Mulher de Zé Vaqueiro sobre alta do filho: ‘A gente já preparou’

Por - 26/04/24 às 18:06

ingra soares poando com zé vaqueiroFoto: Reprodução/Instagram @zevaqueiro e #lngra_

Arthur, o caçula de Zé Vaqueiro e Ingra Soares, veio ao mundo no dia 24 de julho do ano anterior. Como destacado anteriormente pelo OFuxico, o artista sertanejo revelou que seu filho foi diagnosticado com uma malformação congênita, resultado da síndrome da trissomia do cromossomo 13.

Jatinho com Xand Avião e Zé Vaqueiro sofre pane nos dois motores

Desde então, o menino permanece internado na UTI. De tempos em tempos, os pais de Arthur compartilham atualizações sobre seu estado de saúde. Nesta sexta-feira, 26 de abril, eles informaram novamente sobre a condição do pequeno.

Isso porque a mulher de Zé Vaqueiro comentou sobre a expectativa do filho receber alta: “Com fé em Deus, Arthur vai pra casa. A gente já preparou tudo pra ele e, com a ida dele pra casa, a gente só vai contemplar ainda mais tudo que a gente têm pedido a Deus”.

“Vamos realizar muitos sonhos que temos. Quem sabe, quando o Arthur vier pra casa, a gente não vai falar, mas essa hora vai acontecer e a gente colocou nas mãos de Deus. Vai dar tudo certo, só felicidade”, concluiu por fim, Ingra Soares, mulher de Zé Vaqueiro, comentou sobre o filho receber alta.

Receba as notícias de OFuxico no seu celular!

Entenda a Sindrome de Patau, que Arthur é diagnosticado

Trata-se de uma condição muito grave, que leva a diversas complicações. É uma doença genética caracterizada pela ocorrência de um conjunto característico de malformações congênitas.

A presença de um cromossomo a mais causa problemas de má formação no rosto, nos membros e nos sistemas nervoso, cardíaco e urinário.

Bebês com síndrome de Patau nascem com baixo peso e uma série de alterações fisiológicas e malformações. Em alguns casos, pode haver microcefalia. Entre os problemas causados pela doença estão:

Zé Vaqueiro mostra nova foto do filho na UTI

  • Malformação no coração;
  • Malformação no sistema nervoso;
  • Alterações na face e lábios leporinos;
  • Malformação nos rins;
  • Problemas respiratórios;
  • Micro ou anolftalmia (olhos pequenos ou ausência de olhos);
  • Defeitos abdominais;
  • Malformação nas orelhas e surdez.

Tags:

Raphael Araujo Barboza é formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. OFuxico foi o primeiro lugar em que começou a trabalhar. Diariamente faz um pouco de tudo, mas tem como assuntos favoritos Super-Heróis e demais assuntos da Cultura Pop (séries, filmes, músicas) e tudo que envolva a Comunidade LGBTQIA+.


×