Pai de Vanessa Lopes faz revelação após diagnóstico da filha

Por - 20/02/24 às 17:33

Alisson Ramalho com a filha Vanessa LopesAlisson Ramalho com a filha Vanessa Lopes - Reprodução/Instagram

Alisson Ramalho, pai de Vanessa Lopes, usou as redes sociais para explicar o que mudou na rotina da família depois da desistência e do diagnóstico da filha. A influenciadora participou do BBB24, mas desistiu do programa.

O empresário disse que foi procurado por alguns pais que queriam saber como lidar com o assunto, além disso, deu algumas dicas de como eles lidaram com a situação toda envolvendo Vanessa Lopes.

Vanessa Lopes fala sobre seu diagnóstico, após desistir do BBB 24

“Eu, como pai, fui correndo entender. Falei com o programa: ‘Olha, como é que ela está? Como é que eu faço para buscar minha filha? Como é que eu vejo ela?’. Essa prontidão, esse dinamismo diante de um quadro. O importante é acelerar, atuar o quanto antes, buscar ajuda, buscar um profissional o quanto antes e medicar”, disse.

Saúde mental de Vanessa

Alisson ainda acrescentou que tem tratado a saúde mental da filha como “qualquer outra doença”. Além disso, explicou que a rotina da família mudou um pouco desde então.

Fala de Vanessa Lopes sobre diagnóstico e saída do BBB 24 gera comoção nas redes sociais

“A gente precisa tratar na mesma importância. Queria deixar essa dica aqui para todos vocês e dizer que desde o momento que a gente pegou a Vanessa no aeroporto, a gente mudou um pouco a nossa rotina. A gente está muito presente com ela, assim como está controlando remédio, controlando todas as orientações”.

Em um momento do vídeo, Alisson ainda citou Chico Anysio, que sempre cuidou da saúde mental até sua morte, e que é preciso conscientizar as pessoas sobre isso. Além disso, quanto mais for falado, mais será normalizado e mais as pessoas deixarão de ter vergonha do assunto.

“Chico Anysio, que se tratou durante muitos anos, antes de morrer deixou claro que quanto mais as pessoas falarem sobre saúde mental, elas não vão ter vergonha do tema. Não vão ter vergonha de se tratar. Não tem necessidade nenhuma da gente ter vergonha, é uma doença como outra qualquer. Você vai tratar, você vai se cuidar e você entra no teu estado de normalidade. Vivendo sua vida e fazendo tudo”.

Tags:

Formado desde 2010, já passou pelas editorias de esporte e entretenimento em outros veículos do país e atualmente está no OFuxico. Produz matérias, reportagens, coberturas de eventos, apresenta lives e ainda faz vídeos curtos para as redes sociais


×