Criador de ‘The Watcher’ troca a Netflix pela Disney Company

Por - 22/06/23

Ryan MurphyGrosby Group

O famoso produtor de Hollywood, Ryan Murphy, criador de várias séries de sucesso, incluindo “Nip/Tuck”, “Glee”, “American Horror Story”, está se despedindo da Netflix depois de terminar seu contrato com o serviço de streaming. Conhecido por sua carreira inovadora e diversificada na televisão, Murphy agora está indo para a The Walt Disney Company para produzir conteúdo para sua plataforma de streaming.

De acordo com o jornal “The Hollywood Reporter”, Ryan demonstrou uma capacidade excepcional de criar narrativas ousadas e provocativas que exploram temas sociais, culturais e de identidade, com um estilo caracterizado por uma mistura única de humor negro, estética visual marcante e elenco talentoso.

Em 2018, Ryan Murphy assinou contrato com a Netflix, acordo que moldou produções como “The Boys in the Band”, “The Dance”, “The Watcher” e a série de maior sucesso: “Dahmer – Monster: The Jeffrey Dahmer Story”, faturando US$ 300 milhões (R$ 1,4 bilhão) por seu trabalho, mas o contrato de cinco anos acabou e o showrunner não quis renovar.

Ainda segundo o Hollywood Reporter, o escritor e roteirista unirá forças com Dana Walden, codiretora da Disney Entertainment, mas os detalhes do acordo milionário não foram revelados.

BLACK MIRROR COM SALMA HAYEK

Salma Hayek participou da apresentação da nova temporada da série “Black Mirror“, que protagoniza, e que chegou à Netflix nesta quinta-feira 15 de junho. O seriado explora o alcance e as consequências da tecnologia, como a inteligência artificial, e em entrevista, a atriz mexicana confessou que ao mesmo tempo que é impressionante tudo isso, lhe gera um pouco de medo.

“É assustador. Prefiro os seres humanos”, comentou.

A série de Charlie Brooker, começou a ser produzida em 2011, e o objetivo é provocar nos espectadores, com seus episódios distópicos, reflexões em relação ao desenvolvimento da tecnologia.

Salma afirmou: “Me sinto muito honrada que esse homem (Brooker) tenha pensado em mim para interpretar uma personagem (…) Quando me disseram que Charlie escreveu um personagem para mim, primeiro fiquei empolgada, mas depois disse: ‘ei, espera um pouco, é horror, então vou ser alguém horrível, um ser humano horrível, mato alguém ou Não sei o que vou fazer’”, lembra.

Salma participa dos primeiros cinco episódios da sexta temporada. Ela começa a série no episódio “Joan é horrível”, onde ela e a atriz canadense Annie Murphy, são vítimas de uma cláusula de identidade que as transforma em um personagem digital.

A nova entrega de “Black Mirror” já está disponível na Netflix.

Na entrevista que concedeu ao jornal “El Universal”, do México, a atriz elogia a plataforma de streaming, afirmando que graças à Netflix, muitos talentos mexicanos estão trabalhando agora.

“O streaming deu muitas oportunidades ao povo mexicano… muitas coisas estão sendo produzidas e há muito mais trabalho que é visto em todas as partes do mundo”, justifica.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

---

Tags:

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.