Cabal comemora repercussão de relançamento de hit ‘Senhorita’

Por - 16/10/23 às 19:15

Cabal de boné brancoDivulgação/ Xaropipe

Cabal acaba de relançar o sucesso de 2003, “Senhorita”, em uma versão acústica, voz e violão. O hit “Senhorita” bombou nas rádios e em todos os cantos do Brasil nas vozes do trio Dj Hum, Lino Krizz e Cabal, que formavam o grupo Motirô.

Vinte anos depois, a música ainda possui presença na memória das pessoas e agora foi regravada com as participações de Pelé MilFlows e Clau. Junto com a música, que promete uma pitada de nostalgia com novidade para os fãs antigos e novos, o artista apresenta um clipe inédito, gravado em uma quadra de beach tênis, em São Paulo.

A reportagem de OFuxico entrevistou o cantor para saber da novidade. Confira:

OFuxico: Como tem sido a repercussão da nova versão de “Senhorita”?
Cabal:
“A repercussão tem sido incrível. Tenho notado muitas pessoas comentando coisas como: ‘Uau, eu adorava essa música!’ Portanto, sinto que esta nova versão está trazendo uma nostalgia positiva para aqueles que curtiram o meu trabalho há 20 anos. Isso é muito gratificante!”

 Clau, Cabal e Pelé Mil Flows
Clau, Cabal e Pelé Mil Flows – Foto: Xaropipe

OFuxico: Conte um pouco sobre os bastidores da gravação do videoclipe. Houve algo curioso? Quantas horas de gravação foram necessárias?
Cabal:
“A ideia de gravar o clipe em um bar de beach tennis surgiu porque meu amigo Fausto Carvalho, que interpreta o personagem Jorginho, estava planejando fazer algo juntos. Então, pensei: “Isso! Essa música, na verdade, tem uma vibe acústica que me faz pensar na praia, e praia lembra beach tennis.” Assim, fizemos os arranjos com o Jorginho e também com o Du Menezes, da ESPN Brasil, que é outro grande amigo. Além disso, tivemos a participação do Pelé MilFlows e da Clau, que foram parceiros incríveis. Quanto a curiosidades, estar perto do Jorginho, que é um personagem em si, já garante muitos momentos divertidos. Não consigo apontar algo específico, mas os comentários e observações do Jorginho nos proporcionaram risadas durante toda a gravação, que durou o dia inteiro, cerca de 8 horas de trabalho.”

OFuxico: Na sua opinião, o rap tem conquistado cada vez mais espaço no Brasil? Acha que existe algum tipo de preconceito?
Cabal:
“Com certeza! Desde a minha época, há 20 anos quando comecei, o rap conquistou um espaço significativo. “Senhorita” desempenhou um papel crucial nesse processo. Foi a música mais importante para levar o rap ao mainstream no Brasil. Antes, o rap era algo mais underground e afastado da mídia. “Senhorita” foi um marco, a primeira vez em que o rap adotou um estilo mais dançante, adequado para festas, que as mulheres também gostavam de dançar. Antes disso, o rap era predominantemente masculino. Claro, a essência do rap, que é muito importante, continua presente, mas “Senhorita” desempenhou um papel vital na conquista do espaço do rap na mídia de massa.”

OFuxico: Olhando para trás, o que o rap te trouxe em termos de conquistas pessoais?
Cabal:
“O rap me proporcionou praticamente tudo o que sou e tenho hoje. É a essência da minha vida. Isso inclui tanto coisas positivas quanto experiências negativas. Até minha filha veio por causa do rap, pois conheci a mãe dela através desse universo. Meus prêmios, meu dinheiro e minhas conquistas também estão ligadas ao rap. Sou extremamente grato ao rap e à cultura hip-hop, que me ensinaram valores que carrego comigo. Ao mesmo tempo, reconheço que as experiências negativas que tive em relação ao rap ocorreram quando me afastei dos valores, princípios e da essência da cultura hip-hop. Por isso, estou agora de volta, conectado comigo mesmo e com essa cultura à qual sou profundamente grato.”

Jornalista desde 2000, iniciou a carreira como redatora do site OFuxico em 2002. Anos mais tarde, trabalhou como editora no site Famosidades (MSN), tendo passagem ainda como repórter na Quem, jornal Agora S. Paulo (Folha de S. Paulo), R7 e retornou em 2015 como editora do site OFuxico.


×