Gabriel Santana comemora sucesso de crítica e público de ‘The Boys in the Band’

Por - 24/01/24 às 12:20

Gabriel SantanaDivulgação/@fotosgutierrez

2024 começou com tudo com o retorno do espetáculo “The Boys in the Band – Os Garotos da Banda”, no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo. A montagem fica em cartaz até 2 de fevereiro sempre com apresentações de quarta, quinta e sexta, às 20h30.

A trama

“The Boys in the Band – Os Garotos da Banda”, de Matt Crowley, escrito nos anos 1960 e considerado o primeiro texto de temática abertamente gay, retrata um grupo de amigos gays que se reúne para celebrar o aniversário de um deles, na Nova York dos anos 1960. Em 1970, o Teatro Cacilda Becker foi o palco para a versão brasileira, produzida por Eva Wilma e John Herbert, com tradução de Millor Fernandes e elenco de peso, com Raul Cortez, Walmor Chagas, Paulo César Pereio, Otávio Augusto, Gésio Amadeu, Dennis Carvalho e o próprio John Herbert.

A montagem

“The Boys” é uma montagem da ZR Produções, com a direção de Ricardo Grasson. A peça foi destaque por sua representação aberta da vida gay na época em que foi escrita, quando a aceitação da homossexualidade era limitada e as lutas pelos direitos LGBTQIAP+ ainda engatinhavam. Idealizada apenas um ano antes da Revolta de Stonewall – um momento representativo para a comunidade gay e sua luta por direitos básicos – oferece um olhar franco e, muitas vezes, cruel e doloroso sobre a vida desses personagens e como eles enfrentam questões de autenticidade e aceitação em uma sociedade reacionária e violenta, que marginaliza tudo aquilo que não atende aos padrões estabelecidos.

Entrevista

A reportagem de OFuxico conversou com Gabriel Santana que está no elenco para saber um pouco mais sobre a experiência no espetáculo. Além dele também estão no elenco: Tiago Barbosa, Caio Evangelista, Caio Paduan, Júlio Oliveira, Leonardo Miggiorin, Heitor Garcia, Mateus Ribeiro e Fabricio Pietro.

Confira:

OFuxico: The Boys in the Band tem conquistado o público e a crítica. Como você vê este sucesso?
G.S:
“Eu, particularmente, fico muito feliz com os resultados. Acho que é uma resposta a todo nosso empenho, de direção, produção e elenco. Mas, eu também acho que, infelizmente, pelo fato de termos poucas peças voltadas ao LGBTQIAP+, a gente vive um momento cultural muito carente disso. Então, eu acho que o público gosta e se identifica muito porque quer ver a história deles representadas.”

OFuxico: O que mais te chama a atenção nesta montagem?
GS:
“É algo muito controverso. Porque o texto é atual mesmo sendo de 1960. Nós não mudamos nada! Todo o contexto, tudo é referente à época. Ou seja, a forma com que a gente se trata e é tratado pela sociedade continua igual. São as mesmas. Nada mudou da década de 60 para cá, ao mesmo tempo que mudou. Olha os direitos que conquistamos! Mas, é muito louco é como as coisas aparentemente mudaram, mas na realidade não mudaram, entende?.”

OFuxico: Como foi para você receber o convite para integrar o elenco de “The Boys in the Band – Os Garotos da Banda”?
G.S:
“Foi por meio de um outro projeto que eu tinha. E surgiu a oportunidade para o The Boys. Fiz as leituras e a partir disso eu fui me apegando ao texto. Por conta de outros projetos, eu acabei entrando no meio da montagem”

OFuxico: Para você qual é o maior desafio de seu personagem?
GS:
“O Boy é um personagem muito complexo. Talvez o mais complexo porque ele representa muita coisa. A maior dificuldade é entender a diferença de crescer inocente. Ele é um garoto de programa, que está ali para servir e realizar um trabalho. Ele representa uma das profissões mais antigas do mundo e talvez a que mais sofre preconceito na nossa sociedade. Ele se entrega, mas ele não é um objeto. Ele tem sentimentos, ele não é uma pessoa rasa, ele não é uma pessoa burra.”

SERVIÇO
The Boys in the Band – Os Garotos da Banda
Teatro Procópio Ferreira
Rua Augusta, 2.823 – Cerqueira César – São Paulo (11) 3083-4475
Entre 10 de janeiro e 02 de fevereiro, quartas, quintas e sextas, às 20h30
Duração: 90 min.
Classificação indicativa: 16 anos
Capacidade: 624 lugares, incluindo 7 poltronas adaptadas para obesos e mais 12 lugares reservados para cadeirantes.
Ingressos: de R$ 75 a R$ 150
Onde comprar: Pela internet: https://bileto.sympla.com.br/event/87491
Bilheteria do Teatro: terça-feira e quarta-feira das 14h às 19h; quinta-feira a domingo das 14h até o início do espetáculo;
Abertura da casa: 1 hora antes do espetáculo

Jornalista desde 2000, iniciou a carreira como redatora do site OFuxico em 2002. Anos mais tarde, trabalhou como editora no site Famosidades (MSN), tendo passagem ainda como repórter na Quem, jornal Agora S. Paulo (Folha de S. Paulo), R7 e retornou em 2015 como editora do site OFuxico.


×