Cipriano/Divulgação

O sexto dia do “Festival de Cinema de Vassouras”, realizado na região do Vale do Café, no Centro-Sul do estado do Rio de Janeiro, aconteceu na quarta-feira, 21 de junho, recebeu a atriz e cantora Isabel Fillardis.

De volta à Globo, após 12 anos – agora na novela da faixa das 18 horas, da Globo, “Amor Perfeito”, interpretando Aparecida – ela cuidou e comemora, com muita emoção a vitória contra um câncer na língua, que a fez perder a voz. Fillardis participou de uma coletiva de imprensa no Festival, onde ressaltou sua experiência ao retornar à dramaturgia, em meio à era do streaming, e falou dos desafios enfrentados pelos artistas para sobreviver neste novo cenário.

Isabel Fillardis e Alan Rocha formam um casal na novela ‘Amor Perfeito’ – Foto: TV Globo/ Fabio Rocha

No Festival, Isabel é uma das juradas técnicas dos curtas-metragens que estão concorrendo nesta segunda edição do Festival e, durante o bate papo com os jornalistas, ela reforçou que passou por grandes desafios na vida pessoal e profissional e falou da felicidade de voltar para a televisão. E a carreira solo na música vai muito bem também!

TRAJETÓRIA E CULTURA

São 30 anos de sucesso, atuando na TV e nos palcos e chegando aos 50 de vida, no próximo dia 03 de agosto. Agora, Isabel Fillardis falou sobre a transformação significativa da indústria do entretenimento com a popularização dos serviços de streaming, plataformas que revolucionaram a forma como o público consome conteúdo, com variedade de programas, filmes e peças teatrais disponíveis a qualquer momento, em qualquer lugar.

“Um país sem cultura é um país sem identidade, a gente tem uma vastidão para percorrer e colocar para fora. Nós fazemos parte de uma grande fatia da economia que pertence a este país. Estamos em um momento muito precioso, muito bom, onde não podemos perder a mão!”, falou a atriz.

Isabel Fillardis na coletiva de imprensa do Festival de Cinema de Vassouras
Foto: Renato Cipriano/Divulgação

Isabel Fillardis seguiu seu trabalho fora da TV Globo, se dedicando a trabalhos na Record e aprimorando seu talento como cantora, lançando dois singles no Spotify.

“Eu aproveitei esse tempo para olhar para outros lados, eu sou realmente uma artista, e dentro da arte não há limites, você pode se experimentar em qualquer área, desde que você faça com amor e que aquilo tenha uma reverberação, se o público está ali dizendo pra você que é muito legal, é para você continuar! Críticas você vai sempre ter na vida, normal, críticas que possam construir. Eu sou muito a favor, o olhar do outro pode ver algo que eu não tenha visto, isso é para meu aprimoramento. Eu vejo dessa forma!”, declarou.

No entanto, para os artistas, essa mudança trouxe desafios únicos. Isabel Fillardis compartilhou sua perspectiva sobre como é voltar à dramaturgia nessa nova era: “As produções teatrais precisam competir com uma infinidade de opções online. É muito importante se adaptar e abraçar as novas tecnologias para alcançar e envolver o público.”

Isabel Fillardis, com vestido rendado, no Festival de Cinema de Vassouras
Foto: Renato Cipriano/Divulgação

DIVERSIDADE

O trabalho anterior como atriz na Rede Globo foi a personagem Monica na novela “Fina estampa”, em 2011 e agora, em “Amor Perfeito”, ela voltou com a mesma paixão pelo ofício, gravando, diariamente, horas nos Estúdios Globo. O que ela mais tem observado é a diversidade.

“A minha maior observação de meu retorno para a Rede Globo, é a diversidade! Isso é uma coisa que me emocionou muito, pois durante um almoço eu sozinha e parei para observar a praça de alimentação e vejo o vai e vem de pessoas, várias mulheres, meninas, homens, pretos, passando de um lado para o outro, com deficiência, e daí eu penso… Nossa que emocionante, meus olhos ficaram marejados, parei de comer e fiquei por horas vendo aquilo e pensei: ‘Estou viva vendo isso, coisa que eu não via!”. Comecei a trabalhar em 1992 na emissora e se você via um, dois ou três, eram muito poucos e praticamente uma coisa rara.”

“Esta evolução, não apenas uma revolução, e sim, a evolução, eu estou vendo a olhos nus, pessoas de cargos completamente diferentes, cargos de lideranças, e as coisas estão acontecendo, e isso é o meu maior prazer. Claro que poder voltar a fazer novelas que é uma coisa que eu amo, que comecei a fazer uma personagem incrível, em um elenco maravilhoso, tendo uma família preta bacana, e tantas outras coisas, eu só posso dizer que esta novela é um presente para marcar os meus 30 anos de carreira, e afirmo que isso é o maior presente em poder ver tudo isso acontecer!” finalizou a atriz.


Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!


×