Johnny Depp responde às acusações de atriz sobre abuso

Por - 20/03/24 às 14:00

Johnny Depp durante entrevista em CannesJohnny Depp durante entrevista em Cannes / Reprodução TV / YouTube

A atriz Lola Glaudini, que atuou com Johnny Depp no filme de 2001, Profissão de Risco, acusou o ator de tê-la maltratado no set do drama. Elas falou sobre o ‘abuso verbal’ que sofreu por parte do ator, em um episódio do podcast Powerful Truth Angels.

Jenna Ortega esclarece relação com Johnny Depp

Glaudini disse que durante as filmagens de uma cena, o diretor Ted Demme disse a ela para “cair na gargalhada” enquanto Depp fazia um monólogo.

“Eu ouço a deixa e vou hahaha, dou uma grande risada ou algo assim”, disse Glaudini. “Johnny Depp, quando eles dizem corta, vem até mim, ele vem até mim, enfia o dedo na minha cara e diz: ‘Quem diabos você pensa que é? Quem diabos você pensa que é?'”, conta.

“Ele continuou: ‘Cale a boca… Estou aqui e estou tentando dizer minhas falas e você está puxando o foco. Sua idiota. Oh, agora, ah, agora não é tão engraçado? Agora você pode calar a boca? Agora você pode calar a boca? O silêncio que você está agora é assim que você deve ficar”, afirma a atriz.

Receba as Notícias de OFuxico em seu celular

Lola lembrou que Depp a abordou mais tarde e lhe deu “um pedido de desculpas sem desculpas”: “Ele disse: ‘Sabe, então antes eu estava realmente na minha cabeça e permanecendo no meu personagem, estou fazendo esse sotaque de Boston, e isso está realmente fod*ndo comigo. Então estou um pouco tenso e tal. Então, eu só queria ter certeza de que estamos bem e tudo mais'”, revelou Glaudini.

Agora um representante do ator respondeu por Depp através de um comunicado:

“Johnny sempre prioriza boas relações de trabalho com o elenco e a equipe técnica e esse relato difere muito das lembranças de outros membros no set da época”, respondeu ao site “Deadline”.

Glaudini disse que isso aconteceu em seu primeiro dia no set:

Johnny Depp pediu empréstimo em banco

“Esse foi meu primeiro filme de estúdio, só tinha feito cine independente até então. E eu tenho a estrela que idolatrava [Depp], com quem estou tão animada para trabalhar, que me ‘bateu’ na cara… A única coisa que passou pela minha cabeça foi: ‘Não chore, não chore, não chore’”.

Glaudini também observou que o diretor Ted Demme, que morreu em 2002, não se desculpou com ela após o incidente.

“Quando terminamos, ninguém queria falar comigo, porque eu sou a vadia que ele criticou”, relembra.

Tags:

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.


×