Bella Hadid está de volta ao trabalho depois de tratamento contra doença

Por - 11/08/23

Bella Hadid, com o cabelo preso

Bella Hadid voltou ao trabalho, depois de tirar um tempo para se concentrar em sua saúde. Esta semana a modelo, de 26 anos, contou aos seus seguidores que passou por um tratamento severo de ‘mais de 100 dias’ para se livrar da doença de Lyme – que ela foi diagnosticada pela primeira vez em 2012.

Depois de fazer um agradecimento à toda sua equipe pela espera e apoio durante o tratamento, Bella compartilhou um vídeo no TikTok, dublando a música “Sprinter”, de Dave e Central Cee, enquanto estava sentada em uma cadeira de maquiagem vestindo uma blusa branca e shorts.

Ela legendou o post dizendo: “Primeiro dia de volta ao set em 5 meses!”.

Quando compartilhou sua luta contra a doença, Bella Hadid postou várias fotos mostrando todo seu tratamento, onde refletiu sobre tudo o que passou com a doença, admitindo que está “finalmente saudável” novamente.

A irmã de Gigi Hadid ainda teve que lidar com as especulações de que estava em reabilitação.

Ela descartou os boatos: “E não, eu não estava na reabilitação e não, eu não uso drogas, então podemos todos desistir agora porque enchi vocês de amor”.

@babybella777

First day back on set in 5 months!

♬ Sprinter Dave x Cench – Spotify Audios

RECUPERAÇÃO

A modelo Bella Hadid compartilhou em seu Instagram um anúncio importante sobre sua saúde. A irmã de Gigi Hadid passou 15 anos sofrendo com a doença de Lyme, e agora ela revelou aos seus seguidores que está finalmente curada. Bella fez um agradecimento à mãe Yolanda Hadid e à sua fiel companheira, a cachorrinha Petunia, que nunca saiu do seu lado durante todos os tratamentos.

No Instagram, ao compartilhar várias imagens dos tempos difíceis que viveu por conta da debilitante doença, ela afirmou:

“Meu Eu pequeno que sofreu tanto, ficaria muito orgulhosa de mim crescida, por não ter desistido de mim mesma”, começou dizendo, já que foi diagnosticada com Lyme aos 11 anos de idade.

“Sou grata à minha mãe por manter todos os meus registros médicos, ficar ao meu lado, nunca sair do meu lado, proteger, apoiar, mas acima de tudo, acreditar em mim durante tudo isso”, afirmou.

“Viver nesse estado, piorando com o tempo e o trabalho enquanto tento deixar a mim, minha família e as pessoas que me apoiam, orgulhosos, me custou um preço que não consigo explicar. Estar tão triste e doente com mais bênçãos/privilégios/oportunidades/amor ao meu redor foi possivelmente a coisa mais confusa de todas… uma coisa que quero expressar a todos vocês é que 1: estou bem e vocês não precisam se preocupar, ♥️ e 2: não mudaria nada no mundo. Se eu tivesse que passar por tudo isso de novo, para chegar aqui, neste exato momento em que estou, com todos vocês, finalmente saudáveis, eu faria tudo de novo. Isso me fez ser quem eu sou hoje.”, desabafou.

“O universo funciona das maneiras mais dolorosas e belas, mas preciso dizer que, se você estiver lutando, vai melhorar. Eu prometo. Mantenha-se forte, tenha fé em seu caminho, caminhe em sua verdade e as nuvens começarão a se dissipar. Tenho muita gratidão e perspectiva de vida, esses mais de 100 dias de Lyme, doença crônica, tratamento de co-infecção, quase 15 anos de sofrimento invisível, tudo valeu a pena, se eu puder e se Deus quiser, ter uma vida inteira de espalhar amor e sendo capaz de ser eu mesma, pela primeira vez”, contou.

“Tentei escolher as fotos mais positivas que pude porque, por mais dolorosa que fosse essa experiência, o resultado foi a experiência mais esclarecedora da minha vida, cheia de novos amigos, novas visões e um novo cérebro. Obrigado pela paciência da empresa incrível para a qual trabalho, meus apoiadores e as pessoas que continuaram cuidando de mim. Meus agentes Jill e Joseph por me protegerem. Eu amo e aprecio vocês mais do que posso expressar. Obrigado ao meu genial Dr. e sua INCRÍVEL equipe de enfermeiras. Eu amo muito vocês!!!”, disse.

E finalizou sua carta aberta de agradecimento: “Eu voltarei quando estiver pronta. Eu sinto muita falta de todos vocês. Eu amo muito todos vocês”.

A doença de Lyme é uma infecção bacteriana transmitida por carrapatos contaminados. É mais comum na Europa e América do Norte. Alguns dos sintomas são fortes dores musculares, fadiga severa, febre e muitas outras debilidades.

Faça parte da comunidade oficial OFuxico no WhatsApp e receba as notícias sempre em primeira mão.

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.