Terra e Paixão: ‘Sentia que Kelmiro seria sucesso’, diz Walcyr Carrasco

Por - 19/01/24

retrato de walcyr carrasco em evento de lançamento de terra e paixão

Os capítulos finais de “Terra e Paixão“, da TV Globo, prometem fortes emoções envolvendo o mistério sobre a morte de Agatha (Eliane Giardini) e os destinos de Irene (Gloria Pires) e Antônio (Tony Ramos). Os desfechos de Aline (Barbara Reis) e Caio (Cauã Reymond), assim como o de Ramiro (Amaury Lorenzo) e Kelvin (Diego Martins) também são aguardados pelo público.

Já no último capítulo, Michel Teló é o convidado do bar Naitendei e promete agitar a noite de Nova Primavera. O autor Walcyr Carrasco, que escreve a novela ao lado de Thelma Guedes, comentou em entrevista à TV Globo um pouco sobre a repercussão deste último trabalho e revelou que previu o sucesso do casal “Kelmiro”.

“‘Terra e Paixão’ é assumidamente uma novela com a estrutura clássica de amor romântico, com seus problemas e ao mesmo tempo traz a rivalidade entre pai e filho. Não sou de fazer balanços, mas posso dizer que a novela deu certo, cumpriu as expectativas e me deixou muito feliz!”, disse o escritor.

O autor então falou da repercussão: “Sou uma pessoa muito retirada. Mas gosto de ouvir e ler o que os fãs comentam na internet, gosto de sentir a reação deles no desenrolar da novela. Há muita coisa importante que é dita e deve ser ouvida”.

Aliás, ele previu que Kelvin e Ramiro seriam um casal abraçado pelos espectadores: “Eu tenho uma intuição muito forte, principalmente em relação a tramas amorosas. Eu sentia que Kelvin e Ramiro seriam sucesso”.

Sucesso dos protagonistas

Em seguida, Walcyr comentou sobre o destaque dados aos atores veteranos e seus personagens: “Trabalhar com atores experientes e de alto padrão sempre é muito positivo. O que tenho a dizer? O público já disse com seu aplauso”. Sobre Barbara Reis, afirmou: “Continue firme, ainda quero te aplaudir muito!”.

Por fim, foi relembrada a fala dele no início da trama sobre “mostrar para o espectador um Brasil que poucos conhecem”, e foi perguntado se Carrasco considera que alcançou seu objetivo: “A novela me fez muito feliz, inclusive por mostrar um Brasil agrícola que poucos conhecem”.

Tags: ,,

Raphael Araujo Barboza é formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. OFuxico foi o primeiro lugar em que começou a trabalhar. Diariamente faz um pouco de tudo, mas tem como assuntos favoritos Super-Heróis e demais assuntos da Cultura Pop (séries, filmes, músicas) e tudo que envolva a Comunidade LGBTQIA+.