Globo bate o martelo sobre o que fará com Cássia Kis após Travessia

Por - 12/01/23 às 21:28

Cassia Kis caracterizada como Cidália, em TravessiaCidália (Cassia Kis) terá falas explicativas sobre questões polêmicas - Foto: Reprodução/ TV Globo

O futuro de Cássia Kis na TV Globo já está decidido. De acordo com o colunista Valmir Moratelli, da revista Veja, a emissora de Roberto Marinho não irá renovar o contrato com a atriz e nem tão cedo a chamará para trabalhos pontuais.

Leia+: Victor Fasano segue os passos de Cássia Kis e participa de ato bolsonarista

Segundo Moratelli, a direção do canal achou por bem descansar a imagem da artista, que vem acumulando uma série de polêmicas desde o início de “Travessia”.

Em outubro do ano passado, Cássia soltou um comentário homofóbico durante entrevista à jornalista Leda Nagle. Pouco tempo depois, a atriz foi vista de diversos atos antidemocráticos e, mais recentemente, segundo o colunista, andou espalhando fake news sobre os atos terroristas ocorridos na praça dos Três Poderes, em Brasília, no último dia 8 de janeiro.

CÁSSIA KIS RECEBE APELIDO DE COLEGAS DE NOVELA APÓS POLÊMICAS

Cassia Kis
Cassia Kis – Globo/João Miguel Junior

Depois de brigar com grande parte da Globo por conta de suas opiniões políticas extremas, parece que Cássia Kis ganhou um apelido nem um pouco respeitoso dos seus colegas de trabalho. Segundo informações do jornalista Valmir Moratelli, da revista Veja, alguns dos atores da novela Travessia apelidaram a bolsonarista de “pastora louca”.

O nome a uma referência de um meme bem famoso, em que uma menina de 7 anos aparece pregando de maneira de forma bem exagerada.

JOSÉ DE ABREU OPINA

Coronel Tertúlio (José de Abreu)
José de Abreu com seu personagem em “Mar do Sertão”. Foto: Globo/Paulo Belote

José de Abreu foi entrevistado pelo canal My News e uma das pautas comentadas foi a respeito das três ações que o ator entrou na Justiça contra Cássia Kis pelas declarações homofóbicas feitas por ela, durante uma entrevista à Leda Nagle.

No decorrer do assunto, o intérprete do coronel Tertúlio, de “Mar do Sertão”, da TV Globo, disse que já havia bloqueado Cassia no WhatsApp antes mesmo do ocorrido.

“Senti que ela começou a provocar, mandar mensagens agressivas, uma coisa que passou do bolsonarismo. Eu bloqueei, e soube por amigos que estava impossível de conversar com ela. É muito grave o que ela fez. Ela tem uma petulância que me parece ser algo psíquico, como se a maneira que ela pensasse é a correta”, disse o ator.

Em seguida, ele listou alguns trabalhamos que fizeram juntos, a elogiou como profissional, mas disse nunca ter sido amigo mais próximo da atriz. Zé disse ainda que a veterana deixou de tomar seus remédios e tornou a convivência insuportável, fazendo a cortar totalmente de sua vida.

“Essa certeza dela revela uma certa deficiência psíquica, o ser humano é feito de dúvidas. Ela já teve guru indiano, já foi budista, espírita. Ela tem uma deficiência, e o terapeuta medicou, mas ela parou com os remédios. É complicada a situação da Cássia, ela nunca foi uma pessoa fácil. Nunca fomos amigos, mas eu estive na casa dela”, frisou o ator.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Pioneiro no Brasil em cobertura de entretenimento, famosos, televisão e estilo de vida, em 24 anos de história OFuxico segue princípios editoriais norteados por valores que definem a prática do bom jornalismo. Especializado em assuntos do entretenimento, celebridades, televisão, novelas e séries, música, cinema, teatro e artes cênicas em geral, cultura pop, moda, estilo de vida, entre outros.


×