Daniela Escobar se pronuncia após comentário sexual sobre enfermeiras

Por - 28/07/23 às 16:54

daniela escobar pedindo desculpasReprodução/Instagram

Daniela Escobar surgiu nas redes sociais nesta sexta-feira, 28 de julho, para falar sobre sua participação polêmica no podcast “Papagaio Falante”, apresentado pro Sérgio Mallandro e Renato Rabelo, em que falou sobre a classe das enfermeiras.

Durante o papo, ela afirmou que as profissionais da saúde “se arrumam para catar médico” e causou um caos na web.

No seu Instagram, ela se justificou: “Vim aqui falar para vocês de uma maneira… Estou muito triste, muito chocada com as coisas que tenho lido. Por esse circo midiático que se erguei em torno desse episódio do meu infeliz comentário no Podcast do Serginho”.

Segundo Daniela, ela não apareceu antes por estar em um hospital. “Não vim aqui antes, porque estava literalmente 2 dias e duas noites, nas últimas 48 horas dentro de um hospital cercada por enfermeiros acompanhando um grande amigo, é como se fosse família, cuja a mãe está em uma situação bem delicada, talvez nos últimos momentos e essa situação foi mais urgente e me tirou o foco completamente”

“Eu tinha visto alguns comentários dois dias atrás e comecei respondendo algumas pessoas e depois não toquei mais no celular porque isso se fez mais urgente”, complementou.

Dani ficou espantada com os ataques de ódio: “Eu estava com uma pessoa do lado que estava com o meu celular e estava vendo e bloqueando e desbloqueando apavorada com o teor de violência que estava lendo contra a minha pessoa e achava que eu não deveria ver. Uma hora ela bloqueava, uma hora ela apagava e eu não tinha visto”

“Cheguei em casa agora e por fim, fui ler muito do que foi escrito e revi o pedaço da matéria onde eu fiz o comentário e reparei que de fato, eu coloquei “s”, eu falei elas e generalizei”.

No final, pediu desculpas: “Então, peço desculpas a vocês que se sentiram ofendidas pelo meu comentário. Foi absolutamente infeliz, eu não deveria ter feito. Fui tentar fazer graça com uma situação, que eu passei um tempo atrás, que me causou bastante desconforto e estranhamento na época, me deixando uma forte impressão muito negativa e tentei fazer leveza, fazer graça, mas é uma situação que vocês têm toda razão. Não tem graça nenhuma”.

RELEMBRE O CASO

No diálogo, a atriz fez observações sobre a aparência das enfermeiras nos locais de trabalho, tanto em hospitais do Rio Grande do Sul quanto nos Estados Unidos.

“Sabe uma coisa que me chamou muita a atenção tanto no hospital do Rio Grande do Sul, onde eu fiz a cirurgia, quanto em Beverly Hills, Los Angeles? Unhas compridas vermelhas, batom vermelho, maquiadésimas, cílios postiços. Parecia que a mulher estava saindo da festa e indo trabalhar ou indo pra festa daqui a pouco”, disse Daniela Escobar.

Ampliando suas críticas, a ex-esposa do diretor Jayme Monjardim alegou que as enfermeiras se maquiam exageradamente com o objetivo de “catar médico”, ou seja, para encontrar um marido médico.

A atriz seguiu falando e garantiu que as cenas presenciadas por ela, se fizessem parte de uma novela, receberiam duras críticas e garantiu que a realidade, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos é a mesma.

“Se bota isso numa novela, não vão dizer que é ridículo? Que não existe e que o diretor de arte é um imbecil? É assim, a vida real. Tanto aqui no Brasil quanto lá. Eu ficava chocada. De onde é que essa mulher saiu? Como é que ela tá maquiada? Elas vão lá pra catar médico e casar”, declarou.

O assunto viralizou, ganhou destaque na mídia online e foi severamente repreendido por entidades de classes como o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) que emitiu um comunicado oficial repreendendo a atriz e afirmando que tais declarações sexualizam indevidamente a profissão de enfermagem.

Cofen: Nota contra sexualização das profissionais de Enfermagem

“O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) repudia veementemente falas como a da atriz Daniela Escobar, que insistem em sexualizar a categoria da Enfermagem. No podcast Papagaio Falante, na companhia do apresentador e humorista Sérgio Mallandro, a atriz comenta que enfermeiras usariam cílios postiços e unhas produzidas no cotidiano profissional para “catar médico”. Sérgio Mallandro ainda alude ao fetiche sexual pela fantasia de enfermeira disponível em “sex shops”.

A fala destas celebridades desrespeita a categoria e desconsidera sua missão de cuidar de pacientes, deturpando, ainda, a relação que possuem com seus colegas médicos. O Cofen defende que manifestações deste tipo corroboram o desrespeito que estas profissionais vivem diariamente, expostas a violência de gênero, preconceito de classe e machismo nos serviços de Saúde. Não há mais espaço na sociedade para a sexualização e estigmatização da Enfermagem e não admitimos que seja reforçado o preconceito infundado contra a maior força profissional da Saúde.

Lembramos que a legislação vigente no Brasil não recomenda adornos como anéis, pulseiras, relógios, colares, brincos e piercings, entre outros. Finalmente, gostaríamos de informar que tomaremos as medidas legais cabíveis contra as declarações públicas e pediremos direito de resposta no Podcast onde as mesmas foram veiculadas”.

Veja o vídeo com as declarações de Daniela Escobar:

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!


×