Mulher de Daniel Alves fala pela 1ª vez após condenação do jogador

Por - 23/02/24

Joana Sanz

Joana Sanz veio a público, nesta sexta-feira, 23 de fevereiro, para se pronunciar, pela primeira vez, sobre a condenação de Daniel Alves a 4 anos e 6 meses de prisão por estupro.

Receba as Notícias de OFuxico em seu celular

A Justiça Espanhola sentenciou o brasileiro de agressão e abuso sexual a uma mulher no banheiro de uma boate, no fim de 2022.

Joana se incomodou com alguns posicionamentos em sua timeline e rebateu as críticas.

“Estava pensando aqui e, se posso intitular, são incoerentes. Porém, me surpreendeu bastante as feministas. Falam umas coisas e pregam outras… Como é que estão dizendo por aí? Chamam de frívola, de garotinha… e perguntam: por que está trabalhando? Mas, se não trabalho, quem está pagando as contas? Mas tem coisa pior, barbaridades piores que escuto por aí”, iniciou.

Saiba tudo sobre a sentença na Justiça

“E outra coisa, não vivo publicando nas redes sociais, não é o meu 24/7. E não é sempre que tem que ser como me sinto, como deixo de me sentir. Quando me abro e quero expressar meus sentimentos, faço. E quando não, não tem um porquê. Só com meus amigos, no meu íntimo, só com os que estão convivendo comigo”,  continuou.

Logo após a condenação de Daniel, Joana recebeu muitas mensagens de seguidores. Alguns internautas disseram que ela deve permanecer apoiando o jogador. Já outros pedem para que ela siga a vida, sem ele.

Jornalista desde 2000, iniciou a carreira como redatora do site OFuxico em 2002. Anos mais tarde, trabalhou como editora no site Famosidades (MSN), tendo passagem ainda como repórter na Quem, jornal Agora S. Paulo (Folha de S. Paulo), R7 e retornou em 2015 como editora do site OFuxico.